Planeta

Em breve, poderemos nos visitar nos sonhos, e os cientistas já fizeram Isso!

Em breve, poderemos nos visitar nos sonhos, e os cientistas já fizeram Isso!
Psicologia
há 5 meses

Neste mundo, existem aranhas do tamanho de uma casa, a água dos rios é quente como lava e a grama é afiada como uma lâmina. Mas não há nenhum motivo para se preocupar, porque você controla tudo nesse universo. Esse é o seu sonho! Não há barreiras para você aqui, que consegue correr na velocidade da luz, voar pelo céu e pular de um planeta para outro! Não existem regras chatas. As leis da física e da biologia são uma memória distante. Os animais são capazes de falar e as árvores de andar.As montanhas flutuantes parecem especialmente bonitas contra o fundo do céu vermelho iluminado. Quer uma vista mais de perto? Não tem problema, este é o seu mundo! Você pode pegar sua bicicleta e atravessar as nuvens até as montanhas. Não! Isso é muito chato! Então pode se tornar uma nuvem e flutuar até lá! Ahem-ahem...

10 Itens que normalmente temos em casa e escondem funções que poucos conhecem

10 Itens que normalmente temos em casa e escondem funções que poucos conhecem
Dicas
há 6 meses

Ter um item em casa e usá-lo para mais de uma de finalidade pode significar dinheiro no bolso e praticidade, além de ser uma boa forma de preservar o meio ambiente. A questão é que nem sempre, conhecemos todas as funcionalidades que eles têm, certo? Portanto, confira esta lista com 10 dicas de produtos que podem ser usados de maneira incomum e são super úteis na rotina de cuidados domésticos.

Se a Terra e Saturno se cruzassem, qual planeta ganharia?

Se a Terra e Saturno se cruzassem, qual planeta ganharia?
Curiosidades
há 7 meses

Este planeta é chamado de “A Joia do Sistema Solar”. Composto principalmente de gases, ele poderia flutuar na água — se você encontrasse um reservatório com 120.700 km de largura e com a mesma profundidade. Mas o que torna o planeta tão reconhecível são seus belos anéis — nas cores cinza e bege. Eles são feitos de poeira, pedras e gelo. Alguns pedaços são tão pequenos quanto grãos de areia, outros — tão grandes quanto arranha-céus. O planeta de que estou falando é Saturno e, neste momento, a Terra está avançando em sua direção a uma velocidade vertiginosa.

Os tempos de vida mais curtos e mais longos dos animais

Os tempos de vida mais curtos e mais longos dos animais
Animais
há 7 meses

Tempo. Tic tac. Nós vivemos apenas uma pequena fração do tempo que nosso planeta existe. Até a própria humanidade é muito jovem. Mas o tempo de vida é um termo realmente relativo: existem criaturas em nosso planeta que têm uma vida muito mais curta que os humanos, e aquelas que nos ultrapassam de longe... Enquanto algumas ficam próximas da imortalidade. Veja com seus próprios olhos!

17 Histórias mostram que o trabalho de professor pode faltar tudo, menos emoção

17 Histórias mostram que o trabalho de professor pode faltar tudo, menos emoção
Gente
há 7 meses

Se você conhece um professor ou professora, provavelmente já ficou sabendo de algumas histórias cabeludas que aconteceram entre os docentes e os alunos, ou relatos que eles já escutaram no ambiente escolar. Enquanto alguns casos são muito engraçados, outros podem até mesmo ser um pouco assustadores, provando que, em sala de aula, os profissionais acabam vendo e ouvindo um pouco de tudo. Para ilustrar essa afirmação, compilamos uma lista com 18 relatos de professores que vivenciaram situações inusitadas com seus alunos, tanto positivas quanto negativas.

O que aconteceria se um dos planetas desaparecesse repentinamente do sistema solar

O que aconteceria se um dos planetas desaparecesse repentinamente do sistema solar
Curiosidades
há 7 meses

E aí? Tudo bem? Meu nome é Zid e sou de um planeta em um lugar que você chama de galáxia de Andrômeda. Estou no ensino médio e tenho a tarefa de descobrir o que acontecerá com a “perfeita harmonia” do seu sistema solar se ele perder um planeta! Então, eu levo um planeta para longe de vocês com este detonador de raios, e acompanho todas as alterações. Não se preocupe, eu o colocarei de volta! Mais ou menos. Então, vamos lá!

A gêmea maligna do sol, que antecedeu nossas vidas

A gêmea maligna do sol, que antecedeu nossas vidas
Curiosidades
há 8 meses

Vamos combinar: quando se trata de estrelas, nosso Sol é, na verdade, bem... bem sem graça. Não há nada de incomum nele. Existem milhões de “anãs amarelas” parecidas no universo. E ainda assim nós o amamos. Afinal, é a única estrela que temos e nos dá vida. Porém... nem sempre foi assim. Era uma vez a irmã gêmea do Sol... e possivelmente ela era do mal! O que aconteceu com ela? Bem, vamos descobrir. Isso aqui é uma nuvem molecular gigante, também chamada de “nebulosas escuras”, onde existem muitos aglomerados interestelares cheios de gás, poeira e montes de estrelas.

Se Marte colidisse com a Terra, qual planeta sobreviveria?

Se Marte colidisse com a Terra, qual planeta sobreviveria?
Curiosidades
há 8 meses

Milhões de pessoas em todo o mundo saem às ruas, sobem em telhados para ver o incrível fenômeno cósmico. Um planeta... bem ao lado da Lua! Grande e vermelho. No início, todos ficam animados. Marte aparece do nada, causando um efeito estranho na humanidade.

Quanto tempo você viveria em outros planetas

Quanto tempo você viveria em outros planetas
Curiosidades
há 8 meses

Se você pousasse em Mercúrio, a primeira coisa que veria seria o quão perto ele está do Sol. Na verdade, é o planeta mais próximo da nossa grande bola de fogo, e o menor deles. Mas não o mais quente. Esse título fica com Vênus. A Terra leva 365 dias para orbitar o Sol, enquanto Mercúrio leva mais de 3 meses. Bem, 88 dias, para ser mais exato.

Estação Espacial Internacional: 20 segredos da vida fora da Terra

Estação Espacial Internacional: 20 segredos da vida fora da Terra
Curiosidades
há 8 meses

Sabe qual é o terceiro objeto mais brilhante no céu noturno? Se você disse a Estação Espacial Internacional, está absolutamente certo! E adivinha o que é mais legal? Você pode se inscrever para receber um aviso toda vez que a International Space Station, a ISS, estiver viajando perto de você! Se isso acontecer à noite, você poderá vê-la sem ajuda! Mas seja esperto, porque a Estação é muito rápida! Ela se move a uma velocidade de 8 km por hora e circula nosso planeta a cada 90 minutos!

Júpiter poderia se tornar uma estrela?

Júpiter poderia se tornar uma estrela?
Curiosidades
há 8 meses

Imagine sair de casa uma manhã e ver não uma, mas duas estrelas brilhando no céu! A primeira é o nosso bom e velho Sol, e a outra é... Júpiter! Mas como um PLANETA se transformou numa estrela? E o que acontecerá agora com a Terra e seus habitantes? Antes de encontrarmos a resposta para essas perguntas urgentes, precisamos revisar algumas coisas que sabemos sobre Júpiter. O maior planeta do Sistema Solar é um gigante gasoso, o que significa que ele é composto principalmente por gases. Devido às diferenças de pressão e temperatura, esses gases se separam em camadas. Isso cria aquelas faixas vermelhas e brancas que podem ser vistas da Terra. As temperaturas no topo da atmosfera de Júpiter são insanas, podendo atingir incríveis 727 graus celsius! O planeta também tem uma imensa atração gravitacional.

Os 5 ataques mais destrutivos de asteroides

Os 5 ataques mais destrutivos de asteroides
Curiosidades
há 8 meses

Os asteroides não são tão raros em nosso planeta como podemos pensar. Cerca de 17 mil deles nos visitam todos os anos. Provavelmente você já viu pelo menos um em sua vida — por exemplo, uma estrela cadente. Elas deixam essas caudas brilhantes para trás enquanto atravessam a atmosfera da Terra. É claro, elas só ficam lindas no céu. Se chegassem ao chão, as consequências seriam catastróficas...

Abelhas VS vespas-mandarinas. Quem vencerá?

Abelhas VS vespas-mandarinas. Quem vencerá?
Animais
há 8 meses

Se houvesse uma batalha entre uma abelha e uma vespa-mandarina, o vencedor seria óbvio. É como uma briga entre um gatinho e um tigre dente-de-sabre. E um exército de abelhas contra um exército de vespas-mandarinas é como centenas de gatinhos contra centenas de leões.As vespas certamente vencerão, pois conseguem destruir mais de mil abelhas em menos de uma hora e meia. Mas, se essa batalha acontecer na vida real, as coisas ficarão muito mais complicadas, dramáticas e surpreendentes.

Marte também sofreu uma colisão com um asteroide gigante, o que foi trágico

Marte também sofreu uma colisão com um asteroide gigante, o que foi trágico
Curiosidades
há 8 meses

Algo está se aproximando da superfície do planeta. Parece uma bola de fogo que se aproxima cada vez mais a uma velocidade realmente incrível. Logo, torna-se óbvio que a colisão é inevitável! BUM! O impacto deixa uma enorme cratera. Ela evapora milhares de quilômetros cúbicos de rocha sólida. E também desencadeia uma série de desastres naturais terríveis. Sim, eu sei o que você está pensando! Você acha que estou falando da colisão catastrófica que ocorreu há cerca de 66 milhões de anos na Terra. Você sabe, a que foi responsável pela extinção dos dinossauros não-avianos e de 3/4 de todas as outras formas de vida em nosso planeta. Mas não.

A Lua pode não ser o que você pensa que é

A Lua pode não ser o que você pensa que é
Curiosidades
há 9 meses

Está escuro lá fora, são quase 2 da manhã. Você sai e olha para o céu. E aqui está ela, brilhante: a lua cheia. E você pode pensar que sabe muito sobre o satélite natural da Terra, mas deixa eu te perguntar: “Como ele se formou?” A resposta é “ninguém sabe”! Mas, claro, existem teorias. A mais popular, chamada de “teoria do impacto gigante”, afirma que surgiu durante uma colisão entre a Terra e outro planeta, provavelmente menor que o nosso, do tamanho de Marte. E o próprio choque provavelmente aconteceu há cerca de 4,5 bilhões de anos. Outra hipótese — chamada de teoria da captura — afirma que a Lua costumava ser um asteroide ou algum outro corpo errante e se originou em qualquer outro lugar do Sistema Solar. Quando estava passando por aqui, foi pego pela nossa gravidade. Mas nesse caso há uma pegadinha. Nosso planeta e a Lua têm notáveis ​​semelhanças isotópicas e químicas. Então, devem ter uma história ligada, o que significa que ela não poderia ter sido criada em outro lugar.

E se os planetas se tornassem a nossa Lua

E se os planetas se tornassem a nossa Lua
Curiosidades
há 9 meses

A Lua é o vizinho mais próximo e o único satélite natural da Terra no espaço. Ela provavelmente se formou quando um objeto enorme do tamanho de Marte colidiu com nosso planeta há bilhões de anos. Eu não estava lá nessa época. Esta catástrofe transformou a Terra em uma bola escaldante de rocha derretida, e também empurrou alguns materiais para a sua órbita, criando a lua.Agora, esta esfera cheia de crateras se move ao redor do nosso planeta. Isso causa marés altas e baixas em todo o mundo. Com um pouco mais de um quarto do tamanho da Terra, ela é o quinto maior satélite natural do Sistema Solar.A Lua tem várias fases: por exemplo, nova, cheia, crescente e minguante. Mas qualquer que seja a aparência do nosso satélite natural, você sempre pode encontrá-lo no céu à noite e às vezes, mesmo durante o dia.

O que aconteceria se a Lua colidisse com a Terra

O que aconteceria se a Lua colidisse com a Terra
Curiosidades
há 9 meses

Tudo começou com uma pequena mudança em nosso planeta. No princípio, as pessoas notaram que a Lua havia se tornado mais brilhante e um pouco maior. Mas ninguém prestou atenção nisso. Ela afetou as marés em todo o mundo. A água inundou as praias, mas não foi uma tragédia. Muitos peixes chegaram perto das margens. As pessoas encontraram lulas gigantes, tamboris e outras criaturas perto da costa, embora geralmente vivam nas profundezas escuras. Coisas novas e estranhas passaram a acontecer todos os dias. Os pássaros não voam mais para o sul no inverno. Eles se reúnem em grandes grupos voando pelas cidades sem rumo. A Lua costumava ajudá-los a navegar na natureza, então não conseguem mais saber para que lado voar.

20+ Fotos mostrando que a Austrália é um lugar único no mundo

20+ Fotos mostrando que a Austrália é um lugar único no mundo
Gente
há 11 meses

Nosso mundo conta com países para todos os gostos. Isso porque nosso planeta abriga tanta diversidade que não há espaço para o tédio. A Austália, por exemplo, é uma nação gigantesca, onde é possível presenciar coisas tão surpreendentes que podem acabar nos deixando sem palavras. Suas paisagens, os animais que habitam ali e seus moradores são realmente únicos, tanto que não podem ser encontrados em nenhum outro lugar. Se você duvida, confira as provas que encontramos na web.

Este planeta semelhante ao nosso tem um segredo

Este planeta semelhante ao nosso tem um segredo
Curiosidades
há 5 meses

Você está em uma nave espacial, voando pelo espaço sideral a uma velocidade de 290.000 quilômetros por segundo. Esta é quase a velocidade da luz. Fique à vontade, porque a viagem vai ser longa. Vai durar um pouco mais de 90 anos. É melhor usar uma cápsula criogênica para não ficar entediado. Ou seja, você precisa voar por quase um século à velocidade da luz para chegar a um misterioso exoplaneta que os cientistas descobriram recentemente. Muitos planetas foram encontrados nos últimos anos, mas este pode ajudar na busca de vida extraterrestre. O planeta parece uma bola azul escura e tem um nome técnico complexo que consiste em letras e números. É do tamanho de Netuno e orbita em torno de uma pequena estrela de classe M ou, simplificando, em torno de uma anã vermelha.

O que acontece com a Terra quando ela se afasta do Sol

O que acontece com a Terra quando ela se afasta do Sol
Curiosidades
há 5 meses

Em julho, quando estamos cerca de 150 milhões de quilômetros distantes do Sol, o mundo fica cerca de 2 graus mais quente do que em janeiro, quando ficamos em torno de 5 milhões de quilômetros mais perto. Isso ocorre porque há mais área continental seca na metade norte do planeta do que na sul, e essa área tende a esquentar mais do que a água. Durante o verão do hemisfério norte em julho, mais terra é aquecida do que em janeiro. Assim, o planeta fica um pouco mais quente nesse período, mesmo que estejamos mais longe da nossa fonte de calor.

Como era a Terra antes dos dinossauros?

Como era a Terra antes dos dinossauros?
Curiosidades
há 5 meses

Vamos viajar de volta no tempo agora. Hmm, isso costumava ser difícil. Passamos pela Idade Média, a primeira civilização humana, os antigos ancestrais dos primeiros humanos, os dinossauros, os primeiros animais terrestres, as antigas criaturas marinhas e assim por diante até o início de todos os tempos. E aí está. Esta nebulosa é o nosso sistema solar. Agora, ela é apenas uma nuvem de poeira multicolorida girando, feita dos gases hidrogênio e hélio. Essa nuvem começou a encolher e se tornar mais densa. Existe uma teoria de que houve explosões de supernovas perto da nossa nebulosa. As ondas de choque a pressionaram de diferentes lados até que o centro dela ficou muito pesado. O enorme peso a pressionou e as reações nucleares em cadeia começaram bem ali. Esse centro aqueceu a nuvem e a fez brilhar. Logo ela se transformou em uma esfera densa e foi assim que nosso Sol nasceu. Isso aconteceu há cerca de 4 bilhões e meio de anos.

Como viveríamos se tivéssemos muitos sóis pequenos (se é que sobreviveríamos)

Como viveríamos se tivéssemos muitos sóis pequenos (se é que sobreviveríamos)
Curiosidades
há 5 meses

É possível que um planeta não tenha 1, nem 2, mas muitos sóis? Vamos imaginar o que aconteceria conosco se o Sol de repente decidisse invadir um monte de pequenas estrelas. Durante a busca por planetas semelhantes à Terra em todo o Universo, os cientistas descobriram que sistemas de 2 ou até 3 estrelas não são tão... raros na verdade. Muitos deles até têm planetas em suas zonas habitáveis. Quase metade desses planetas poderia conter vida! Mal posso esperar para perguntar aos moradores sobre o pôr do Sol. Os cientistas até sugerem que o nosso Sol nem sempre foi solitário! Poderia ter tido uma estrela companheira chamada Nemesis. Eles notaram que as extinções em massa na Terra ocorrem a cada 27 milhões de anos. É como um ciclo. Então eles se voltaram para as estrelas para descobrir qual poderia ser o motivo. E então entenderam que seria uma estrela que deixou nosso Sol há muito tempo... Mas isso ainda nos afeta.

E se dividirmos a Terra em planetas água e rocha

E se dividirmos a Terra em planetas água e rocha
Curiosidades
há 5 meses

O que aconteceria se nosso planeta se separasse em dois? Sendo um consistindo inteiramente de terra e o outro de água. Poderíamos sobreviver em qualquer um? E como? Bem, você está com sorte, pois vou responder a esta pergunta agora. Então, vamos imaginar que a nossa Terra se transformasse em dois planetas separados compartilhando uma órbita. Vamos chamá-los hipoteticamente de “Rocha” e “Água”. (eu sei, eu sei, superoriginal). Enfim... Vamos começar com o planeta Rocha, pois este é muito mais fácil de imaginar. Tudo o que devemos fazer é perguntar: o que aconteceria se todos os oceanos da Terra secassem de repente? Sabemos que a água é vida. Ela cobre 70% da nossa superfície. Existe tanta dela que, mesmo que todos os oceanos e mares desaparecessem, um pouco ainda restaria — em rios subterrâneos, córregos e assim por diante. Mas, infelizmente, isso não seria suficiente para sobrevivermos.

Os dias na Terra estão ficando mais longos desde 2020

Os dias na Terra estão ficando mais longos desde 2020
Curiosidades
há 5 meses

“Tempo” é o substantivo mais usado na língua inglesa, de tão único que é esse conceito cotidiano. É claro que o tempo sempre existiu, mas a ideia de acompanhá-lo, não. Então, o que é o tempo? Os físicos dizem que é a progressão de eventos do passado para o futuro. Ele também só se move em uma direção. Pelo menos por enquanto, só podemos avançar no tempo, mas não retroceder. Hipoteticamente, a tecnologia poderia um dia nos permitir enviar um humano para o futuro — se conseguíssemos nos aproximar da velocidade da luz. Mas isso também nos permitiria viajar ao passado e voltar ao presente? Os cientistas não pensam assim. A viagem interestelar na velocidade da luz pode ser possível no futuro, mas seria uma viagem só de ida exclusivamente para o futuro.

E se um enorme Kraken vivesse no Espaço?

E se um enorme Kraken vivesse no Espaço?
Animais
há 5 meses

Você está sentado em uma cafeteria em Marte, cabisbaixo, tentando não chamar atenção para si. O local está lotado e muitas pessoas estão cantando, dançando e falando alto sobre a vida em Marte. Sua bebida chega e você toma um gole. Até agora, ninguém te reconheceu. Você está vestindo uma capa com um capuz grande o suficiente para cobrir o rosto, e se disfarça. Alguém acidentalmente esbarra em você e vê seu rosto. A música para, e agora todos estão olhando para você. Você não tem onde se esconder ou fugir. Você ignora os olhos maliciosos e continua bebendo sua bebida. Um velho barbudo está sentado à sua frente, maravilhado por estar na sua presença.

O que acontecerá com as marés do oceano quando a Lua se afastar da Terra?

O que acontecerá com as marés do oceano quando a Lua se afastar da Terra?
Curiosidades
há 5 meses

É 2065, e você está na superfície empoeirada da Lua, trabalhando na mais recente instalação de painéis solares para ajudar a alimentar a rede de energia da cidade. De repente, a superfície começa a tremer. É um lunamoto? Ou aqueles adolescentes nascidos na lua estão fazendo uma festa na prefeitura de novo? Você olha para a Terra. Está tão acostumado com isso, que nem percebe mais, mas agora ela parece diferente. Você leva alguns segundos para descobrir o porquê. Ela parece estar diminuindo! Você começa a entrar em pânico. A Terra está se afastando! O chão treme novamente, e você descobre o que está acontecendo. A Terra não está se movendo. Mas, onde você está pisando, sim! A Lua rompeu sua órbita e está indo para as profundezas do espaço. Destino: desconhecido.

Existe uma maneira de os humanos entrarem em um buraco negro de forma segura

Existe uma maneira de os humanos entrarem em um buraco negro de forma segura
Curiosidades
há 5 meses

Estamos viajando a 1.000 anos-luz do nosso planeta para um sistema desconhecido. Aqui, há duas estrelas brilhantes orbitando, próximas uma da outra. Porém, aqui há uma coisa pequena, mas muito grande também: um buraco negro. Esses objetos são misteriosos e perigosos. São capazes de engolir nosso mundo inteiro em um segundo, sem que ninguém perceba. Ainda mais, eles podem destruir uma estrela enorme como o nosso Sol. E são esses gigantes que geralmente ficam no centro das galáxias. Eles são tão pesados que sua gravidade mantém inúmeras estrelas, planetas e poeira estelar ao seu redor. Também podem pesar milhões ou mesmo bilhões de vezes mais que o Sol.

Se nosso universo batesse em um outro, o que aconteceria?

Se nosso universo batesse em um outro, o que aconteceria?
Curiosidades
há 5 meses

Este é o nosso planeta natal, a Terra, e seu satélite, a Lua. Afastando a imagem, aqui está o nosso Sistema Solar. Um pouco mais... a Via Láctea. E somos um pequeno ponto entre um número infinito de estrelas. Agora, ainda mais longe: um aglomerado de galáxias. Pontos e redemoinhos no espaço sem fim. Mais adiante, tem o Superaglomerado Laniakea. O pontinho aqui é a nossa galáxia. Seguindo em frente. O Superaglomerado Hidra-Centauro. Enormes aglomerados compreendendo milhares de galáxias não são mais do que uma partícula daqui. Em seguida, o Superaglomerado Pavo-Indus, uma área de 200 milhões de anos-luz de largura. Podemos afastar a imagem até vermos todo o universo observável. Cada pequeno ponto aqui, na verdade, contém milhares de galáxias e quadrilhões de estrelas.

Deixe uma moeda no congelador antes de sair de casa

Deixe uma moeda no congelador antes de sair de casa
Dicas
há 5 meses

Você passou o fim de semana fora. Sorte a sua! Quando volta, descobre que não tem energia. Mas há quanto tempo? Será que a comida que estava na geladeira ainda está boa, ou deve ser jogada fora? Aqui está um truque simples. Antes de sair de casa, encha um copo com água e o coloque dentro do congelador. Quando a água tiver virado gelo, coloque uma moeda em cima e volte com ela para o congelador. Se você encontrar a moeda no fundo do copo quando voltar de uma viagem longa ou até mesmo de um feriado curto, deve jogar a comida que está na geladeira fora, imediatamente. Isso indica que sua casa ficou sem energia por muito tempo, então os alimentos derreterem e recongelarem quando ela voltou. Se a moeda estiver em cima, significa que não houve falta de energia, e sua comida está segura. Dependendo de quanto tempo ela já está lá, claro.

Marte e a Antártica são mais quentes que esta cidade

Marte e a Antártica são mais quentes que esta cidade
Curiosidades
há 5 meses

O nosso planeta com certeza está cheio de lugares misteriosos e inacreditáveis. Mas aqui vai uma lista de lugares que parecem ter saído direto de um filme de ficção científica. Aposto que você vai pesquisá-los no Google mais tarde para ver se eles realmente existem ou não!

Nem todos os icebergs são brancos: o que os deixa coloridos?

Nem todos os icebergs são brancos: o que os deixa coloridos?
Curiosidades
há 5 meses

80% do que está no fundo dos oceanos do mundo permanece escondido até hoje! Isso porque o oceano cobre 70% da superfície do planeta, e só temos acesso a uma pequena parte dele. Podemos ver claramente cerca de 5 quilômetros de profundidade oceano adentro. Então, não é surpresa que nossas descobertas mais recentes quando se trata de vida selvagem venham de lá. Quero dizer, há muito o que explorar. Como esta nova espécie de tubarão chamada de “Squalus clarkae”. Ou o animal mais longo já encontrado — uma água-viva de 47 metros de comprimento, que acabamos de encontrar no início deste ano na Austrália.

Cientistas encontraram algo bizarro sob essas camadas de gelo

Cientistas encontraram algo bizarro sob essas camadas de gelo
Curiosidades
há 5 meses

Descobrir lugares escondidos em nosso planeta é extremamente emocionante! Hoje, vou levar você em uma viagem da qual não vai se esquecer tão cedo. Mas vista-se! Vai ficar muito frio por aqui. Você pega um avião e aterrissa na ilha coberta de gelo da Groenlândia. Uma vista inacreditável da Aurora Boreal, também conhecida como Aurora Polar, veio saudar você. Você não acredita no que está vendo! Seu guia diz quão raro é esse fenômeno. Normalmente, as pessoas passam dias tentando visualizá-lo. Você se sente com sorte e aproveita o tempo para apreciar essas belas luzes esverdeadas dançantes. Está feliz por ter trazido a câmera, não está? Entre cliques, você descobre que a Aurora Boreal é o resultado de alguns eventos bastante difíceis. Esse show de luzes espetacular ocorre quando partículas de alta energia do Sol batem na atmosfera superior da Terra.

Será que sobreviveríamos em um planeta do tamanho de Júpiter?

Será que sobreviveríamos em um planeta do tamanho de Júpiter?
Curiosidades
há 5 meses

A Terra e Júpiter quase não têm nada em comum. Nosso planeta é dócil, pequeno, cheio de plantas e pandas fofinhos. Júpiter é um gigante gasoso horrível, com furacões potentes que JAMAIS se acalmam. E, se você cair nesse planeta, vai literalmente atravessá-lo de um lado para o outro. Mas o que aconteceria se nossa Terra fosse do tamanho do “pai” do Sistema Solar? Ah, seria divertido. Júpiter é um planeta tão grande, que aposto que você nem tem ideia das proporções. O raio dele é cerca de 11 vezes maior que o raio da Terra e ele é cerca de 316 vezes maior. Então, para transformar a Terra em outro Júpiter, precisaríamos aumentá-la 11 vezes. Se a densidade do planeta permanecesse igual, a massa da nossa nova Terra aumentaria bastante. Na verdade, ela seria 4 vezes maior que a de Júpiter! Claro, essas mudanças não ocorreriam com tranquilidade.