17 Pais e mães solo que ignoraram as dificuldades e decidiram aproveitar as aventuras com seus pequenos

Histórias
há 2 meses

Ninguém discute o fato de que criar uma criança sozinho não é uma tarefa fácil. Não há ajuda de um parceiro ou parceira, e até mesmo estranhos costumam se intrometer com seus conselhos não solicitados. Mas os usuários da nossa seleção não se deixaram abalar. Pelo contrário, eles estão muito felizes com sua liberdade e com as novas oportunidades que essa vida lhes proporcionou.

  • Sou pai solo, cuido da minha filha sozinho, e ela é a estrela da minha vida. Certo dia ela trouxe um artesanato da escola, que parecia um ouriço esfarrapado. No caso, era para me representar. Minha filha: «Você é lindo, não é, papai?» É claro que minha filha não está errada, mas a linda da família é ela. E você pode estar se perguntando onde está a mãe dela. Para enaltecer a tragédia da história, eu poderia dizer que ela se foi em um terrível acidente, mas não. Ela está viva e muito bem, sem o peso de ter um marido e uma filha. Um ano após o parto, ela disse que estava se indo para outra cidade e nunca mais voltou. Ela não quer pedir o divórcio para não ter de pagar pensão, acredito. Ou talvez por medo de perder totalmente a guarda. E estamos vivendo assim há nove anos. Eu, minha filha e a mãe dela, que está em algum lugar por aí. © Chamber 6 / VK
  • Vou dizer algo que muitas pessoas não estão preparadas para ouvir, mas para mim ser mãe solo não é assim tão difícil. Não tenho ajuda de ninguém, mas minha vida é ótima. Tenho um ótimo trabalho e banco tudo lá em casa. Sim, e cuidar de uma criança não é tão caro quanto se pensa. É claro, não tenho muito tempo livre, mas, sendo sincera, também não tinha tempo antes da minha filha nascer. Se você estiver pensando em ter um bebê, aproveite o momento e não fique com medo das dificuldades que surgirão no caminho. Elas sempre vão surgir, mas o mais importante é que elas podem ser ultrapassadas. © Nicole Powell / Quora
  • Meu pequeno quer aprender a nadar, e eu mesma não sei, por isso o coloquei na natação. E o professor dele, ai ai! Que homem lindo. Até meu filho notou que eu fico meio perdida quando falo com o treinador: «Mamãe, se você quiser, posso perguntar ao professor se ele tem namorada». Que vergonha ouvir isso do meu filho, mas depois pensei: «Mas e qual é o problema, até meu filho já percebeu!» Pedi para ele descobrir depois quando houver oportunidade. © Mamdarinka / VK
  • O pai da minha filha e eu não tínhamos uma boa relação. Ele não queria trabalhar e cuidar da nossa criança. Certo dia ele se demitiu e só queria saber de jogar videogame o dia inteiro. Minha sogra instigava o conflito dizendo que eu era muito dura forçando-o a me ajudar na rotina. Fiquei cansada em ser feita de tonta e decidi largar essa parte tóxica da família. Decidi que trabalharia o quanto fosse preciso para que minha filha tivesse uma vida digna. É difícil, mas é minha responsabilidade. E tenho certeza que é melhor ser mãe solo do que ter uma família cheia, mas na qual o seu parceiro não faz nada para ajudar e vocês só ficam juntos por causa da criança. © Cinnamonyn / Reddit
  • Há muitos anos, me vi com três crianças para cuidar e sem ter um emprego estável. Meu marido decidiu nos largar e aproveitar a vida de solteiro. Minhas crianças e eu tivemos de nos mudar para um apartamento menor em outra cidade. Comecei a trabalhar pelas noites em um mercadinho e realizava as tarefas domésticas durante o dia. Por conta do cansaço constante e estresse, meu cabelo começou a cair. Então me lembrei de uma receita de máscara caseira para o cabelo, que minha avó compartilhou comigo. Fiz essa máscara, e após um mês já notei o resultado: meu cabelo ficou mais espesso, cresceu, e hoje estão sedosos e lindos. Minhas colegas do trabalho também notaram. Levei um pouco do pote para elas testarem, mas não compartilhei a receita. Os rumores começaram a se espalhar pelo bairro, e em pouco tempo comecei a ganhar dinheiro com esse produto mágico. Após seis meses, paguei minhas dívidas e hoje vivemos uma vida muito boa. © Chamber No. 6 / VK
  • Meus filhos tinham 3, 6, 9 e... 40 anos, quando o último me deixou. É claro que o último se refere ao meu marido, pois sempre tive a impressão de que ele era a quarta criança da família. Depois que ele nos deixou, foi como se um peso enorme tivesse saído das minhas costas, foi um alívio tão grande. Havia menos louça para lavar, roupa de cama suja, lixo jogado pela casa. Eu não precisava mais explicar a ele como fazer as coisas do jeito certo pela milésima vez. Porém, a melhor coisa foi o meu estado interno. Eu não ficava mais chateada com frequência, parei de me estressar. E a cereja no topo do bolo: comecei a ter dois dias na semana para me dedicar a mim mesma, pois são os dias em que meu ex-marido fica com as crianças. Eu não aguentava mais viver aquela vida. © Myra Scott / Quora
  • Aguentei ser mãe solo por dois meses. Depois contratei uma ajudante que passou a viver conosco. E essa foi a melhor decisão. Acordo e tenho tempo para realizar minhas atividades e não fico correndo que nem uma desesperada com carrinho de bebê pela cidade. Tenho tempo para me arrumar e cuidar de mim mesma. Acredito que a mãe ideal não é aquela que se sacrifica por dias tentando colocar o bebê para dormir, mas sim aquela que encontra o equilíbrio para cuidar de si mesma e das crianças. © Mamdarinka / VK
  • Meu pai tem 70 anos. Ele me criou sozinho, pois minha mãe nos deixou ainda quando eu era muito pequena. Sou muito grata ao papai por tudo o que ele fez por mim. Alguns anos atrás ele criou uma conta nas redes sociais. Ele decidiu que queria fazer parte dos dias atuais e da nova realidade. Hoje ele adora ler coisas novas, artigos, notícias, livros. Ele pôs uma foto no perfil de quando ainda era estudante. Ele era lindo, lindo! Algumas mulheres escrevem para ele querendo o conhecer melhor, e a resposta que ele dá é sempre a mesma: «Ai, eu já sou um senhor de idade. Você deveria sair para conhecer os meus filhos e netinhos já». © Chamber No. 6 / VK
  • Meu casamento foi terrível e precisei me afastar do meu marido. Sendo sincera, meu parceiro não ajudava em nada e eu nunca recebi nenhuma ajuda dele. Quando o deixei, minha situação financeira não era a melhor, por isso tive me me mudar para a casa dos meus pais. Após seis meses, encontrei um ótimo trabalho. Depois pude comprar uma casa e um carro. Às vezes, preciso economizar um pouco comigo mesma, mas pelo menos nunca falta nada para as minhas crianças. © luckylady365 / Reddit
  • Minha amiga cuida de sua criança sozinha. O pai é um perdido na vida e nem paga pensão. Os pais a ajudam um pouco, mas em geral ela paga tudo sozinha: bicos, licença-maternidade. Então, em um belo dia, o papai surgiu do nada na casa dela. Não, não para ver a filha, mas para saber como ela obteve os benefícios que conseguiu. O que acontece é que ele engravidou outra mulher, e ela estava exigindo que ele, como um homem responsável, se casasse com ela. Como um belo cafajeste, ele estava tentando se livrar do casamento convencendo a mulher de que mães solo recebiam quantias incríveis. Minha amiga riu da cara patética dele e o mandou embora de casa.
  • Que alívio senti quando meu marido foi embora. Agora posso aproveitar minhas crianças, meu amado emprego, esportes e viagens, em vez de olhar para a cara dele sempre insatisfeita, eternas reclamações, falta de vontade de ajudar com o mínimo e o buraco no sofá de tanto que ficava sentado lá. Aliás, comprei um sofá novo e posso dizer que para uma mãe solo não foi tão difícil de atingir esse objetivo. © Podsushano / VK
  • Adotei uma criança e fiquei pulando de felicidade. Procurei por muito tempo o meu príncipe no cavalo branco, mas sem sorte. Muitos homens não querem sair com uma mulher que tem um filho «de origem desconhecida». No começo fiquei bastante preocupada, mas depois decidi me inscrever em um grupo para mães solo. Escutei cada história de manipulação dos ex-maridos que me deixaram incrivelmente assustada. Por isso tomei a decisão de que seria melhor cuidar do meu filho sozinha do que me juntar com qualquer pessoa só para ter uma «família completa». Lisa Newall / Quora
  • Meu ex-marido não paga pensão, e meu filho e eu vivemos do meu salário. Quando ele tinha 5 anos, eu o coloquei em aulas de desenho, o que não era nada barato. Ele adora as aulas, e para conseguir manter essa vida, tive de procurar um segundo emprego. Certa vez, quando o fui buscar o, o professor pediu para eu esperar antes de ir embora. Ele me mostrou uma espécie de quadrinho que meu filho tinha desenhado: ele era o super-herói, que me protegia de todo o mal. O mal, nesse caso, era representado por um monstro no formato de louça suja, roupas para lavar e coisas do tipo. No fim, o super-herói tinha a seguinte fala: «Minha mãe foi salva e agora pode descansar. Meu amor e força sempre vão protegê-la». Nesse momento, não pude resistir e desabei em lágrimas. © Mamdarinka / VK
  • Sou pai solo e minha filha tem 9 anos. Ela tem cabelos longos e sempre pede para eu fazer tranças. Mas eu não sei. Cada manhã é uma luta entre eu e as tranças. Tento fazer o melhor que posso, mas nunca dá muito certo. Minha filha tenta me botar para cima, mas consigo ver as tranças se desfazendo após pouco tempo. Certa vez ouvi as amigas dela dizerem que o cabelo dela era mal-cuidado. Então, procurei na internet e encontrei aulas de penteados para meninas. Inscrevi-me, fui ao local e expliquei a situação. A professora me entendeu e me ensinou. Na manhã seguinte, fiz duas tranças lindas e resistentes, que não se desmanchavam por nada. Minha filha ficou tão feliz, que me deu um enorme beijo antes de entrar no ônibus da escola. Pela primeira vez na vida, chorei de felicidade. © Ward No. 6 / VK
  • Sou mãe solo desde que minha criança nasceu, mas isso não me impediu de ter uma vida decente. Tenho um apartamento, carro, e duas vezes por ano viajo com minha filha nas férias. Homens mostram interesse em mim com frequência, e foi isto o que notei. Os mais bem-sucedidos não se importam com o fato de eu ter uma criança e tentam não só me agradar, mas também demonstram interesse em ajudar minha filha. Já os menos bem-sucedidos, que não têm plano de vida, dizem que mulheres como eu vêm «com bagagem». © Work Stories / VK
  • Tenho duas crianças e cuido delas sozinha. Sendo sincera, não é tão difícil como parece: trabalho, faço comida, limpo a casa, levo-as à escola, às atividade extracurriculares e ao médico. De forma geral, faço tudo aquilo que as outras mães fazem. Tenho um bom salário também. O mais difícil é aguentar os comentários preconceituosos de outras pessoas. Todos à minha volta, por algum motivo, pensam que sabem melhor do que eu como cuidar dos meus filhos. Mas a verdade é que me sinto muito mais livre do que as mamães casadas. © Alexa Jones / Quora
  • Sou pai solo. Tenho uma vizinha incrível da qual gosto muito. Com frequência, passeamos os três: eu, minha filha e minha vizinha. Certa vez minha vizinha vinha na nossa direção e minha filha começou a correr de felicidade na direção dela. As duas se abraçaram, e minha filha começou a coçar a perna dela. A vizinha começou a rir: «Querida, o que você está fazendo?» Minha filha: Só queria confirmar se papai estava falando a verdade que suas pernas são um presente dos céus". © Chamber 6 / VK

Às vezes, é realmente mais fácil ficar sem um parceiro ou parceira quando se cuida de uma criança. Mas a situação muda um pouco quando há mais de uma criança, que dirá sete. Confira a história emocionante deste pai solo.

Imagem de capa Mamdarinka / VK

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados