A história de Tatá Werneck e Rafa Vitti prova que a diferença de idade não significa nada quando há sintonia e admiração

Gente
há 1 ano

Dividir a vida, as responsabilidades e, principalmente, a criação de um ser humano não é tarefa fácil para ninguém. Imagine então fazer tudo isso com a vida altamente exposta. Essa é a realidade de muitas celebridades que adoramos. Algumas delas, no entanto, provam que é possível driblar essas adversidades quando existe muito amor e bom humor envolvidos!

Nós, do Incrível.club, te convidamos a conhecer a história de amor entre Tatá Werneck e Rafa Vitti, que prova que o bom humor é fundamental para a construção de uma relação saudável e bonita.

O encontro

Tatá Werneck e Rafael Vitti formam um dos casais mais queridos entre as celebridades brasileiras. Juntos há 5 anos e casados desde 2019, o casal protagoniza muitos momentos verdadeiramente fofos — e bem-humorados — nas redes sociais. Mas nem sempre foi assim, Tatá e Rafa esperaram cerca de dois meses até decidirem expor o namoro ao público. Os empecilhos eram apenas dois: Rafa era superfã de Tatá, e Tatá tinha dificuldade em namorar alguém bem mais novo do que ela. Mais precisamente, doze anos.

Uma vez superada a resistência de Tatá e o receio de Rafa, a diferença de idade entre eles virou motivo de muita especulação e comentários maldosos, mas isso parou de afetar o casal, que trata esse fato como qualquer outro. “Demorei muito a admitir que estava apaixonada por ele. Percebi que eu tinha preconceito de namorar um cara mais novo. Eu terminava com ele sempre, até que eu descobri que estava com medo de assumir um amor que já existia”, revelou Tatá, durante participação no quadro Arquivo Confidencial, do Domingão do Faustão.

Os dois se conheceram por intermédio do ator Gabriel Louchard, amigo em comum, que contracenava com Rafa na novela Rock Story. “Um dia ele estava falando com a Tatá no telefone, eu vi que era ela, e falei: ’Nossa, eu sou muito fã dela! Deixa eu mandar uma mensagem pra ela?’ Aí eu mandei, falando: ’Oi Tatá! É o Rafa aqui. Tô trabalhando com o Gabriel, sou muito seu fã. Acho você linda!’ Mandei assim. Aí ela respondeu uma coisa engraçada tipo: ’Não vejo a novela, mas também te curto’. De acordo com ela, ela não estava a fim não, mas foi bom, porque eu achei que ela estava, então eu pude tomar alguma atitude”, contou Rafa, no Altas Horas. De acordo com o ator, desde o dia em que se beijaram pela primeira vez, não se desgrudaram mais.

O casamento

Quem pensa que casamento de celebridade precisa ter uma festa de arromba pode se surpreender com a singeleza e simplicidade do casamento de Tatá e Rafa. No sofá de casa, com a roupa que usavam no dia e na presença de poucos amigos: assim eles oficializaram o “sim”! Gabriel Louchard, o amigo em comum que, indiretamente, foi o responsável por juntar o casal, foi o padrinho. “Acabei casando com a única roupa que estava cabendo em mim naquele momento. Rafa não tem desculpa. Não se arrumou mesmo”, brinca Tatá, com seu bom humor característico.

Assim como todo relacionamento, o casal já enfrentou dificuldades, mas mostra sintonia e cumplicidade em todos os momentos. “Para estarmos juntos hoje, tivemos que passar por muitas provações. Não existe relação em que você vai se entender 100% com a pessoa, mas temos uma cumplicidade, e isso é difícil de achar. Hoje em dia, é muito fácil desistir na primeira rusga, mas nos amamos e queremos ficar juntos. Temos nossas questões, nossos problemas, discutimos, mas queremos fazer dar certo. Se precisar, cada um vai para o seu canto na casa. Mas, quando conseguimos transpor os problemas, vamos ficando mais fortes”, disse o ator, provando que maturidade é um dos ingredientes de uma relação saudável.

A construção da família

Dois anos após o início do relacionamento, o casal anunciou que esperava a primeira filha. No entanto, a gravidez de Tatá não foi nada fácil. Ela apresentou um quadro conhecido como hiperêmese gravídica, condição rara que provoca enjoos fortíssimos ao longo de toda a gestação. “Cheguei a passar mal 30, 40 vezes em um único dia”, contou Tatá.

Rafa, como um bom companheiro, esteve ao seu lado durante todo o tempo, demonstrando carinho, amor e dando apoio. “Obrigado por ser tão forte! Tão única! Tão potente! Obrigado por me amar e aceitar ficar comigo lá atrás. Obrigado pelo maior presente da minha vida. Daqui a sete anos estaremos nós três novamente reproduzindo essa mesma foto, só que nossa filha já vai ter o seu tamanho”, escreveu Rafa, provando que o bom humor também é um traço de sua personalidade.

Logo que a família aumentou, Tatá e Rafa compartilharam o amor e felicidade que sentiam nas redes sociais, contagiando os fãs e proporcionando diversos momentos de verdadeira fofura! A pequena Clara Maria chegou e selou ainda mais a parceria, cumplicidade e amor que existe entre os pais, que não poupam elogios um ao outro e declarações à primogênita.

“No fim das contas, se relacionar é isso: um ser o apoio do outro nos momentos onde a gente só pensa em desistir. Obrigado por ser essa luz nas nossas vidas. Clara tem sorte de ser sua filha, exemplo de determinação, força, fé, justiça, generosidade e caretas. Você é muito, meu amor.
Começamos a namorar por acaso, e nem a gente acreditava que era possível. E hoje temos nossa família”, derrete-se o ator.

Tatá também não poupa declarações ao amado. “Eu olho para trás e vejo o quanto evoluímos juntos. O quanto nos transformamos. E o quanto você desperta meu melhor lado. A nossa paz não vem depois do conflito. O riso não vem depois do choro. Com você, primeiro vem a paz. Vivemos em paz. Paz potente, pulsante. A gente sabe se divertir. Sabe estar junto. Sabe estar separado. E sabe brigar e fazer as pazes no mesmo dia. Com respeito. Com amor. Isso é o mais importante. Eu amo seu senso de humor. Seu coração gigante. Sua generosidade e gentileza com qualquer pessoa! E eu acho a sua cara uma das coisas mais maneiras que eu já vi a olho nu. É como acordar com vista pro mar. Eu continuo não acreditando em conto de fadas. Mas é muito bom viver a realidade ao seu lado”.

A atriz e apresentadora reflete sobre o início do relacionamento com o companheiro: “Achei meu amor no meio do julgamento dos outros. Que criticavam amar um homem 12 anos mais novo. Achei meu amor no meio de um monte de medo. Achei meu amor porque reconheci nele o que eu mais queria: paz. Às vezes a gente cai no conto do amor que machuca. Que aprisiona. Que limita e que faz sofrer. Isso não é amor, é machucado, prisão, limitação e sofrimento. Amor é paz. É crescer junto! É vibrar pelo outro. É ter apoio. (...) A gente ri muito o tempo todo. E é se divertindo com nada que a gente descobre que tem tudo! Te amo! Parei de pensar no amor para sempre pra viver o amor de todos os dias”, se declara Tatá.

Que o amor, companheirismo e respeito entre Tatá e Rafa cresça cada vez mais e continue inspirando os fãs! Você já teve a sorte de viver um grande amor? Se sim, conte sua história nos comentários.

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados