Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 Dicas para ensinar às crianças o respeito e o amor aos animais

3--4
274

Existem crianças que parecem ter nascido com a noção de respeito à vida animal. Elas se dão muito bem com os mascotes de casa, nunca os maltratam e, em troca, recebem dos amigos de quatro patas a mesma dose de amor. No entanto, essa cena “idílica” não ocorre em todos os lares... as crianças pequenas, sobretudo as menores de 2 anos, costumam ser mais brutas com os bichinhos porque ainda não sabem como dosar a própria força. Por isso, é importante que os pais ensinem desde cedo seus pequenos com base em conselhos simples que podem mostrar que um pet não é brinquedo, e sim um ser vivo que merecer ser cuidado com amor. E esse é um aprendizado para a vida toda.

Incrível.club acredita que seja importante ensinar às crianças pequenas como lidar com os bichos. Se você tem filhos, fique atento a estas dicas.

1. Dê o exemplo

As crianças aprendem as condutas dos pais. O primeiro passo para ensinar os filhos a amarem e respeitarem a vida animal é dando o exemplo. Se você é responsável com os bichinhos, se os trata como se fossem membros da família, os pequenos farão o mesmo. Mas o exemplo tem de ser dado a todo momento. Não adianta nada mostrar ao filho que não se pode empurrar o gato do sofá se você depois se esquece de alimentá-lo.

2. Leve-o ao zoológico ou a fazendinhas

Às vezes, ter um animal quando se vive em uma casa pequena ou um apartamento é complicado. Se é esse o seu caso, você pode ensinar seus filhos a amarem os animais levando-os os finais de semana ao zoológico ou a alguma fazendinha próxima com animais com coelhos, galinhas e cavalos. Dessa maneira, as crianças poderão ver de perto como os diferentes animais devem ser tratados, não importando a espécie.

3. Conte-lhes sobre animais

A hora do conto é uma das preferidas da maioria das crianças pequenas. Você pode aproveitar essa oportunidade para ler alguns contos sobre animais reais. Complemente essa atividade escolhendo programas de televisão infantis com conteúdos sobre bichos. É uma boa forma de ensinar que os animais têm necessidades como as nossas, que sentem dor e alegria.

4. Dê ao seu filho um bichinho de pelúcia

Muitas crianças que padecem de algum tipo de alergia não podem ter bichinhos de verdade, como gatos e cachorros. Nesses casos, um animal de pelúcia é uma boa ideia para mostrar-lhes respeito e bondade. A criança pode escolher e cuidar como se fosse real.

5. Elogie as ações positivas com animais

Dica simples, mas muito eficiente. Se você vê seu filho acariciando um animal, elogie-o. Não precisa ser muito efusivo, porque a intenção não é assustar. Por outro lado, se vir o pequeno cometendo alguma maldade, mesmo que não tenha consciência disso, aja como um adulto: separe a criança da situação e não se desgaste em um longo sermão. Diga “NÃO” com firmeza, e, na primeira oportunidade, mostre com exemplos como deve-se tratar o bicho.

6. Ensine-o o que é preciso fazer se seu bichinho se comporta mal

O bicho tem direito de estar de mau humor de vez em quando. Se ele não tem vontade de ser incomodado ou reage mal, ensine ao seu pequeno como lidar com a situação para que não seja mordido ou arranhado, por exemplo. Você pode utilizar seu animal de pelúcia para mostrar-lhe o que fazer caso o cachorro rosne ou o gato queira atacar. E, claro, o melhor é ficar quieto e esperar que o animal se distancie. Nunca use violência. Lembre-se: você é o ser humano adulto. Mantenha a paciência ao lidar com esse jogo entre crianças e animais.

7. Estabeleça um local seguro para seu animal

Certifique-se de ter um lugar onde seu mascote possa descansar, longe das mãozinhas travessas de seu filho. Uma dica simples é separar a área do bebê da do animal com grades de proteção para bebês e pets adquiridas em qualquer loja ou site especializado. Isso delimitará os ambientes e seu bichinho terá seus momentos de paz, assim como você, que não terá de mediar o tempo todo a relação entre animal e criança.

8. Envolva as crianças no cuidado com o bichinho

Comece desde cedo. Acostume seu filho a participar da alimentação, de passeios, de visitas ao veterinário e de brincadeiras. E mostre que essa rotina é essencial para que o animalzinho esteja feliz. Mesmo que às vezes isso possa parecer entediante, é importante deixar claro são tarefas que tem de ser adotadas. Procure fazer com que seu filho curta o momento.

9. Crie consciência sobre o que são maus-tratos

Quando a criança estiver maior, mostre a ela o que são maus-tratos e por que devem ser evitados. Deixe claro que, embora você e sua família sejam carinhosos com os pets, infelizmente em alguns lugares isso não acontece. Fale sobre o abandono e as condições em que os animais vivem em canis ou nas ruas.

10. Seja constante

Pense no valor que esse tipo de educação tem para seus filhos. Quando crescerem, não só mostrarão respeito e dignidade com a vida animal, mas com todas as formas de vida. E sentirão empatia também pela vida humana. Incentivar esse tipo de comportamento desde a tenra idade é muito valioso! Por isso, não deixe de fazê-lo, mesmo nos dias ruins.

Você acredita que ensinar o respeito aos animais às crianças é importante desde cedo? Que outras dicas você adicionaria à nossa lista? Escreva sua opinião na seção de comentários! E não se esqueça de compartilhar esse post com seus amigos!

Imagem de capa TerryCrews / Imgur
3--4
274