Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Cansado de um urso ladrão, apicultor na Turquia decide transformá-lo em degustador de mel

É inevitável não lembrar do Ursinho Pooh quando pensamos em um urso comendo mel. Mas não foi exatamente essa a imagem que veio à cabeça de um apicultor turco. Cansado de um urso que roubava parte de sua produção, ele decidiu transformá-lo em um degustador profissional.

Hoje, o Incrível.club traz a história de uma pessoa que conseguiu transformar uma situação problemática em uma grande oportunidade.

Um problema feroz e faminto

Ibrahim Sedef é um engenheiro agrícola em Sürmene, região no noroeste da Turquia conhecida principalmente pelo artesanato. A região também é conhecida por produzir um mel supersaboroso e aromático chamado Anzer, talvez o melhor do mundo.

Ibrahim produz esse mel há algum tempo, mas recentemente precisou enfrentar um grande problema: Big Boy, um urso que estava comendo as suas colmeias. A situação deixou os moradores locais bastante preocupados, principalmente porque eles não queriam machucar o animal.

Ibrahim Sedef limpando o desastre causado pelo urso.

Cansado de perder mel e de ver a sua família ser ameaçada, Ibrahim decidiu fazer algo a respeito. Em primeiro lugar, seguiu os movimentos do animal, colocando câmeras de visão noturna para ver exatamente o que ele fazia com as colmeias.

Se não pode lutar contra o seu inimigo, use-o em seu favor

Dia após dia, as câmeras registraram o urso roubando mel. Ibrahim não sabia muito bem o que fazer, até que teve uma grande ideia: usá-lo como degustador.

Ele começou construindo uma mesa que resistisse ao peso do urso. Colocou sobre ela recipientes com diferentes tipos de mel: o delicioso Anzer, mel de castanha, mel de flores, marmelada de cereja e outras frutas. Os recipientes tinham etiquetas que serviam como identificação na gravação no escuro.

Na primeira noite, Big Boy cheirou as diferentes opções e decidiu ficar com o mel Anzer. Quando terminou, decidiu experimentar o resto. Para ter certeza de que o urso seria um bom degustador, Ibrahim continuou realizando testes com diferentes tipos de mel, sempre trocando a ordem dos recipientes. O resultado foi sempre o mesmo: Big Boy sempre ia primeiro no Anzer.

O exigente paladar do urso comprovou que Anzer tem uma qualidade superior e por isso vale o preço de mel mais caro do mundo: meio quilo pode custar até 175 dólares. O custo é tão elevado porque ele tem propriedades curativas, sobretudo para doenças respiratórias, com mais vitamina C do que qualquer outro tipo de mel.

Ibrahim Sedef mostra com orgulho suas colmeias de Anzer.

Big Boy se transformou em um aliado de marketing e ajuda Ibrahim a avaliar a qualidade do mel. Se quiser, confira o vídeo da reportagem no canal de televisão turco DHA.

Bônus: por que os ursos comem mel?

Os ursos são animais onívoros e comem o que estiver à disposição. Os ursos polares comem principalmente gordura e carne de outros animais, como focas. Os outros ursos têm uma alimentação mais variada que inclui vegetais, insetos, peixes, carnes e, obviamente, mel.

Mas o mais importante nas colmeias para os ursos não é o mel, são as abelhas e as larvas dentro delas, uma importante fonte de gorduras e proteínas. Claro que as abelhas fazem o possível para se defenderem, picando, sobretudo, o rosto dos ursos, mas é muito difícil penetrar a sua pele e eles acabam as sacudindo como se fossem gotas de água.

O que você teria feito se estivesse no lugar de Ibrahim? Como você encararia um animal de 500 kg? Compartilhe a sua opinião nos comentários.