Incrível

13 Erros culinários que até os chefes experientes cometem

Se dois chefs preparam o mesmo prato usando os mesmos ingredientes, ainda assim não significa que ambos fiquem igualmente saborosos. Não apenas os ingredientes são importantes, mas também sua proporção, além do talento culinário. A capacidade de colocar o bife na panela no momento certo (mais cedo ou mais tarde!), bem como saber o modo de cortar as batatas em fatias de um determinado tamanho e conhecer outros truques culinários não é menos valioso.

Nós do Incrível.club adoramos cozinhar. Portanto, estudamos vários livros e publicações na Internet em busca dos truques pouco conhecidos, mas eficazes, graças aos quais qualquer um pode se tornar um cozinheiro nível “top”.

1. Não é necessário cozinhar frango em temperatura alta

Devido à temperatura e ao fogo alto, a carne de frango cozinha fácil demais, ficando seca e dura.

  • Como fazer? O frango deve ser preparado em fogo lento e a uma temperatura mais baixa (cerca de 85 °C). Para controlar o processo, deixe a panela semiaberta. É necessário que a água cubra completamente a carne e não ferva: apenas apresente ondulações suaves na superfície.

2. Assar o frango com legumes não é uma boa ideia

Neste caso, os sucos do frango não evaporam, mas são absorvidos pelos vegetais. Como resultado, a carne fica parecendo borracha e os legumes adquirem um sabor específico. Além disso, o prato está sendo preparado incorretamente: o assado se transforma em cozimento a vapor. Se a carne que você colocar na forma estiver fria, a temperatura da forma também diminuirá.

  • Como fazer? Asse o frango até que esteja no ponto, adicione os temperos, como cebolinha, alho ou molho de soja e retire da panela. Os legumes são assados separadamente com molho ou temperos. Pouco antes de servir, adicione o frango aos legumes e deixe por cerca de 1-2 minutos para que os ingredientes atinjam a mesma temperatura.

3. Se você quiser fazer purê de batatas, não as corte em pedaços muito pequenos...

Os pedaços pequenos cozinham mais rapidamente, porém ficam impregnados de água, então absorvem muito menos a manteiga ou o creme de leite.

Se as batatas forem cortadas de forma desigual, os pedaços cozinham em tempos diferentes. E se você decidir fazer purê de batatas, este ficará cheio de caroços.

  • Como fazer? Corte as batatas em quartos. O tamanho médio dos pedaços é ótimo: elas vão demorar um pouco mais para cozinhar, mas cozinham uniformemente e podem absorver bastante o creme de leite.

4. ...e pré-aqueça a manteiga ou o creme

Se você adicionar leite frio ou o creme no purê de batatas, a mistura esfriará e os tubérculos não absorverão todo o líquido.

  • Como fazer? Aqueça a manteiga ou o creme separadamente: a manteiga deve derreter e o creme deve começar a evaporar. Os ingredientes devem ser esquentados com cuidado, no micro-ondas ou no fogão.

5. Virar o peixe apenas uma vez

Alguns peixes têm uma textura muito frágil. Quanto mais virarmos as peças, maior a possibilidade de que elas se desfaçam.

  • Como fazer? Se estiver fritando peixe com carne muito delicada (por exemplo, robalo, tilápia, etc.), vire-o apenas uma vez ou prepare-o empanado.

6. Utensílios de cozinha frios tiram 100 pontos do prato

Isso leva ao fato de que o bife é aquecido de forma desigual ou gruda na frigideira. O mesmo vale para o grill.

  • Como fazer? Antes de colocar o peixe na frigideira ou grelha, esquente-as e deixe o óleo aquecer bem. Como determinar quando colocar a carne? Olhando para o óleo: devem se formar bolhas, mas sem fumegar.

7. Os cogumelos terão um sabor melhor se absorverem o mínimo de umidade possível

Os cogumelos são campeões de absorção de umidade. Antes de cozinhar, costumamos lavá-los, o que acarreta o acúmulo de muita água dentro deles.

  • Como fazer? Limpe os cogumelos com uma toalha úmida (papel, pano) ou escova. Assim, eles não absorvem umidade desnecessária e ficarão limpos. Claro, estamos falando de cogumelos mais ou menos limpos, já que remover a sujeira com uma toalha úmida é uma tarefa bem chata.

8. É fácil exagerar o queijo na pizza. Controle-se

Pode parecer que quanto mais queijo houver na pizza, mais saborosa ela será. Na verdade, você pode estragá-la. Porque a mussarela contém muita umidade: a pizza ficará crua e os demais ingredientes ficarão encharcados, assim ela parecerá pouco apetitosa.

  • Como fazer? É preciso encontrar um meio-termo. Distribua a mussarela para que o molho fique um pouco coberto: isso irá preservar a crosta crocante e ajudar a evitar o excesso de umidade.

9. Forma pré-aquecida = massa crocante

Normalmente, colocamos a pizza na assadeira, untada ou coberta com papel alumínio à temperatura ambiente. Mas depois nos perguntamos por que a massa não fica crocante.

  • Como fazer? Antes de colocar a pizza na assadeira, aqueça-a bem. Despeje um pouco de óleo e deixe no forno por alguns minutos. Na Itália, a pizza é assada no forno a lenha por alguns minutos, ou até menos. A temperatura certa e a assadeira quente estão entre os segredos da massa crocante.

10. A data de validade do ovo indicará para qual prato
ele serve

Se os ovos que você cozinha são frescos, será muito mais difícil descascá-los. Já os que um pouco mais de dias são mais fáceis de descascar. Trata-se do nível de acidez: a clara nos ovos frescos tem um pH baixo. Portanto, ao cozinhar, ela adere mais fortemente à casca. Após 2 ou 3 dias, o nível de pH aumenta, a clara adere menos à membrana e o ovo fica mais fácil de descascar.

  • Como fazer? Para fritar, escolha os ovos mais frescos e, para cozinhar, aqueles que estiveram na geladeira por alguns dias. Você só tem ovos frescos em casa? Terá que fervê-los um pouco mais do que o habitual ou adicionar 1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio na água.

11. Fogo alto pode estragar os ovos

Os ovos são muito fáceis de queimar. Isto se deve ao fato de que as claras ficam prontas mais rápido que as gemas. Portanto, enquanto a gema ainda está crua, a clara queima e fica muito dura.

  • Como fazer? Você tem que fritar os ovos em fogo médio. Este truque permitirá que tanto a gema quanto a clara atinjam o sabor e a textura desejados.

12. O teflon não é adequado para todos os pratos: não se apresse em jogar fora a frigideira de ferro fundido

A panela com revestimento antiaderente é prática, mas não é adequada para todos os pratos. Não serve para deixar o peixe ou a carne crocante. Embora, como seu nome indica, a carne não vá grudar.

  • Como fazer? Se você quiser que a carne ou o peixe fiquem crocantes, escolha uma panela grande de ferro fundido ou de aço inoxidável. O revestimento antiaderente ajudará se o seu objetivo for preparar crepes ou omelete.

13. Não esqueça de adicionar farinha ao empanar

Ao empanar, muitas vezes esquecemos um ingrediente importante: a farinha. Como resultado, algumas migalhas da farinha de rosca caem no processo de fritura.

  • Como fazer?ordem correta de empanar é a seguinte: passe a carne, o camarão ou outro alimento com a farinha, depois mergulhe no ovo batido e, finalmente, passe na farinha de rosca.

Você tem seus próprios truques culinários? Ou talvez saiba como preparar magistralmente um prato complicado e não se importa em compartilhar o segredo?