14 Situações que transformarão até a mulher mais calma em um dragão

Mulher
há 1 mês

Às vezes, parece que tudo ao redor está conspirando para levar as mulheres à loucura. O marido não quer ajudar em casa, os parentes se intrometem dando opiniões não solicitadas, o cabelo fica rebelde. No geral, estresse que não acaba mais. E foi sobre esses dias capazes de tirar qualquer uma do sério que as internautas do nosso artigo de hoje compartilharam suas experiências.

  • Minha mãe gosta de se estressar com coisas pequenas, não consigo explicá-la de outra forma. Ela fala coisas do tipo:
    — Que bom para você, filha, que tem um robô aspirador que limpa tudo. Não precisa dobrar as costas como eu.
    — Mãe, vou te dar um, seu aniversário está chegando!
    — Não, nem pense nisso, ele não limpa direito e você tem de limpá-lo todos os dias. Dá mais trabalho!
    Ou:
    — Você e essa sua entrega de água! Os caras vêm trazer o garrafão e levam o outro vazio.
    — Tranquilo demais, mamãe, vou pedir para você também. Pode escolher o tipo de água que quer e a quantidade desejada.
    — Não, não, não, de jeito nenhum. Não quero que homens estranhos venham a minha casa. E vai saber que tipo de água entregam.
    E ainda tem mais: ela prefere carregar as sacolas pesadas das compras, ficar chateada por eu não levá-la ao supermercado durante meu horário de almoço, mas não aceita fazer o pedido da feira on-line para entregarem em casa. Conversar com a minha mãe é quase como um exercício de controle dos nervos. © Overheard / Ideer
  • Para não ter que cumprir seus deveres de pai, meu marido está disposto a tolerar absolutamente tudo que me der na telha, desde que não precise ficar com as crianças. Descobri isso recentemente, quando, após uma série de discussões, decidimos nos separar. Encontrei um bom apartamento, comecei a me preparar para a mudança e, de repente, meu esposo perguntou se não ficaria longe para os gêmeos irem dali para a escola.
    — Bem, eles não precisarão, vão ficar aqui.
    — Ficar como?
    — Bem, veja, o apartamento é seu e o que consegui é alugado. Você tem um emprego estável com um bom salário, e meu trabalho é autônomo. No fim, as crianças têm escola, a clínica, os cursos, tudo por aqui por perto.
    A conversa foi longa, e durante a qual ficou claro que não estávamos tão dessintonizados assim. Há seis meses meu marido está sendo gentil, dócil, e nem mesmo tem se irritado com nada. © Overheard / Ideer
  • Meu marido pegou todo o dinheiro das nossas economias e comprou um carro. Supostamente, ele viu o automóvel que queria por um preço bom. Bem, só que para ele mesmo! Afinal de contas, eu já tinha um carro (que está comigo desde antes do casamento). E o fato de estarmos economizando juntos para comprar uma casa de campo não o impediu. Eu o expulsei de casa. Estou pedindo o divórcio e a divisão dos bens. A única coisa que temos em comum é aquele carro. Ele ficará com a metade. Ficarei com a minha metade do dinheiro por uma questão de princípio. © Overheard / Ideer
  • Ah, esses procedimentos de salão. Uma vez fui a uma pedicure e começaram a cortar minhas unhas dos pés perfeitamente saudáveis fazendo incursões pelas laterais. Em outra ocasião, lixaram meu calcanhar com uma lixa de metal usando tanta força que a pele soltou. E, há muitos anos, fiz as unhas com acrigel e ficou tão horrível que tive que tirar no mesmo dia. © moonchild291 / Reddit
  • Os funcionários dos restaurantes devem acreditar que a mulher não é capaz de pagar pelo seu companheiro. Todas as vezes os garçons só entregam a conta paga ao meu marido, mesmo quando o comprovante de pagamento volta com o meu cartão. Independentemente de quem ganha mais, todas queremos ser tratadas iguais. © jessipirate / Reddit
  • Estou em uma situação complicada, meu filho tem dois anos e eu e meu marido trabalhamos. Peço ao meu esposo que ajude na casa, que brinque com o pequeno, e ele está sempre cansado, não quer, está ocupado e, claro, diz que depois faz. No fim, eu cozinho, limpo e fico com a criança. É cansativo, difícil, e a consequência é pior. Começo a ficar com raiva e grito com todo mundo: com a criança e com meu marido. Bem, é assim que vivemos aqui. © Overheard / Ideer
  • Havia poucos meninos estudando no meu curso. E tinha uma professora que só gostava dos garotos e tinha preconceito contra meninas. Nossas notas finais eram calculadas de acordo com o número de pontos obtidos durante o período. Uma vez, essa professora resolveu dar nota um rapaz que mal aparecia só porque ele se dignou a ir à aula. Já eu respondi a todas as perguntas e não ganhei nada: aparentemente, não me esforcei o suficiente.
  • Entreguei um projeto importante, seis meses de trabalho árduo. Finalmente o apresentei aos clientes e eles ficaram encantados. No caminho para casa, comprei algumas comidinhas caras, pensando que iria comemorar com meu marido, ter uma noite romântica. Quando cheguei, ainda na porta de casa, fui recebida pelo meu marido resmungando, reclamando que eu tinha chegado muito tarde e que ele estava bastante cansado do trabalho. Quando tentei lhe contar sobre a entrega do projeto, ele me interrompeu e começou a falar como ele era um ótimo profissional e como estava se saindo bem no trabalho. Pegou a maior parte da comida e foi para o computador. Quando tentei puxar assunto com ele, ele reclamou que estava atrapalhando. Vou, certamente, gastar o bônus do projeto no aluguel de um apartamento e pedir o divórcio. © Overheard / Ideer
  • Alguns homens costumam falar para as mulheres: “Não gosto de você com toda essa maquiagem”. Alô, querido, ela não é para você. É para mim. Por que céus eu ficaria maquiada para impressionar alguém que não sabe nada sobre tons de pele, cores contrastantes e acentuar seus pontos fortes na aparência? © Autor desconhecido / Reddit
  • Conheci um homem. Conversamos on-line por quinze dias e, depois, ele me convidou para um encontro. Eu trabalho muito, então foi difícil escolher uma data conveniente, mas concordamos em nos encontrar. Fui até o local combinado. Fiquei esperando o rapaz por cerca de uma hora. Fiquei irritada, pois não entendia por que ele não tinha chegado ainda. Mandei uma mensagem e perguntei onde ele estava. A cereja do bolo: o cara respondeu que tínhamos combinado outro dia e encaminhou a mensagem que ele tinha mandado com a data e o horário no dia que acertamos tudo como prova. Fiquei me questionando se tinha me confundido. Então, fui encontrar a mensagem na nossa conversa e vi a marca “editado” embaixo dela. Não respondi e não fui no dia do suposto encontro. © Ward 6 / VK
  • Minha cabeleireira, que tinha o mesmo cabelo que o meu e sabia exatamente o que fazer com ele, pediu demissão. Entrou uma nova, e os olhos dela gritavam: “Não sei mexer no seu cabelo. Ele é crespo!” Então, dei instruções bem específicas: devolver as ondas, dar forma a elas. A mulher não conseguiu cortar meus fios mais do que meio centímetro. Ela mal tocou neles. Apenas balançou um pouco a tesoura. No final das contas, entrei no salão melhor do que quando saí depois do corte. © keyboardsmash / Reddit
  • Fui ao shopping alguns dias atrás. Economizei algum dinheiro e finalmente realizei meu sonho: comprei um moletom que queria há muito tempo. Cheguei em casa usando ele, girei toda alegre na frente do meu marido e perguntei: “O que você acha dele?” Ele desviou o olhar do computador por um segundo e, então, disse: “Seu cabelo está lindo, combina com você!”. © Ward 6 / VK
  • Detesto a frase: “ela me assusta”. Já faz algum tempo que estou tentando entrar em um relacionamento, mas ninguém está interessado. Vários amigos próximos afirmam que os rapazes têm medo de sair comigo porque sou confiante e atraente. Nem mesmo ser franca funciona com eles. No fim, acabam escolhendo garotas quietas e tímidas. © the***boys / Reddit
  • Convidei minha mãe e minha irmã mais velha para virem me visitar. Minha irmã ficou soltando comentários para mim: o garfo estava desgastado, que sou muito exigente, tinha esquecido de colocar os pratos, havia pouco recheio na torta. E tudo isso com um tom de sarcasmo. Começamos a tomar chá, a torta estava deliciosa e minha mãe me elogiou: “Tudo muito bom!” E, então, minha irmã disse: “Não é preciso ser muito esperta para colocar creme nos biscoitos”. Até meu marido ficou atônito. Muito desagradável e humilhante. © Overheard / Ideer

Lidar com os parentes, sem dúvidas, nunca é fácil. No entanto, tem aqueles que parecem fazer os inimigos parecerem fichinha. Aqui você confere como os internautas lidaram com seus familiares para lá de sem noção.

Imagem de capa Ward 6 / VK

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados