Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

15 Pratos populares que passamos a vida inteira cozinhando (ou comendo) do jeito errado

Para aqueles cozinheiros que não são indiferentes ao seu trabalho, pode ser um grande choque ver a relação que algumas pessoas têm com a comida. E, claro: ninguém tem o direito de impor como se deve comer um determinado prato, mas, em alguns casos, não dá para ficar calado.

Nós, do Incrível.club, não temos certeza se cada pessoa irá estudar as instruções detalhadas sobre cada comida antes de pedir algo no restaurante. No entanto, para aqueles que acham isso importante, este post será de grande ajuda. No final dele, preparamos um bônus especial: a original pizza “pepperoni” não parece muito com a versão com a qual muitos estão acostumados. Acompanhe!

1. Sushi nigiri

Por alguma razão, muitos pegam o sushi com os palitinhos e depois mergulham o arroz no molho de soja (shoyu), embora seja óbvio que o conjunto possa se desmanchar. Os japoneses, no entanto, fazem de forma diferente: viram a peça e mergulham a parte do peixe no molho. Aliás, comer sushi com os palitinhos (hashi) também não é a forma correta. Nos restaurantes da alta gastronomia japonesa, ele deve ser pego com as mãos. © Eugene Lim / Quora

2. Queijo feta

Só depois de muitos anos aprendi que o queijo feta deve ser mergulhado em água fria antes de consumido. O que acontece é que se não for retirado o líquido no qual ele foi mantido, o queijo ficará muito salgado, e o gosto não será o mesmo. Não sei por que não avisam isso na embalagem. © Silvia Botz / Quora

3. Espaguete à bolonhesa

O mundialmente famoso prato do espaguete à bolonhesa é uma combinação imprópria, que não faz muito sentido. É muito simples: o molho — que, por sinal, não se chama bolonhesa, mas ragu — é melhor servido com alguma massa à base de ovos. Usar o espaguete é uma má ideia porque ele é muito escorregadio e, por isso, o molho não se incorpora da melhor forma. Há, felizmente, outras massas à base de ovos, como o fettuccine ou o tagliatelle: a superfície mais áspera consegue, com maior eficiência, reter os pedaços de carne do molho. © Antonello Frau / Quora

4. Bacon

Você ainda frita o bacon na frigideira? Pare com isso e ligue o forno. Sim, levará cerca de 20 minutos, mas o resultado valerá a pena. A frigideira é muito quente, e o calor não se espalha uniformemente. Então, o que acontece? Você verá um lado quase queimado, e o outro não cozido o suficiente. No forno, o bacon cozinhará mais lentamente, mas de uma forma mais homogênea. © Jason Siegel / Quora

5. Chocolate

Fiz um curso de degustação de chocolate e agora sei que, para sentir toda a gama de sabores, é preciso deixá-lo derreter um pouco na boca antes de engoli-lo. Mas, sinceramente, ainda não tenho muito paciência para esperar. © ts1985 / Reddit

6. Tortilhas

As tortilhas vendidas nos mercados, ou até servidas em cafés e restaurantes, na verdade ainda não estão prontas. É preciso colocá-las na frigideira quente para que inchem um pouco e, somente depois, estarão no ponto para consumo. No entanto, a maioria das pessoas as come frias, achatadas e completamente sem tempero. © athaliah / Reddit

7. Frango

Todos recomendam marinar o frango para que fique mais suculento. Na verdade, isso só o deixará mais úmido e macio. A maioria dos frangos vendidos em supermercados é criada em fábricas, nas quais as aves não conseguem desenvolver os músculos da melhor forma e, por isso, a carne inteira parece ter a mesma consistência e sabor. Além do mais, água é injetada para aumentar o peso das peças, o que tira o sentido da marinada. É preciso entender que as clássicas receitas francesas, como o frango Coq au vin, por exemplo, foram inventadas em uma época em que os animais eram criados soltos em grandes espaços. Para os que compramos hoje, devemos pensar em novas receitas e formas de preparo. © Malcolm Minchin / Quora

8. Bife

Bifes precisam descansar antes que sejam servidos. Nos restaurantes, porém, isso não acontece com frequência, pois haveria um aumento no tempo de espera, e ninguém precisa de reclamações de clientes, não é? Quando a carne pode descansar após o cozimento, o resultado é divino. Primeiro porque não haverá escorrimento do suco durante o corte. Mas o mais importante é a diferença no sabor quando a gordura começa a endurecer. Após cortar em fatias finas uma peça que teve tempo de descanso, e então salgá-las um pouco, parecerão com um pedaço de atum. Tente pelo menos uma vez e tenho certeza que sua vida irá mudar! © Steve Carroll / Quora

9. Maionese no hambúrguer

Ao montar um hambúrguer, você põe a maionese em qual metade do pão? Isso faz diferença. Pense bem: por que se coloca maionese no hambúrguer? Claramente não é para deixá-lo mais suculento ou gorduroso, pois outros componentes já causam esse efeito. O objetivo da maionese, na verdade, é criar uma emulsão para misturar os líquidos com a gordura. Por isso, passá-la na metade de baixo do pão é importante para transformar os líquidos em uma espécie de molho, evitando também que o pão retenha umidade. Se colocada na metade de cima, ela ficará isolada dos outros ingredientes. © Jesse Sutton / Quora

10. Casca de maçã

Descascar maças não é uma boa ideia. Isso praticamente não afeta o seu valor calórico, mas reduz a quantidade de fibras pela metade. Além disso, consumir a casca pode ajudar a prevenir alguns tipos de câncer, como de fígado ou de cólon. Também contém compostos chamados de triterpenóides, que inibem, destroem e evitam a formação de células cancerosas. © Tracy Morgan / Quora

11. Batata cozida

Quando fervo batatas, sempre as coloco em água fria e, só depois, ligo o fogo. Se forem colocadas diretamente na água fervente, elas cozinharão muito mais rápido pelo lado de fora do que pelo de dentro. Já quando a água esquenta aos poucos, a temperatura será distribuída de forma mais uniforme. © Beth Goldowitz / Quora

12. Surströmming

Moro na Suécia e quando vejo vídeos de estrangeiros comendo nosso prato típico — o surströmming — sempre reviro os olhos. Sim, o cheiro não é muito agradável, mas é preciso lavá-lo antes do consumo. E, em seguida, deve-se pegar um pedaço de um pão bem fino, chamado tunnbröd; manteiga; uma fatia de batata e um pequeno pedaço de arenque. O peixe é muito salgado e aromatizado, por isso não é necessário comer um filé inteiro de uma vez. Você também pode adicionar um pouco de creme azedo e cebolas vermelhas. Bom, qualquer coisa, basta procurar no Google. © imroroyo / Reddit

13. Sal e açúcar

Todos os pratos levam sal, incluindo os doces. Se estiver preparando, por exemplo, um mingau de aveia ou de arroz, é importante salgá-lo primeiro, até que o sabor fique mais intenso e, só depois, adocicá-lo (fazer na ordem contrária é bem mais difícil). Um mingau preparado desse jeito ficará muito mais gostoso do que um feito sem sal. Isso é relevante para a maioria dos doces. © SPICERACK.RU / Pikabu

14. Tofu

Já vi diversas pessoas fazerem o seguinte: pegar um pedaço de tofu, aquecê-lo e comê-lo. E ainda dizem: “Não, acho que não é muito minha praia”. Gente, o tofu é uma esponja sem sabor! É preciso, no mínimo, retirar todo o líquido dele, adicionar alguns temperos e não deixar de colocar um pouco de gordura e sal. Por exemplo, você pode começar espremendo o tofu, depois mariná-lo com algumas especiarias em molho shoyu ou picante, adicionar pimenta-preta, cominho, gotas de fumaça líquida e, então, cortá-lo em pedaços e fritá-lo. A diferença no sabor será evidente. © brodoyouevenscript / Reddit

15. Salada Caesar

Ninguém sabe preparar e comer essa salada do jeito certo. A verdadeira salada Caesar é servida com folhas inteiras de alface romana e deve ser consumida com as mãos. Se não for dessa forma, então provavelmente deve ser outra coisa. Trabalhei em apenas um restaurante em que preparavam a “verdadeira” versão do prato. Nos outros lugares, sempre a cortavam em pedaços. Até mesmo nesse restaurante “ideal”, muitos clientes voltavam os pratos à cozinha pedindo para que cortássemos as folhas em pedaços. Lembro de um rapaz, porém, que realmente usou as mãos para comer a salada enquanto era criticado por seus amigos à mesa. Bom, ele fez do jeito certo. Nunca o esquecerei! © EET_SALAD_RIGHT / Reddit

Bônus: o que há de errado com a pizza de pepperoni?

Pepperoni é traduzido do italiano como “pimentão”. O que chamamos de pepperoni é, na verdade, salame — e geralmente de qualidade duvidosa. © TheScienceNigga / Reddit

Se surpreendeu com alguma coisa da nossa lista? Ou já comia a salada Caesar com as mãos, e fritava as tortilhas? Se souber de mais algum prato que as pessoas não comem do jeito certo, não deixe de escrever nos comentários!

Compartilhar este artigo