O mistério da montanha que ’põe ovos’

Curiosidades
há 6 meses

A parte mais fria do nosso planeta, a Antártica, continua nos surpreendendo. Dê uma olhada na chamada Cachoeira de Sangue. A água avermelhada cai pelo gelo branco. Os cientistas concluíram que a cor está relacionada ao ferro. A água proveniente da geleira oxida e enferruja quando exposta ao oxigênio, originando a cor vermelha.

Suba no Monte Gandeng. Ele “põe ovos”! Bem, talvez não sejam reais, mas as pedras certamente parecem ovos de dinossauros. É por isso que a montanha tem essa fama! Os ovos de pedra — vamos chamá-los assim — se formaram em uma parte da montanha há mais de 500 milhões de anos. Curiosamente, esse fenômeno se repete uma vez a cada 30 anos. Eles surgem em vários tamanhos e tonalidades. As pedras aparecem na superfície do penhasco. Um estudo feito na área revelou que a composição das pedras da falésia não se parece com as outras partes da montanha. Aqui, as rochas calcárias são predominantes e mais propensas à erosão, amadurecem dia após dia. Levou três décadas para as pedras adquirirem a forma de ovo. No entanto, ainda é um mistério como essas formações rochosas podem ser tão perfeitamente esféricas e lisas. Segundo os cientistas, os ovos de pedra têm um núcleo orgânico, feito de conchas, restos de plantas, dentes de peixes e esqueletos. Talvez essa seja a explicação.

O vilarejo de Gulu fica perto dos ovos de pedra, os quais os moradores acreditam que são sagrados e os associam à boa sorte. Na verdade, quase todas as famílias têm um desses ovos em casa. Infelizmente, existem apenas cerca de 70 restantes, então se quiser vê-los, você precisa se apressar!

A Estrutura de Richat é um fenômeno geológico circular no deserto do Saara, perto da Mauritânia. Ela é feita de rochas em camadas, que se parecem muito com anéis. Não é de admirar que essa estrutura única tenha chamado a atenção da NASA! Do céu, a forma geológica parece estar girando e girando. Os cientistas ainda não têm certeza de como esses anéis foram parar lá. Alguns dizem que foi o impacto de um asteroide. Outros acreditam que foi um processo geológico natural. Para eles, a Estrutura de Richat é uma cúpula elevada e erodida. Os geólogos costumam classificá-la como um “anticlinal abobadado”. Os cientistas descobriram que as rochas no centro são mais antigas do que as externas em forma de anel. Então, parece que todas foram erodidas em camadas de pedras planas. De qualquer forma, não há explicação válida para esse fenômeno e o mistério de 45 quilômetros do Saara ainda precisa ser resolvido.

O número 4 é o Rapa Nui, ou Ilha de Páscoa. É, os dois nomes são válidos. O local foi descoberto por Jacob Roggeveen, que na verdade nunca teve a intenção de procurá-lo. Ele casualmente foi parar lá em um domingo — é daí que vem o nome. Jacob deveria encontrar a Terra Australis, que, atenção, não é a Austrália. Ela nunca existiu e não passava de um continente hipotético. Além disso, ele queria espiar a Davis Land, que se acreditava ter sido vista pelo pirata Edward Davis. Jacob falhou nisso também — embora ninguém jamais tenha visto aquela ilha, exceto o pirata. Jacob pode ter falhado em encontrar algumas terras que queria, mas descobriu a Ilha de Páscoa em vez disso! Esta é uma ilha e território especial do Chile, localizado no sudeste do Oceano Pacífico. Está na minha lista porque quase 1.000 estátuas de pedra chamadas moai foram encontradas lá. Elas foram criadas pelo povo Rapa Nui. Quase todas representam cabeças gigantescas, mas também há um pequeno número de figuras ajoelhadas com as mãos sobre o estômago. Cada estátua representa chefes ou outros membros importantes da sociedade da Ilha de Páscoa. Para curvá-las, os moradores usaram pedras vulcânicas que foram moldadas.

A próxima parada é a porta de entrada para o submundo. Ah, não se preocupe, é assim que as pessoas rotulam a Cratera de Gás Darvaza, no Turcomenistão. Essa gigantesca cratera de gás natural existe há 5 décadas e está continuamente queimando gases. O presidente do país quer que especialistas encontrem uma maneira de extinguir esse poço de fogo contínuo. O local foi criado acidentalmente por pessoas em 1971 enquanto elas trabalhavam em um projeto de gás natural. Desde então, as chamas estão acesas e se tornou uma atração turística.

Às vezes, construções misteriosas também são feitas na nossa época. Não precisamos procurar civilizações distantes de milhares de anos atrás. Edward Leedskalnin construiu sozinho uma estrutura chamada Castelo de Coral, em Homestead, na Flórida. Ele não usou nenhuma máquina grande, então entalhou e esculpiu mais de 1.100 toneladas de rocha de coral durante 28 anos, até 1951. É um mistério como ele conseguiu fazer tudo sozinho. Leedskalnin esculpiu diferentes objetos na rocha sedimentar, como paredes, mesas, cadeiras, uma fonte e um relógio de sol.

Existe, é claro, uma lenda por trás desse mistério também. Ele teve a inspiração para construir a estrutura depois de ser abandonado por sua noiva no dia do casamento. Ô-ou, noiva em fuga! O cara queria provar seu amor para ela e para o mundo, então quis fazer algo extraordinário. Bem, o cara definitivamente acertou em cheio!

Vamos falar um pouco sobre o mistério dos Círculos de Fadas da Namíbia. Existem milhões de manchas circulares em centenas de quilômetros, que variam de 3 a 20 metros de diâmetro. Elas têm esse nome porque parece que uma fada ou uma criatura de outro mundo as fez. Estas são áreas de solo essencialmente ovais cercadas por grama.

Existem muitas crenças locais em torno de quem fez essas marcas. No entanto, a ciência diz outra coisa. Biólogos e matemáticos estão intrigados com o mistério dos círculos de fadas da Namíbia há décadas. Há mais de uma teoria para explicar esse fenômeno. Aqui está uma popular: a água é limitada no deserto, então as plantas competem para chegar até ela. Algumas se expandem e prosperam em um canteiro, mas as menores próximas não conseguem obter a água necessária para viver. Ao final, parte da vegetação desaparece e as restantes ficam nas bordas da mancha. É por isso que formam espaços distanciados tão regulares.

E se eu lhe disser que há uma colina na cidade de Leh, na Índia, onde, em vez de rolarem para baixo, as coisas sobem? É uma ilusão de ótica. A estrada parece uma colina inclinada por causa de suas paisagens circundantes. No entanto, a estrada na verdade desce. Essas espécies de colinas são chamadas de magnéticas ou de gravidade. As explicações científicas variam. A teoria mais comum diz que a força magnética é tão forte que pode puxar carros nas proximidades.

Que tal ver algumas rochas flamejantes? As Yanartaş estão espalhadas por uma área de mais de 7 km². O local está localizado em uma montanha rochosa no sudoeste da Turquia, perto da cidade de Çıralı. As Yanartaş receberam o nome devido à aparência delas — o significado literal é “pedras flamejantes”. As rochas estão em chamas há pelo menos 2.500 anos e provavelmente continuarão queimando nas próximas décadas. A montanha onde estão é um vulcão inativo, então está cheia de pequenas fumarolas que liberam gases como o metano. Ele inflama em contato com o oxigênio e cria o efeito flamejante. Ah, e a propósito, antigamente os marinheiros usavam as chamas como um farol natural, pois fica bem perto do mar. No entanto, hoje são mais uma atração turística. Os trilheiros também adoram!

Agora caminhe no lago congelado Abraham, no Canadá. No inverno, a água congelada fica cheia de bolhas de gelo. Parece mágico, mas essas bolas brancas não são tão seguras, porque consistem em gás metano inflamável. Ugh. A beleza pode enganar!

A próxima parada é em Racetrack, em Death Valley, nos EUA. Há um leito de um lago seco com rochas que se movem. Essas pedras estranhas parecem ter sido empurradas ou arrastadas por alguém ou alguma coisa. Elas deixam um rastro e um mistério para trás. O fator que causa isso agora é compreendido. E, surpresa, é o vento! Além de um pouco de gelo. Os cientistas dizem que o vento empurra as rochas quando o solo está coberto de gelo.

Não posso deixar de observar que muitas coisas misteriosas na Terra envolvem pedras ou rochas. Ou metano. Qual desses fenômenos é o seu favorito?

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados