Incrível
Incrível

11 Alimentos que podem ser menos saudáveis do que imaginamos

Desde pequenos ouvimos muitas histórias sobre alimentação, mas será que todas elas são verdadeiras ou apenas mitos? Por exemplo, há quem pense que seguir uma dieta com poucas calorias e sem glúten faz mais mal do que bem à saúde, e há quem diga que beber água com limão pode causar refluxo. Na Internet há uma grande circulação de informação sobre saúde e alimentação, e é por isso que hoje em dia é tão difícil saber o que podemos comer ou não.

Para o Incrível.club, falar em alimentação e saúde é falar em ciência. Pensando nisso, fizemos uma pesquisa e preparamos uma lista de alimentos comuns, embora não tão saudáveis quanto imaginamos.

1. Água com limão

A acidez do limão pode causar ou piorar o refluxo, uma condição muito comum e que afeta 60 milhões de pessoas apenas nos Estados Unidos. Além disso, a acidez da água com limão também pode danificar o esmalte dos dentes, por isso os dentistas recomendam bebê-la com um canudo e sempre enxaguar a boca depois.

2. Chá

É muito comum ouvirmos que o café preto mancha os dentes, mas o que nem todo mundo sabe é que o chá também pode afetar a cor do esmalte. E mais, como a bebida contém mais tanino do que o café, é provável causar um processo de descoloração ainda mais duradouro. Uma boa estratégia para ajudar a diminuir as manchas é beber um copo de água após uma xícara de chá.

3. Frutas secas

Muitas pessoas substituem doces por frutas secas e esquecem que elas podem ser muito perigosas para os dentes. Várias empresas costumam usar corantes artificiais para deixar as frutas secas mais bonitas, mas que podem manchar os dentes. Essas frutas também podem diminuir a secreção natural de saliva, fundamental para combater bactérias, e prejudicar a nossa saúde bucal.

4. Xarope (mel) de agave

As pessoas que se preocupam muito com a saúde tentam evitar o consumo excessivo de açúcar e optam por adoçantes naturais. O mel de agave é uma dessas alternativas, mas o que nem todo mundo sabe é que esse xarope processado tem um nível muito alto de frutose que, se consumida em excesso, pode causar um acúmulo de gordura no fígado.

5. Alimentos com poucas calorias

Pesquisas recentes demonstraram que cerca de 80% das pessoas recuperam o peso que tinham antes quando interrompem uma dieta, e alguns cientistas dizem que os verdadeiros culpados nesses casos são os alimentos com baixas calorias. Ingerir regularmente menos calorias do que o corpo precisa causa uma desaceleração no metabolismo. Além disso, dietas pobres em proteínas afetam o tecido muscular. Nesse sentido, em vez de diminuir a ingestão de calorias, os especialistas recomendam manter um consumo saudável de proteína e incluir exercícios de resistência na sua rotina.

6. Proteína em pó

A proteína é essencial para os músculos permanecerem fortes, mas isso não significa que uma boa dieta não seja suficiente. Se você mantiver uma dieta saudável, certamente o seu corpo irá receber um nível adequado de proteína. Além disso, para alguns especialistas, as proteínas em pó fazem mais mal do que bem, sobretudo porque podem causar problemas digestivos (para pessoas intolerantes à lactose). Também existem poucos estudos sobre os efeitos desse produto a longo prazo.

7. Suco verde

O suco verde ficou muito famoso nos últimos anos, mas ele não oferece os mesmos benefícios que as frutas e as hortaliças. O grande problema é que esses sucos contêm pouca fibra, elemento essencial para uma boa digestão e na manutenção de um peso saudável.

8. Alimentos com pouco carboirato

Médicos especialistas recomendam evitar dietas com baixo teor de carboidratos. Cortar esse elemento pode ajudar a emagrecer, mas a não ingestão suficiente pode causar doenças cardiovasculares futuramente.

9. Óleo de coco

Embora o óleo de coco tenha importantes qualidades, o ideal é que seja consumido com bastante moderação, apenas em ocasiões especiais. Ele tende a aumentar os níveis de colesterol e pode aumentar o risco de doenças cardíacas.

10. Produtos sem glúten

Dietas sem glúten são essenciais para pessoas que sofrem de doença celíaca, mas adotá-las sem recomendação médica pode ser perigoso. Muitos alimentos assados ​​sem glúten são ricos em calorias e açúcar. Além disso, existem muitos alimentos saudáveis ​​com glúten que proporcionam nutrientes essenciais para o nosso corpo.

11. Aveia pura

Incluir aveia na alimentação pode parecer uma escolha saudável porque ela tem poucas calorias e é rica em fibras e proteínas. Contudo, o ideal é adicionar uma colher de pasta de amendoim, ou algumas amêndoas ao prato com aveia, dessa forma, fica mais nutritivo e a sensação de fome demora mais para aparecer.

Que alimentos dessa lista mais te surpreenderam? Conhece algum outro mito sobre alimentação? Compartilhe nos comentários.

Compartilhar este artigo