Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

15 Incoerências e erros de continuação em Harry Potter que quase ninguém notou em 20 anos

3-14
28k

Até mesmo uma grande franquia como a saga “Harry Potter” não está isenta de incoerências e erros de continuidade. Alguns erros foram cometidos pela própria autora, como, por exemplo, a gafe associada ao Vira-Tempo, que muitos fãs consideram a invenção mais infeliz do mundo mágico. Mas uma grande parte dos “buracos” no enredo surgiu a partir dos filmes, que, por vezes, focaram mais no efeito visual do espetáculo do que na harmonia entre os fatos da história.

Nós, do Incrível.club, ficamos sinceramente surpresos de nunca termos notados tais erros antes. Não se preocupe, vamos compartilhar nossos achados com você: ou será que você percebeu? No bônus, você vai finalmente descobrir o que Neville esqueceu na cena do Lembrol vermelho. Acompanhe!

Por que as regras de segurança de Hogwarts são tão estranhas?

Os heróis da saga disseram diversas vezes, ao longo de todos os anos, que Hogwarts era o lugar mais seguro de todo o mundo mágico. Realmente... afinal, os estudantes só praticam esportes perigosos, participam de competições mortais e lutam com monstros e magia negra.

Mas, no que diz respeito à visitação de um vilarejo inofensivo, as regras são mais rígidas do que nunca: ninguém pode ir a Hogsmeade sem a permissão dos pais ou de um tutor. Mas por que, então, não se exige o consentimento dos adultos para as crianças participarem, por exemplo, do Torneio Tribuxo? Isso seria, no mínimo, lógico.

Por que Harry vai para a escola de magia um mês antes do início do ano letivo?

Poucas pessoas notaram essa incoerência temporal no primeiro filme. Hagrid leva Harry para longe dos Dursley no aniversário do rapaz, ou seja, no dia 31 de julho. Os dois seguem, então, para o Beco Diagonal, onde Hagrid compra uma coruja para Harry, como presente de aniversário de 11 anos. Isso significa que ainda era o mesmo dia. Logo depois, o guarda entrega o bilhete de trem para o menino, que encontra a plataforma ¾ com a ajuda de Rony e ambos vão para Hogwarts. Mas o dia continuou sendo o mesmo, 31 de julho.

No livro não há essa incoerência: após a visita de Hagrid e as compras no Beco Diagonal, Harry volta para a casa dos Dursley por mais um mês antes de ir a Hogwarts.

Por que Harry não vê os Testrálios após matar Quirrell?

Um dos grandes descuidos de continuidade, totalmente infeliz, é quando mostram a morte de Quirrell. Primeiro, Harry mata deliberadamente seu professor, que se desfaz em cinzas na sua frente. Se ignorarmos o aspecto moral de que um menino de 11 anos acabou de cometer um homicídio premeditado, ainda assim restam muitas perguntas. Por exemplo, por que Harry não passou a ver os Testrálios após a morte de Quirrell, já que só pode ver as criaturas mágicas quem testemunhou a morte? Novamente, os eventos descritos no livro não criam a mesma situação ilógica: Harry não mata Quirrell, mas apenas luta com ele e depois perde a consciência e não vê o momento exato da morte do professor.

Como é que os professores souberam que Basilisco tinha levado exatamente Gina?

Quando os professores veem a inscrição na parede: “O esqueleto dela ficará para sempre na Câmara”, eles imediatamente informam que o monstro havia raptado Gina Weasley. Mas até então eles não haviam feito qualquer verificação dos estudantes e também não havia qualquer informação adicional na parede. Então como os professores descobriram que era Gina que estava na Câmara?

Por que Lucius Malfoy levou Dobby para Hogwarts?

Os elfos domésticos são como um patrimônio familiar, devem servir o lugar do qual fazem parte e não podem sair de lá sem a autorização de seus donos. É evidente que nessa cena, Malfoy ordenou a Dobby que fosse ao castelo com ele, mas por quê? Aparentemente, somente para Harry libertá-lo.

Por que os concorrentes que falharam em um dos desafios não foram retirados do Torneio Tribuxo?

As regras do torneio não eram muito piedosas. Se um determinado concorrente falhasse em um dos desafios, não poderia continuar nos próximos. Mas, quando Fleur Delacour, da Academia Beauxbatons, falhou no segundo desafio, ela continuou no torneio. Se fosse assim, então algum concorrente poderia simplesmente não participar dos primeiros desafios e apenas começar atrasado no último, o labirinto. Além disso, todos os concorrentes tinham os mesmos obstáculos.

Como funciona o Portal do Cálice?

Normalmente, após o uso do Portal, este deveria perder suas propriedades de teletransporte e não teria mais funcionalidade. No 4º livro, a autora menciona que, depois que os bruxos chegaram à Copa Mundial de Quadribol, os portais os enviaram para uma caixa especial de portais usados.

Por que o Cálice de Fogo não deixou de ser um portal depois de transportar os meninos para o cemitério? Por que ele leva Harry e Cedric de volta, mas não para o labirinto e sim para fora dele? E por que, logo depois disso, ele perde suas funções? Em uma das cenas seguintes, pode-se ver claramente como Cornelius Fudge pega o Cálice nas mãos. Seria engraçado se o ministro fosse transportado para o lado de Voldemort.

Por que a casa da família Black, que é orgulhosa por ser puro-sangue, fica localizada em um bairro trouxa de Londres?

A família mágica dos Black sempre se orgulhou de ser “puro-sangue” e de desprezar as pessoas comuns. Então por que a residência da família fica localizada em um bairro de trouxas em Londres e ainda entre duas casas de trouxas? Pode ser que algum antepassado dos Black não tenha sido assim tão “puro” ou a vontade de morar em Londres simplesmente foi maior do que todos os preconceitos.

Como Dumbledore não conseguiu adivinhar que Voldemort tinha criado Horcruxes?

O filme “Harry Potter e o Enigma do Príncipe” não foi muito feliz em representar o momento em que os heróis (Dumbledore e Harry) descobrem sobre as horcruxes. Dumbledore disse a seguinte frase: “Eu nunca poderia imaginar isto”. Mas ele já tinha visto o diário das horcruxes e definitivamente sabia para que elas serviam.

No livro não há essa incoerência: a informação mais importante que Dumbledore descobre na pensadeira não é o fato em si de que Voldemort havia criado horcruxes, mas sim a quantidade delas, o que faz muito mais sentido.

Por que foi Pettigrew, e não Dumbledore ou o próprio James se tornou o guardião secreto da casa dos Potter?

De acordo com os livros da saga, sabemos que apenas o proprietário pode se tornar o guardião secreto de sua própria casa. Por exemplo, Arthur Weasley era o guardião da Toca e do Chalé das Conchas, respectivamente. Por que, então, o guardião secreto da casa dos Potter não era o próprio James, Lily ou Dumbledore, que certamente não revelariam o endereço para Voldemort?

De acordo com uma teoria, isso foi armado pelo próprio Dumbledore. Ele aconselhou especificamente os Potter a fazer de Pettigrew o guardião, sabendo que ele trairia os amigos, que morreriam nas mãos de Voldemort. Mas isso daria início à derrota do próprio Voldemort.

Como James e Sirius estavam vestindo o uniforme de Grifinória?

Em uma cena, logo após a cerimônia de seleção do chapéu, Lily estava sentada na mesa entre Sirius e James. Ela vestia o uniforme clássico da escola de magia, mas os meninos vestiam os uniformes com as gravatas e símbolos de Grifinória. Mas eles ainda eram do primeiro ano e tinham acabado de ser selecionados para as casas das quais fariam parte. Portanto, não tinham recebido ainda seus respectivos uniformes.

Por que Lily e James foram assassinados por um Voldemot “sem nariz”?

O filme “Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte II” mostra que, ao matar os pais de Harry, Voldemort chega em Godric’s Hollow já em sua forma sem nariz. Na verdade, ele ficou assim somente depois de renascer, mas no momento da morte dos Potter ainda deveria ter um nariz.

Por que Harry sentiu o medalhão de Umbridge apenas na sala de audiência?

Quando Harry e Hermione, disfarçados de funcionários do ministério, se encontraram no tribunal, Potter disse que conseguia sentir o medalhão, que estava pendurado no pescoço de Umbridge. Mas os personagens tinham acabado de descer juntos no elevador e estavam ainda mais próximos um do outro. Por que Harry não sentiu o medalhão ainda no elevador e roubou-o ali mesmo, evitando assim fazer aquela cena toda na frente de todos?

Por que os personagens não têm a mesma cor dos olhos?

Imediatamente após o lançamento do primeiro filme, os fãs reclamaram repetidamente sobre a cor dos olhos de Harry Potter — Daniel Radcliffe tem olhos azuis, não verdes, como deveria ser. Pois assim que os espectadores aceitaram essa pequena divergência, os diretores resolveram filmar uma atriz mirim de olhos castanhos, fazendo o papel da pequena Lily, que devia ter os olhos azuis. Como, depois disso, justificar o fato de que Harry tinha os olhos da mãe?

A propósito, se fosse assim, Tom Felton também tem os olhos azuis e poderia ter interpretado o personagem de Harry com possivelmente o mesmo sucesso, se apenas tivesse os cabelos tingidos.

De onde surgiu a roda gigante “London Eye” no filme?

Em uma das cenas do oitavo filme, dá para ver a roda gigante de Londres conhecida como “London Eye”. É uma atração bastante famosa, mas a maioria dos britânicos sabe que ela foi inaugurada apenas em 2000. E os eventos do oitavo filme, como se sabe, aconteceram em 1997.

Os fãs irritados notaram ainda mais algumas dessas incoerências. Por exemplo, durante o sexto filme, ainda não havia a tal ponte que depois foi destruída por Voldemort, entre outras estruturas. Também há erros de continuidade com marcas de carros, por exemplo.

Bônus № 1: erros gráficos

Não teríamos como deixar de mencionar os erros de imagens gráficas. No primeiro filme, quando Oliver Wood está mostrando a Harry a menor das bolas de Quadribol, ele está olhando para todos os lugares, menos para o pomo de ouro. No quarto filme, as gêmeas Patil parecem não ter decidido qual das duas teria a aranha andando pelo corpo. Quando a imagem da aranha está na mão da menina da esquerda, a sua irmã mexe as mãos como se estivesse tentando se livrar de algo “imaginário”.

Os espectadores mais atentos certamente notaram que, em certas cenas, eram os dublês que estavam interpretando. O primeiro filme mostra Hagrid e Rony desta forma. No terceiro filme, na cena com Boggart, podemos ver o dublê de Daniel Radcliffe.

E aqui podemos notar outro erro relacionado com o Vira-Tempo. Na mesma cena que os heróis ficam preocupados duas vezes, o vaso se quebra de forma diferente.

Bônus № 2: O que foi que Neville esqueceu?

Ao contrário do livro, o filme explicou exatamente o que Neville havia esquecido quando seu Lembrol ficou vermelho. Nesta imagem podemos ver que todos os estudantes estão sentados à mesa com o uniforme completo e somente Neville não está usando uma capa. Aqui está a resposta que muitos leitores procuraram no livro “Harry Potter e a Pedra Filosofal”.

Você notou algum outro erro de continuação que não mencionamos? Se sim, não deixe de comentar!

3-14
28k
Compartilhar este artigo