20+ Exemplos de como as redes sociais podem ser irritantes

Gente
há 2 meses

Há muitas coisas irritantes na vida virtual, assim como na real. Por exemplo, a tendência de viver para se mostrar, ou seja, quando virou moda as pessoas quererem parecer mais do que podem se permitir no mundo real. Às vezes, esse ’showzinho’ chega ao absurdo.

  • Participei de um grupo de amigos no WhatsApp. Como sempre, havia mensagens de todo tipo: frases do dia, memes, mensagens de aniversário. Aconteciam também as conversas úteis, mas muito raramente. Contudo, o que realmente me impressionou foi que uma das garotas enviou algumas fotos de Dubai, com vista para o hotel Burj Al Arab. Tipo, vejam como é linda a vista da minha janela hoje. Todo mundo começou a elogiar as fotos e a fazer perguntas sobre a viagem. Dei uma pesquisada no Google e descobri, que aquelas fotos foram as primeiras a aparecer para a pesquisa “Dubai praia”. Então decidi não entregá-la, para não estragar a amizade e não impedi-la de aproveitar seu momento de glória. © Mashenka Tikhonova / AdMe
  • Quando as pessoas escrevem como se estivessem desabafando: “Este vestido custou 200 dólares, mas não ficou bom!”, para verem um comentário do tipo: “Ficou incrível!”. Ou quando dizem: “Por que, quando algo importante precisa ser feito, o chefe sempre me liga?”, só para lerem dos seguidores: “Porque ninguém faz melhor que você.© Manpreet Kaur / Quora
  • Postei uma foto no casamento da minha amiga e fiquei linda. Mas ela pediu para apagar antes que alguém visse, pois “daria azar”. Detesto essas superstições. O auge é o perfil de uma amiga, cheio de fotos do namorado. Mas em todas, o rosto dele está coberto com um grande coração! Gente, vocês realmente acreditam em feitiços feitos pelo Instagram e no poder milagroso de um emoji? © Podslushano / VK
  • Um amigo deixa uma dúzia de comentários com emojis ou gifs nas suas próprias publicações, com citações “profundas”, para ter mais visualizações. Por causa disso, no meu feed, cada publicação dele aparecia várias vezes por dia. Isso me irritava demais. Algumas vezes lhe falei sobre isso, mas a sua vontade de colecionar curtidas o deixou cego. Claro que o bloqueei. © Maria Pavlovskaya / Facebook
  • Todo santo dia, minha irmã me envia imagens do tipo “Bom dia!”. Pior que ela o faz por volta das 7h00. Eu costumo acordar às 8h00. Ao meu pedido que parasse de fazê-lo ou, pelo menos, que o fizesse mais tarde, ela respondeu: “Isso me faz bem! Mais tarde não posso, pois estou ocupada. Você vai ver quando acordar.” O celular está sempre perto de mim e, com o som da mensagem, acordo antes do horário planejado. Que raiva! © Grimzik / AdMe
  • Aos parabéns por qualquer data, que não passam de textos copiados da internet, sempre respondo: “Se quer realmente me cumprimentar ou ligue, ou escreva algo seu.” Eu mesma escrevo poemas para parabenizar os meus amigos. Acho um lindo bônus que acompanha o presente principal. Essas mensagens copiadas, pelo contrário, fazem-nos sentir menos importantes. © Natalia Krivosheina / Facebook
  • Minha amiga postou uma foto com um belo buquê de flores. Só que era meu buquê que o meu marido me deu de aniversário. Engraçado é que alguns dos seus seguidores comentaram que o fundo da foto era outro apartamento, não o dela. Resumindo, seu golpe foi desvendado e ela apagou a foto. © Masha Zvereva / AdMe
  • É irritante quando descobrem minha profissão e começam a pagar de espertos, fingindo serem iguais a mim! Por exemplo, sou professora de inglês. Nas redes sociais, as pessoas começam a me escrever nesse idioma, com erros e ainda zoando: “Você é professora, vai entender”. Nos encontros presenciais, começa outro show da série: “E aí, teacher, how are you?” Não entendo, se você é um mecânico, devo me dirigir à sua pessoa sempre com uma chave-inglesa na mão? © Podslushano / VK
  • Contando alguma história, as pessoas às vezes ficam tão empolgadas que se esquecem de colocar vírgulas no texto. Mas as histórias são tão longas que em algum momento eu simplesmente paro de ler, porque é impossível entender o que estão querendo dizer com essa cachoeira de palavras aleatórias. © Nora / AdMe
  • Não entendo as pessoas que transformam suas crianças em estrelas das redes sociais. Compartilhar as fotos de seus filhos com amigos e familiares é normal. Mas expor constantemente os detalhes da vida privada, acho um exagero. © Hermit_Krab / Reddit
  • Seria engraçado se não fosse tão triste. Na nossa família há uma parente que considera seu dever, em qualquer ocasião, imediatamente postar uma selfie, com localização e a legenda “genial”, e um monte de emojis e hashtags. Por exemplo: “Café com o amor da minha vida #amoreterno #amaisfeliz #amaisamada”. Ela também posta fotos de panelas de outras pessoas preparando a comida, tipo “vejam só, que cozinheira eu sou”. Engraçado que ela nem se importa com o que tem na panela, pode ser apenas água para cozinhar o macarrão. O principal é postar qualquer coisa. © Zorkiy Astigmatik / AdMe
  • Quando sua amiga, que já tem quase 50 anos, te envia bobagens do tipo: “Não apague esta mensagem, senão terá problemas. Envie-a para dez pessoas, inclusive eu, e você será feliz e rico”. Nem tenho palavras. © Yevgeniya Kutuzova / Yandex.Zen
  • Esse desfile de vaidade me irrita. As pessoas passam horas ajustando a iluminação, ajeitando as roupas e a maquiagem. Não se importam mais com o que dizer. Aproveitam qualquer situação para parecerem hypadas© TheIdiotInACage / Reddit
  • Sou administrador de uma página do meu bairro nas redes sociais. Tento fazer dele, um lugar melhor. Se vejo algum lixo na rua, recolho. Um anúncio fraudulento nos postes, retiro. Quando no grupo há perguntas realmente sérias, encaminho-as para a prefeitura. Sobre cada problema resolvido faço um post “antes/depois”. Mas gente, como me irritam os seguidores que comentam: “Poderia ter feito melhor” ou “Não gostei da cor que pintaram o muro”. Vocês também poderiam fazer alguma coisa! © Podslushano / VK
  • Além das publicações falsas e anúncios enganosos, a pior coisa que algumas pessoas fazem nas redes sociais é postar suas fotos e esperar pelas curtidas. Parece que hoje em dia isso têm muita importância. © Sanskar Solanki / Quora
  • Fui adicionada a um grupo do curso que fazia. Todos logo foram avisados que o grupo era destinado apenas para compartilhar as informações importantes. Só que não. Todo santo dia havia mais de 100 mensagens fora do assunto e, nos feriados, era ainda pior. Os memes de mau gosto chegavam a uma velocidade insuportável. Infelizmente, eu tinha que visualizar tudo, porque entre esse fluxo de lixo informacional poderiam passar informações importantes, para as quais o grupo foi criado. © Nastya Rozhkova / AdMe
  • Quando eu era jovem, estava em um relacionamento tóxico com um rapaz que nas redes sociais postava apenas coisas boas a seu respeito. Meu namorado atual é tão incrível que eu até apaguei as redes sociais para me livrar de todas as bobagens e focar na nossa vida real. Sei que sou amada e não preciso expor esse amor. © alynnolivia / Reddit
  • Detesto quando as pessoas colocam na legenda da foto: “É sobre isso”. É sobre o quê? Está no banheiro tendo ao fundo muita bagunça, fazendo biquinho com os lábios e, além disso, a qualidade da foto é simplesmente “perfeita”. Então, é sobre isso! © Podslushano / VK
  • Cansado de publicidade. Elas estão por toda parte! Na página favorita, em qualquer comunidade, nos perfis de blogueiros. Todos vendem algo dos patrocinadores. Sem contar aqueles posts aleatórios: “Compre sapatos, jaqueta, moletom, tudo com até 70% de desconto! Liquidação! Loja fechando!”, e assim por diante, todo santo dia. © Aleksandr Darvin / Yandex.Q
  • Uma vez, fiz uma observação no grupo de que as mensagens de áudio eram inapropriadas. Aí, uma garota se sentiu ofendida e deixou de participar da discussão; outra me bloqueou, dizendo ter 40 anos e não precisar de nenhuma lição; e uma terceira, por solidariedade às outras, cortou o contato comigo, dizendo que eu era muito vaidosa. © Yevgeniya Stavropolova / Facebook
  • Costumo me irritar com as pessoas que repostam, sem olhar a data, determinados anúncios do Facebook, como faz uma parente minha. Onde ela encontra essas publicações antigas?! Ela poderia, no mínimo, conferir a data! Sempre reposta anúncios de animais perdidos, de arrecadação de dinheiro para o tratamento de uma criança... Mas tudo de cinco anos atrás! © Efegyrf / AdMe
  • O que mais me irrita é quando uma garota posta sua selfie de má qualidade. O rosto fica torto, a roupa inapropriada, o cabelo desarrumado. Mas todas as suas amigas começam a escrever nos comentários sobre como ela está linda. Pior ainda, quanto mais horrível a foto, mais curtidas e comentários! E no dia seguinte, o feed todo fica cheio de centenas de fotos idênticas da mesma pessoa, lisonjeada pelas curtidas do dia anterior. © Anca / AdMe
  • Quando as pessoas postam um vídeo delas dublando a música de fundo. © ohsovirgo / Reddit
  • Quando as pessoas dão comida ou dinheiro a um sem-teto e mostram exatamente o quanto. Isso me irrita por não ser uma atitude de misericórdia, mas para se gabar com os seus seguidores. © Pynkkoala / Reddit
  • Não consigo entender por que seguira uma influencer que sequer conheço nas redes sociais. A presença delas me deixa perplexa, porque tenho pessoas reais na minha vida e são nelas em que estou interessada. Há alguns dias, ouvi pela primeira vez o termo “mães influenciadoras”. Por que basearia a educação dos meus filhos nas opiniões de algum desconhecido? © Toadie9622 / Reddit

A verdade é que vivemos conectados o tempo todo, e com isso, acabamos notando muitas pessoas sem noção nas redes. Da mesma forma, acabamos compartilhando coisas demais, até aquilo que deveríamos evitar.

Imagem de capa Toadie9622 / Reddit

Comentários

Receber notificações

Artigos relacionados