8 Formas para aliviar naturalmente as dores dos joanetes

Apesar do que muita gente pensa, o uso de salto alto não é o único responsável pelo surgimento de joanetes. Genética e hereditariedade também podem ser culpados pelo problema. Obviamente, exagerar no tempo passado com sapatos de salto alto piora a condição, mas existem soluções para reduzir naturalmente os incômodos causados pelos joanetes. Nesses casos, cirurgias devem ser o último recurso após outras estratégias terem sido utilizadas.

O time do Incrível.club resolveu facilitar a vida de quem sofre com joanetes e preparou um guia de assistência para tratar o problema e combater o incômodo causado nos pés. Não deixe de conferir o bônus e descobrir qual o sapato certo para pés com joanetes.

1. Use uma bola de tênis ou de lacrosse

Um exercício muito simples de ser feito envolve colocar uma bola de tênis ou de lacrosse no chão e rolar o pé sobre ela, para a frente e para trás. Você pode repetir o movimento de três a cinco minutos com cada pé. E ainda que um deles não tenha joanetes, é bom aplicar a técnica também nele, pois a prática é muito relaxante e alivia cãibras.

2. Tente agarrar uma toalha usando só os dedos dos pés

Outro exercício bem simples começa com uma toalha no chão. Em seguida, é preciso agarrá-la só com os dedos dos pés e trazê-la ao corpo. Você pode repetir o exercício cinco vezes, seja sentado ou de pé. O resultado é o fortalecimento do pé e uma maior flexibilidade nos dedos.

3. Experimente erguer os calcanhares

Comece de pé, com os joelhos levemente flexionados. Depois, passe a erguer os calcanhares lentamente, até que todo o peso do corpo esteja sustentado pelos dedos. Caso você sofra com joanetes graves, é possível que o movimento cause dores e incômodos, mas recomendamos que continue tentando, bem aos poucos. Com o tempo, os músculos dos dedos ganharão força, impedindo a expansão da deformidade.

4. Caminhe na areia da praia sempre que possível

Esta dica certamente não pode ser colocada em prática por todas as pessoas com a mesma frequência, dependendo do local de residência. Ainda assim, é preciso dizer que a areia da praia promove uma ótima massagem nos pés. A prática não apenas relaxa dedos e pés de forma geral, como os fortalece. Por tudo isso, é extremamente benéfica para quem sofre de artrite decorrente dos joanetes.

5. Mergulhe os pés em água morna e gelada

Depois de um dia longo e estressante, seus pés agradecerão se você mergulhá-los em água morna com sal de Epsom. É só encher um recipiente até a altura dos tornozelos e deixar os pés imersos por dez a 15 minutos. Outra alternativa é fazer uma imersão em água gelada por pelo menos dez minutos, antes de dormir. Assim, o inchaço e a inflamação tendem a diminuir.

6. Use uma tala durante a noite

Muita gente já descobriu que usar talas à noite diminui a dor provocada pelos joanetes. Elas atuam evitando que o primeiro e o segundo dedos batam um contra o outro, reduzindo a pressão entre todos os dedos do pé. Uma boa ideia é usá-las à noite, durante o sono. Talvez elas não resolvam definitivamente o problema dos joanetes, mas certamente conseguem aliviar dores e desconfortos.

7. Massageie os pés com azeite

Massagear os pés uma ou duas vezes por dia é uma ótima ideia se você quiser dar maior flexibilidade aos dedos dos pés. Aplicar um pouco de azeite morno para fazer massagem ajuda a mover as articulações mais facilmente. Experimente massagear os dedos por 15 minutos e certamente perceberá uma boa diferença na circulação naquela região, pois o uso do azeite facilitará a movimentação das extremidades.

8. Aplique açafrão nos joanetes e deixe agir por toda a noite

Capsaicina é um componente crucial em diversos cremes, pois diminui dores e inflamações. A substância é encontrada também no açafrão, e é por isso que você pode aplicar o tempero sobre os joanetes. Basta fazer uma pasta usando açafrão e água e passar nas áreas afetadas. É importante deixar o produto nos pés ao longo de toda a noite para que tenha tempo de agir.

BÔNUS

O que procurar na hora de comprar sapatos

Para quem tem problema com joanetes, o momento de comprar calçados pode ser complicado. Por isso, é preciso garantir que o produto conte com algumas características bem específicas:

  • Sapatos de salto alto devem ficar nas últimas opções da sua lista, já que afetam mais os pés. Eles empurram os dedos mais ainda para o lado, piorando o quadro de dor.
  • Prefira procurar por calçados mais largos na parte da frente, garantindo que os joanetes tenham espaço para ocupar e não recebam pressões. Um amplo solado de borracha também é bom, pois garante um apoio adicional.
  • Preste atenção ao material dos sapatos. Borracha, couro elástico e malha são ideais para pés com joanetes. Evite materiais rígidos, que causam fricção na região, piorando ainda mais a dor.
  • Procure um podólogo para medir seu pé da maneira apropriada. O profissional apresentará um diagnóstico das suas necessidades e indicará o calçado certo para o seu caso.

Você sofre ou já sofreu com joanetes? Costuma ter algum cuidado especial com os pés? Deixe um comentário e aproveite para dizer qual o seu modelo de calçado preferido!

Compartilhar este artigo