Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

9 Posições nocivas que provavelmente você fica sem se dar conta e como evitar seus efeitos

A sabedoria popular diz que o corpo humano é sábio e esse ditado é muito verdadeiro. Quando algo não está bem, nosso organismo nos envia sinais ou, em outras palavras, temos alguns sintomas para nos alertar do problema. Muitas vezes sentimos dores de cabeça, provavelmente resultado de contraturas ou problemas cervicais, males dos quais sempre reclamamos, mas não solucionamos. O primeiro passo é identificar e tratar as regiões onde sentimos desconforto e tentar prevenir certos movimentos ou más posturas que possam originá-lo.

O Incrível.club compilou uma série de posturas e movimentos que normalmente podemos fazer sem perceber e algumas orientações para tentar corrigi-los.

1. Ficar em uma postura errada na frente do laptop

Quando passamos muito tempo sentados com as costas arqueadas ou adotamos uma posição com os ombros voltados para fora com as costas encurvadas, podemos desenvolver dor lombar na região central das costas. Além disso, é muito comum sentir desconforto na região cervical ou na parte superior dos ombros, já que nosso pescoço lida com uma tensão prolongada, quando olhamos para a frente durante horas.

  • Forma correta de se sentar: mantenha os ombros relaxados e os cotovelos apoiados no corpo. Descanse totalmente as costas no respaldo da cadeira. Nessa posição, adote um ângulo entre 90° e 100° nos quadris e também nos joelhos. Você não deve dobrar as pernas na altura dos quadris nem deixar os pés no ar. Coloque a parte superior da tela do laptop ao alcance da sua linha de visão horizontal, a fim de que as cervicais não sofram tanto.

2. Levantar objetos do chão com as costas inclinadas

Nós não percebemos, mas, ao levantar peso do chão, é muito provável que cometamos algum erro. A primeira coisa que devemos pensar é se temos força ou treinamento suficientes para levantar uma determinada quantidade de peso, pois podemos lesionar as costas com um movimento equivocado ou superestimar a nossa capacidade. Um dos fatores mais importantes é não dobrar as costas ou a cintura, caso faça esse esforço.

  • A maneira correta de se agachar: separe as pernas e dobre os joelhos, como se fosse fazer um agachamento. Contraia o abdômen à medida que segura o objeto, mantendo-o o mais próximo possível do corpo, usando os músculos do quadril e dos joelhos. Continue com as costas retas o tempo todo, fazendo o movimento de agachamento sem torcer a coluna para a frente.

3. Dormir de bruços

Dormir é uma das fases mais importantes do nosso dia, pois o corpo aproveita para se recompor e realizar muitas funções. Muitos de nós adoramos dormir de bruços na cama, mas essa posição pode acarretar problemas, porque forçamos o pescoço e a mandíbula, deixando-os virados. Isso pode causar sequelas musculares, dores na cervical ou torcicolo.

  • Recomendação: para corrigir esse mau hábito, podemos nos deitar de bruços até o momento de quase adormecer. A partir daí, devemos mudar de posição, ficando de costas ou de lado. Para não acordar na mesma postura, podemos colocar um travesseiro ao nosso lado e abraçá-lo, evitando o retorno à posição errada.

4. Carregar a bolsa ou a mochila em um ombro só

Quando carregamos um volume em apenas um braço, nosso corpo tende a equilibrar esse peso com o outro lado do tronco, prática que pode provocar contraturas e dores no pescoço, se o peso não for minimizado ou intercalado. As dificuldades podem se agravar, se tivermos uma vida sedentária, já que nosso corpo não consegue aguentar uma sobrecarga por falta de resistência na musculatura.

  • A forma correta de carregar peso: priorize o que precisa carregar na bolsa, passando o peso de um ombro para o outro, para não desequilibrar a incidência da carga. Se for carregar uma mochila, coloque os objetos mais pesados embaixo e os mais leves em cima, para não prejudicar o pescoço com o movimento.

5. Caminhar olhando para baixo no celular

A maioria de nós realmente caminha olhando para os nossos smartphones, mas, se nos víssemos de fora, observaríamos como nosso pescoço e nossas costas ficam encurvados. Para conseguir uma boa postura dinâmica, nossa coluna precisa estar em uma ótima posição. Caso contrário, é provável que esta se desgaste e nos faça perder o equilíbrio e o jeito correto de movimentar as articulações, além das possíveis lesões ou dores musculares decorrentes desse mau hábito.

  • O jeito correto de manter uma boa postura: antes de tudo, faça algum tipo de exercício para fortalecer os músculos das costas, da pelve e do abdômen e mantenha um peso saudável. Tente evitar saltos muito altos e desconfortáveis ​​e se certifique de que as coisas estejam em uma altura adequada.

6. Dirigir com o cotovelo apoiado na janela ou com o assento muito para trás

Se fazemos movimentos repetitivos acima da altura da nossa cabeça, causando tensão em uma articulação, provavelmente podemos sofrer de inchaço ou sensibilidade na região. Por exemplo, se estivermos dirigindo e deixamos o braço apoiado na janela, ou se estivermos com o assento muito para trás, forçaremos o cotovelo ou o ombro, fato que pode causar uma tendinite.

  • Recomendação: reduzir a atividade que causa a dor e, caso não seja possível, procure relaxar as articulações com exercícios combinados de força, sem se esquecer de alongar depois de cada atividade. Além disso, é preciso corrigir as más posturas ao dirigir ou para realizar outras tarefas que comprometam as articulações.

7. Colocar sua carteira no bolso de trás ao se sentar

Se não nos sentarmos corretamente, o primeiro que poderia sofrer os danos de uma má postura é o nervo ciático ipsilateral. Às vezes isso acontece durante atividades cotidianas, como quando nos sentamos com a carteira no bolso de trás. Esse hábito pode deixar as costas desniveladas, fato que pode provocar fortes dores no ciático, parte que liga a medula espinhal com a parte externa da coxa. Se esse hábito não for corrigido a tempo, a dor pode permanecer para sempre.

  • Recomendação: certifique-se de se sentar adequadamente sem nada nos bolsos e com os pés no chão sem colocar as pernas embaixo dos glúteos.

8. Cruzar as pernas por um longo período

Quando nos sentamos, muitos de nós, inconscientemente, cruzamos as pernas e podemos passar o dia inteiro trabalhando nessa posição. Isso provoca não só o surgimento de vasinhos ou varizes — que além de serem um “problema” estético podem levar a consequências mais graves — como também de coágulos sanguíneos que danificam gravemente algum tecido ou prejudicam o nervo ciático e suas ramificações, entre outros contratempos.

  • Recomendação: manter as pernas paralelas e os pés apoiados no chão com as costas retas.

9. Limpar janelas e outros tipos de superfície

Devemos prestar atenção em como realizamos alguns movimentos no nosso dia a dia. Na hora de limpar as janelas, por exemplo, podemos exagerar com o gesto do punho. Isso poderia contribuir para o desenvolvimento de uma lesão, seja por um impacto repentino ou tensão. Com o tempo, podemos nos tornar incapazes de movimentar a mão ou o pulso.

  • Recomendação: desenvolver ossos fortes com a ingestão adequada de cálcio, evitar quedas o máximo possível e fazer pausas em caso de movimentos repetitivos.

Você sente dor em alguma parte das costas? Tem algum truque que alivia as articulações quando trabalha por muitas horas?

Compartilhar este artigo