Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

15 Alimentos que podem ajudar quem sofre de ansiedade e depressão

Problemas como a depressão e a ansiedade se tornaram comuns na população mundial, afetando mais o gênero feminino do que o masculino, como resultado do estilo de vida acelerado e pouco saudável em geral adotado nas grandes cidades nos dias de hoje. No Brasil, segundo os últimos dados da OMS (Organização Mundial da Saúde), cerca de 5,8% da população sofre com esses distúrbios — ou 11,5 milhões de pessoas.

A depressão pode levar a outros problemas de saúde. Mas é possível reduzir seus efeitos por meio de um tratamento médico adequado — o que pode incluir a ingestão de alguns medicamentos. O consumo de alguns alimentos e a prática de atividade física também podem contribuir bastante para melhorar a condição das pessoas que sofrem com esses distúrbios.

Hoje, o Incrível.club traz uma lista com os alimentos que podem ajudar você a lidar com os sintomas e se sentir melhor.

1. Chocolate amargo

O chocolate amargo contém flavonoides e antioxidantes, que ajudam a manter a pressão arterial controlada. Além disso, possui feniletilamina, um neuromodulador, que nos faz ficar de bom humor. É necessário lembrar que esses benefícios são obtidos apenas com o chocolate meio amargo. Os mais doces não apresentem os mesmos efeitos positivos.

2. Peixes de águas frias

A quantidade de ômega-3 que podemos encontrar nos chamados peixes de águas frias é capaz de reestruturar o tecido cerebral, diminuindo a tendência à depressão e melhorando a maneira como os neurotransmissores, como a dopamina e a serotonina, transportam informações do cérebro para diferentes partes do corpo.

3. Pimentas

Diferentes variedades da pimenta, como a dedo de moça e a jalapenho, têm uma substância chamada capsaicina, que produz um efeito antidepressivo. Embora muitas pessoas não tolerem o sabor picante desses vegetais, esse efeito produz uma leve sensação de euforia.

4. Iogurte

O iogurte contém bactérias benéficas ​​ao organismo, como lactobacilos — alguns contêm também probióticos. Além de ser bom para a saúde intestinal, ele também ajuda a regular o humor, diminuindo os sintomas da depressão.

5. Açafrão da terra

Os sintomas de depressão estão relacionados à inflamação crônica. O açafrão, consumido em cápsulas, em pó ou em qualquer outra apresentação, possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, que ajudam a regular o humor, contribuindo para reduzir a ansiedade.

6. Folhas verde-escuras

As folhas verde-escuras são os vegetais mais ricos em vitaminas e minerais que podemos consumir. Além de serem boas para o funcionamento do organismo, ajudam a reduzir a ansiedade e o mau humor, apresentando melhores resultados em estado bruto do que quando cozidas. Alguns exemplos são a couve, a rúcula e o espinafre.

7. Oleaginosas

As chamadas oleaginosas, como nozes, amendoim, castanha do Pará, avelã e pistache contêm uma grande quantidade de proteínas e aminoácidos, o que faz delas alimentos essenciais para uma dieta saudável. Se você sofre de problemas como ansiedade ou depressão, essas castanhas podem ser poderosas aliadas para manter o bom humor. Apenas fique atento, pois o consumo exagerado pode fazer você engordar.

8. Quinoa

A quinoa é um carboidrato complexo com alto teor de fibras, magnésio, manganês e potássio. Esses nutrientes ajudam a ter uma boa saúde mental, pois facilitam o envio de informações por meio dos neurotransmissores. Além disso, a quinoa é rica em proteínas, que, como mencionamos anteriormente, ajudam a reduzir os sintomas da depressão.

9. Cogumelos

Os cogumelos são ricos em ferro e magnésio, dois dos minerais mais importantes para manter o bom funcionamento do organismo. Eles ajudam a melhorar o funcionamento do cérebro, contribuindo para a melhoria em casos de depressão, ansiedade, além de outros distúrbios mentais.

10. Azeitonas

As azeitonas contêm uma grande quantidade de óleos vegetais, vitamina E, K e antioxidantes, que ajudam a melhorar a circulação sanguínea, resultando em benefícios à saúde do cérebro. Tanto o consumo do fruto como o do azeite podem resultar em uma grande melhoria na saúde de pacientes que sofrem de depressão e ansiedade.

11. Chia

O consumo de sementes de chia está associado à perda de peso, por causa de seu valor nutricional e de seu poder anti-inflamatório. No entanto, poucos conhecem seus benefícios para a saúde mental, resultado de seu alto teor de cálcio, magnésio, antioxidantes, fibras e fósforo, tornando-se um dos alimentos ideais para o tratamento de sintomas da depressão.

12. Café

Um estudo da Universidade de Navarra, na Espanha, mostrou que as pessoas de meia-idade que consomem mais de duas xícaras de café por dia apresentam menores índices de ansiedade e depressão enquanto as que consomem uma ou duas xícaras não apresentam grandes mudanças em relação à ocorrência desses problemas.

13. Banana

As bananas contêm serotonina, um neurotransmissor que torna a comunicação entre os neurônios do cérebro mais eficiente, fazendo a pessoa melhorar o humor após o consumo. A fruta também tem o poder de fortalecer a memória.

14. Abacate

O abacate é uma ótima fonte de óleos vegetais, aminoácidos e vitaminas B1 e B2, que, como as azeitonas ou os frutos secos, ajudam a melhorar o desempenho mental, afetando o humor. Esse alimento também contém uma grande quantidade de magnésio e seu consumo está associado a hábitos alimentares saudáveis.

15. Ovos

Mais uma vez, a proteína desempenha um papel importante na batalha contra os sintomas da depressão e os ovos são uma excelente fonte desse nutriente. Ácidos graxos, vitamina B, D e ômega-3, fazem deles os protagonistas ideais no café da manhã de pessoas com essa condição.

Bônus: alimentos que provocam ansiedade

Existe uma conexão entre alimentos processados e a tendência de sofrer de depressão. Isso ocorre devido à quantidade de produtos químicos que possuem, além de adição de açúcares, conservantes, ácidos graxos, gorduras trans, saturadas e colesterol, que afetam o bom funcionamento do cérebro.

Alguns desses alimentos proporcionam uma sensação de bem-estar imediata no organismo, causando um efeito rebote, que, por sua vez, desencadeia episódios de ansiedade. Entre os principais produtos com essas características, estão:

  • Bolinhos
  • Biscoitos
  • Embutidos
  • Bebidas alcoólicas
  • Bebidas energéticas
  • Bebidas açucaradas e refrigerantes
  • Fast food
  • Outros alimentos processados

Quais mudanças você faria em sua dieta diária para reduzir esses sintomas? Por que parece que a cada dia há mais pessoas sofrendo de depressão e ansiedade? Compartilhe seu ponto de vista na seção de comentários.