20+ Clientes épicos que ficarão na memória dos vendedores por um longo tempo

Histórias
há 5 meses

As profissões que envolvem lidar com pessoas não são as mais fáceis, seja na medicina, tradução simultânea ou até no salão de beleza. No artigo de hoje, coletamos histórias de vendedores sobre clientes que os irritaram, surpreenderam ou os fizeram rir — aqueles que, em geral, não foram esquecidos.

  • Não consigo tolerar quando clientes começam a falar ao telefone e esquecem, completamente, que estão no meio de uma transação, atrasando a compra para todo mundo. © trill-orielly / Reddit
  • Quando algo não passa no scanner, e eles dizem: “Ah, então vai sair de graça!” © ButSheLooked18 / Reddit
  • Trabalho em uma joalheria. Com frequência, os clientes veem que um anel é pequeno, mas ainda assim tentam o enfiar no dedo — vai que entra. Mas o mais chato é quando você não teve tempo nem de dizer uma palavra, e eles já lambem o dedo para tirar o anel preso. Minha gente, eu vou segurar isso na mão depois como? © Overheard / Ideer
  • Detesto clientes que aparecem na loja às 21h25, considerando que fechamos às 21h30. © ToTheBatmobile_ / Reddit
  • Quando eles ficam na loja, mesmo sendo óbvio que estamos fechando (a música foi desligada, algumas lâmpadas apagaram, uma porta já está fechada para pessoas não entrarem). © YorkshireRiffer / Reddit
  • Ai, é um grande inferno! Simplesmente “adoro” pessoas que ficam olhando para a máquina de pagamento no momento em que emite um bipe e a mensagem “Por favor, remova o cartão”. E quando eu digo para elas removerem o cartão, ficam nervosas, como se tivessem feito algo de errado?! © Arizonian323 / Reddit
  • Duas adolescentes entraram na loja e disseram que precisavam de uns 40 tipos diferentes de balas, uma de cada. Bem, comecei a pesar cada bala individualmente e ainda as ajudei a escolher. Elas foram embora, daí minha chefe apareceu e me deu um bônus no valor de um salário mensal. Ela disse que fui a primeira funcionária a passar por essa compra de teste. © Overheard / Ideer
  • Cliente: “E uma sacola, por favor”. Eu: “Grande ou pequena?” Cliente: “Sim”. © Redkikivi / Reddit
  • Não estar pronto para pagar pelas compras. Detesto quando as pessoas ficam paradas olhando as compras sendo passadas no caixa, e só depois começam a procurar o cartão de crédito ou o dinheiro. O funcionário do caixa não gosta disso, nem a pessoa atrás na fila. © DreamerMMA / Reddit
  • “Garota, qual é o melhor rímel?” Ok, mostro e explico alegremente todos os benefícios e, 20 minutos depois, a cliente solta: “Não, obrigada, vou levar o que costumo usar, mesmo”. Por que pedir ajuda se não a deseja? © Redkikivi / Reddit
  • Trabalho em uma loja de roupas para crianças de 0 a 3 anos. E os clientes mais inconvenientes não são as mulheres grávidas nem as mamães com carrinho. São as senhoras de idade. Entram, mexem em tudo, e são itens geralmente brancos, eu fico me revirando para dizer alguma coisa, mas não posso. Uma senhora apareceu pela quinta vez, tirou foto dos itens, enviou para as amigas, passou um tempo lá. E não comprou nada por fim. © Overheard / Ideer
  • Clientes preguiçosos que não colocam de volta no lugar de onde tiraram. © foreverontiptoes / Reddit
  • Trabalho em uma loja de acessórios e bugigangas diversas. Durante um mês, um homem apareceu algumas vezes e comprou relógios. E cada vez ele perguntava: “Vocês têm relógios descartáveis?” Eu dizia que não. Sem falar nada, ele fazia sua compra e ia embora. E isso ocorreu umas 10 vezes em três semanas. O que diabos ele fazia com esses relógios? © Overheard / VK
  • Pessoas que colocam uma tonelada de coisas na cesta, e quando vão ao caixa, de repente se lembram que esqueceram a carteira em casa e saem correndo atrás dela. E eu fico com cara de tacho, olhando para a fila só aumentar. © PreemptivePerception / Reddit
  • Trabalho como vendedor em uma loja de roupas esportivas e calçados. Com frequência, temos clientes que vêm para comprar tênis caros, mas sempre estão usando meias furadas, às vezes mostrando todo o calcanhar. Um deles até tinha o dedo para fora da meia. © Overheard / Ideer
  • Eu trabalhava como vendedor em uma loja de carpetes. Na maioria das vezes, as pessoas escolhiam o carpete ou o revestimento do piso de acordo com a cor dos móveis, do design do interior, das cortinas, do papel de parede e assim por diante. Mas uma vez chegou um casal que queria combinar o carpete com a cor do gato. © Overheard / VK
  • Trabalho como assistente de vendas em uma livraria. Já é o segundo mês que um garoto aparece todos os dias, olha à sua volta de maneira estranha, fica quase ao lado do balcão e tira fotos das páginas dos livros. Quando ele vê alguém ao seu lado, finge estar distraído com o celular. No início, brincávamos com os colegas, mas depois de duas semanas isso deixou de ser uma piada. Agora, quando ele aparece, nos afastamos dele, esperando que ele vá embora mais rápido. Livro pode ser comprado, não é tão caro, pode ser baixado, pode até ser pegado emprestado na biblioteca... © Overheard / VK
  • Você ficaria surpreso com a quantidade de pessoas que entram aqui e pedem ajuda para encontrar um livro sobre o qual não sabem nada. Em geral, somos bons em descobrir o que as pessoas precisam, mas quando elas não sabem o autor, o título ou qualquer coisa sobre o livro, é quase impossível. Meus favoritos são aqueles que insistem em encontrar um livro porque “Mas eu já te disse! A capa é vermelha”. © JakeMcK / Reddit
  • A incapacidade de certos clientes de ler e/ou entender que eu apenas trabalho aqui e não determino as regras de venda. © Koduko / Reddit
  • Vendo bolsas femininas. Um mulher apareceu um dia e começou a descrever em detalhes o modelo de bolsa que queria. Eu expliquei que não tínhamos nada parecido. Ela disse: “Mas eu quero!” Houve então uma longa conversa, no final da qual decidi perguntar onde ela viu tal bolsa. A resposta quase me derrubou: “Ah, sonhei com ela”. © Galina Arsenyuk / Facebook
  • Trabalho como assistente de loja. Enquanto aconselhava os clientes, notei uma senhora olhando para uma tanguinha de renda. Imaginei que poderia ser um presente para a neta e perguntei: “Qual seria o tamanho, senhora?” E ela soltou: “É para mim. Minha vizinha roubou a minha!” Escolhi uma tanga para uma senhora de idade. Para mostrar que, até mesmo nessa idade, nem tudo está perdido. © Podsushano / VK
  • “Por que a costura neste calçado é do lado direito, e o daquele, no esquerdo?” Minha gente, eu só trabalho aqui, não crio o design! © Redkikivi / Reddit

Bônus: clientes que não podem ser esquecidos

  • Eu vendia vestidos pela internet. Encontrei-me com uma cliente, ela pegou a sacola, sem olhar o que tinha dentro, e pagou. Eu disse: “A senhora não gostaria de olhar?” Ela: “Para quê? Tenho festa na empresa hoje, já preparei os sapatos para combinar com o vestido”. Perguntei, meio chocada: e você não ficou com medo de o vestido não servir ou eu não aparecer aqui?! Com toda calma do mundo, ela respondeu: “Não, você me pareceu ser uma pessoa profissional, e as medidas eu já conferi, mais ou menos aqui e ali, está tudo bem”. E foi embora. © OlgaLeo / Pikabu

Mais histórias para mostrar que vender e comprar coisas pela internet pode ser uma experiência inesquecível. Não são apenas os vendedores e compradores que são capazes de evocar emoções uns nos outros; ás vezes, é a própria mercadoria que causa surpresa.

Imagem de capa OlgaLeo / Pikabu

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados