7 Traços que podem indicar uma baixa autoestima

Baixa autoestima é algo com que ninguém deveria ter de lidar. O problema não apenas nos impede de aproveitar a vida em toda a sua plenitude, como também afeta nosso bem-estar mental. E o resultado disso pode ser o desenvolvimento de quadros de depressão e ansiedade, de acordo com alguns especialistas.

Infelizmente, não são poucas as pessoas que sofrem com uma baixa autoestima. Por isso, o Incrível.club resolveu preparar este post reunindo sinais indicativos da falta de confiança em si mesmo para que você, se for o caso, adquira consciência em relação ao que pode fazer diferente.

1. Não aceitar elogios

Não há dúvidas de que a modéstia é algo positivo. Porém, ela precisa vir na dose certa. Quando exageramos na modéstia, podemos passar a ideia de que não acreditamos muito em nós mesmos. É preciso diferenciar situações que requerem humildade daquelas que nos dão a chance de aceitar o fato de que nos saímos bem ao executar determinada tarefa.

Além disso, uma nova pesquisa demonstrou que o orgulho tem relação com a evolução humana: durante dias de dificuldade, nossos ancestrais precisavam ser valorizados pelos outros membros do grupo para que conseguissem superar os obstáculos.

2. Considerar-se uma pessoa medíocre

Em uma pessoa que não se valoriza o bastante, um dos comportamentos mais típicos é não enxergar a sua própria capacidade. Estamos falando de indivíduos que tendem a achar que não conseguirão dar conta de certa tarefa, e que quando conseguem realizá-la, pensam que o resultado foi possível pela facilidade do trabalho, e não pela própria competência.

3. Achar que os outros só veem suas falhas e se sentir julgado

Uma pessoa com traços de pouca autoestima costuma se criticar com frequência. Ademais, ela tende a projetar a autocrítica, como se ela viesse das outras pessoas. A falta de autoestima faz com que o indivíduo pense que os demais só enxergam seus defeitos e riem deles, ainda que isso não tenha a menor conexão com a realidade.

4. Sempre se referir às opiniões dos outros

Um sinal clássico de que a pessoa não acredita em si mesma é o medo de expressar as próprias opiniões. Ela acha mais fácil se referir às opiniões de gente que, aos seus olhos, tem mais valor e autoridade para falar do assunto do que a ela mesma.

5. Nunca fazer um agrado a si mesmo

Raramente as pessoas que não se valorizam como deveriam fazem algo por puro prazer. Pelo contrário, elas pensam em um milhão de motivos para não fazer aquilo que realmente querem, ainda que seja algo capaz de proporcionar felicidade. Assim, uma ótima estratégia para combater a baixa autoestima é se dedicar a atividades verdadeiramente prazerosas.

6. Se comparar com os outros, sempre achando que eles são melhores

Se você está frequentemente pensando que as outras pessoas são capazes de se sair melhor do que você ao realizar determinada tarefa, certamente precisa trabalhar para melhorar a autoestima. Psicólogos orientam para a necessidade de interromper a comparação com terceiros — a prática é não apenas destrutiva, mas também se baseia em falsas deduções.

7. Não querer experimentar coisas novas por medo de falhar

O indivíduo com baixa autoestima tem muito medo de falhar. Por isso, ele tende a preferir seguir caminhos já trilhados em vez de experimentar coisas novas. Gente assim costuma ser extremamente sensível, e erros que outras pessoas considerariam menores ganham a capacidade de reduzir ainda mais a já debilitada autoconfiança.

Em sua opinião, que outros comportamentos podem revelar que determinada pessoa tem baixa autoestima? Comente!

Compartilhar este artigo