O que pode acontecer com seu corpo quando você passa a ir para a cama às 22h

Kim Kardashian, Anna WintourOprah Winfrey têm uma coisa em comum: elas dormem às 22h. Pelo visto, essas mulheres sabem das coisas, já que dormir cedo pode proporcionar benefícios ao corpo e à mente. Talvez nem seja uma grande surpresa saber que pessoas tão bem-sucedidas quanto as citadas acima encerram o dia tão cedo, já que precisam estar prontas para o dia seguinte.

Depois de fazer algumas pesquisas, o Incrível.club mostra por que tanta gente tem ido para a cama mais cedo, listando motivos pelos quais você também pode começar a pensar em fazer o mesmo.

Aproveitamos o máximo do sono

Nosso sono é dividido em ciclos leves e pesados de 90 minutos, indo da fase não-REM para a fase REM (a sigla “REM” vem do inglês, rapid eye movement, ou movimento rápido do olho). A fase mais profunda e reparadora do sono acontece entre às 22h e 2h da manhã. Logo, para se sentir mais descansado, é preciso ir para a cama mais perto do início do ciclo.

Além disso, um estudo revelou que dormir mais cedo e por mais tempo evita que tenhamos pensamentos negativos e preocupantes, daqueles capazes de causar insônia. Mais um motivo para cair nos braços de Morfeu às 22h!

O corpo consegue manter uma melhor forma

Quando estamos na fase profunda do ciclo do sono, nosso corpo entra em processo de autorecuperação ao produzir hormônios ligados ao crescimento e à reparação. Crucial, essa atividade garante que estejamos em nossa melhor forma no dia seguinte, algo especialmente útil para os praticantes de atividades físicas.

Os níveis de estresse tendem a cair

Não dormir o suficiente pode provocar estresse em decorrência dos altos índices de cortisol, o “hormônio do estresse”, no organismo. Em excesso, o cortisol provoca ansiedade, podendo afetar nossa saúde. Mas quando passamos a ir para a cama mais cedo, acabamos dormindo por períodos mais longos, o que ajuda no controle do nível de cortisol.

A prática faz com que nos sintamos recarregados ao longo do dia, graças ao descanso proporcionado ao corpo e à mente por uma boa noite de sono!

Os riscos de adoecer diminuem

Diversos estudos têm mostrado que quem dorme mais cedo é mais saudável em comparação com aqueles que trabalham no turno da noite ou gostam de passar a noite acordados. Indivíduos que não conseguem dormir bem o suficiente apresentam maior chance de sofrer com doenças como diabetes tipo 2, problemas cardíacos e hipertensão.

Os pesquisadores descobriram também que a fase do sono profundo, entre 22h e 2h da manhã, é muito importante para as nossas células imunológicas. Aqueles que não haviam dormido profundamente apresentaram menor resposta de anticorpos contra vírus. Assim, essas pessoas podem ficar doentes mais facilmente.

A pele não envelhece precocemente

Segundo um estudo, as pessoas que inevitavelmente dormem menos, têm maiores chances de desenvolver o envelhecimento precoce. Pois, com o avançar da idade pode ocorrer naturalmente a perda de qualidade do sono — o que pode ocasionar consequências físicas que notoriamente aceleram o envelhecimento. Assim sendo, conforme o ciclo do sono durante a noite vá perdendo sua vitalidade gradualmente e o processo metabólico não seja feito mais de maneira apropriada, há maiores chances de rugas, manchas e traços físicos aparecerem mais facilmente na pele.

Controlamos melhor nossas emoções

Estudos indicam que os indivíduos que dormem o suficiente tendem a ser mais felizes. Já quem não o faz geralmente apresenta mais instabilidade emocional, uma vez que fica com dificuldade para lidar com as sensações. Além disso, dormir mais cedo pode significar acordar antes, algo importante para quem precisa tomar sol para produzir serotonina, hormônio associado ao bem-estar.

Ficamos capazes de entender melhor as emoções alheias

Uma pesquisa apontou que perder uma boa noite de sono torna mais difícil a tarefa de identificar emoções como felicidade e tristeza. De acordo com o estudo, sinais mais sutis de emoções passaram despercebidos, o que indica ser quase impossível registrar tais pistas para dizer se uma pessoa está ou não sendo sincera.

Por outro lado, sensações como raiva e medo foram facilmente percebidas. Isso talvez aconteça por se tratarem dos nossos instintos mais primitivos, baseados na necessidade de sobrevivência e compreensão do perigo.

A que horas você costuma ir para a cama? De quantas horas de sono precisa para se sentir revigorado no dia seguinte? Deixe um comentário contando sobre sua rotina de sono!

Observação: Este artigo foi atualizado em Setembro de 2021 para corrigir o material de origem e/ou imprecisões factuais.
Imagem de capa megija / Depositphotos
Compartilhar este artigo