Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 Erros que fazem você não cumprir as metas de ano novo

Com o início de um novo ano sempre temos aquela vontade de começar uma nova vida. Fazemos planos e listas de desejos, somos decididos e inflexíveis. Mas cada vez alguma coisa sai errado, outro ano passa voando em meio à interminável rotina e nunca nos aproximamos de nossas metas. Enfim, em lugar de alegria, sentimos algo como frustração e impotência.

E por que as coisas são assim? O Incrivel.club selecionou alguns dos erros que todos nós cometemos no início de cada ano quando tentamos mudar nossas vidas.

10. Não sermos suficientemente honestos na hora de elaborar uma lista de desejos

Faça uma lista de desejos. E agora risque todos os "propósitos" que não são seus. Apenas seja honesto consigo mesmo. Descarte aquilo que é imposto pelo modismo, por seus parentes e amigos. Identifique do que você precisa e então realmente estará motivado a trabalhar para cumprir os desejos da sua lista.

9. Queremos que tudo seja perfeito

Já ouviu dizer que às vezes o bom é inimigo do ótimo? O excesso de perfeccionismo muitas vezes nos tira energia e forças. Queremos um ideal, mas inconscientemente entendemos que não vamos alcançá-lo e, como resultado, nem mesmo conseguimos fazer algo de bom. Esperamos o momento ideal, esperamos ter energias, esperamos ter tempo. Na psicologia, existe uma noção de "paralisia do perfeccionista". Se usa para as pessoas que têm a convicção interna de que não é possível fazer algo da maneira ideal e, portanto, têm medo de começarem o que quer que seja. Não seja tão exigente consigo mesmo. Permita-se cometer erros no caminho em direção aos seus sonhos. Caso contrário, você corre o risco de nunca mais conseguir sair do lugar.

8. Nos propomos a realizar um objetivo grande demais, porém não pensamos nas etapas intermediárias para alcançá-lo

Se uma tarefa grande se divide em vários passos pequenos e graduais será muito mais fácil de ser realizada. Por exemplo, você quer emagrecer 12 quilos em um ano. Perder os 12 de uma só vez é bem difícil, mas se dividir essa meta em perder 1 quilo por mês, será um objetivo bastante realista. Aprender um idioma, adquirir novas habilidades, economizar para uma viagem: qualquer objetivo difícil dividido em etapas se tornará muito mais viável. O subconsciente deixa de ter medo da quantidade. Além do mais, assim você poderá controlar os avanços em direção da sua meta.

7. Nos agarramos ao passado

Na verdade, todos tememos o futuro. Porque, afinal, não se sabe o que vai acontecer. Sendo que, com relação ao passado, nós ja sabemos tudo. Sim, não é tão bom, mas é relativamente seguro. Ao construir novos planos, inconscientemente tememos nos afastar demais do que já conhecemos e não sonharmos grande demais. O medo de perder o que temos agora nos impede de enxergar novas perspectivas de um futuro, as alternativas aos caminhos percorridos, mas as possibilidades são muito mais amplas.

6. Queremos começar uma nova vida de repente

Queremos tudo, agora e não temos vontade de esperar. Queremos que as mudanças cheguem drasticamente, assim que um novo ano começa. E depois, quando nada acontece, nos angustiamos. Mas nada acontece de um dia para o outro. O importante é não deixar de avançar na direção da sua meta a cada dia, pouco a pouco, inclusive se no início não se vê mudança alguma. Porque, se você ficar com raiva e parar os movimentos, não haverá mudança alguma. Mas se continuar se movendo em pequenos passos, um ano mais tarde, fazendo uma análise geral, vai ter orgulho de si mesmo.

Saiba que o melhor momento para plantar uma árvore foi 25 anos atrás. O segundo melhor momento é hoje.

5. Nos criticamos pelas tentativas malsucedidas e nos damos por vencidos

Não se torture por "outro momento de fracasso". Isso não ajudará. Só te fará sentir impotência e cansaço, baixará as mãos e todas as tentativas prévias terão sido em vão. Não faça isso. Olhe a situação de forma realista, aprenda a ver o que é bom. Anime-se e apoie-se. Se dê o tempo necessário e uma nova oportunidade.

4. Empurramos com a barriga

Tudo está claramente planejado e firmemente decidido. Mas começaremos aquela dieta só quando acabarem todas as guloseimas que estão na nossa geladeira e aprenderemos algo novo quando tenhamos descansado um pouco, porque depois das festas de Ano Novo nós precisaremos relaxar um pouco, certo? E assim, sucessivamente. Começar uma nova vida com o Ano Novo é confortável, porque parece que não tem onde colocar as coisas. Mas nosso inconsciente sempre encontrará uma justificativa para a preguiça e a falta de vontade para mudar o que quer que seja.

3. Não nos motivamos o suficiente

Talvez no mais profundo do seu ser você não esteja seguro de que isso seja exatamente o que te fará feliz. O seu inconsciente vai se agarrar ao sofá macio e sua ideia de correr pela manhã com esse frio não te parecerá uma ideia muito legal. Se a motivação é insuficiente mesmo o maior e mais forte entusiasmo durará pouco tempo. Visualize seus sonhos. Pinte com cores lindas as vantagens de sua realização. Motive-se de tal forma que a frase "eu nem queria muito mesmo" não possa ser uma desculpa.

2. Falamos demais sobre os nossos planos

Nos apegamos a um novo objetivo, contamos isso para todos os nossos amigos e colegas de trabalho e inclusive fazemos declarações nas redes sociais. E nos acalmamos por dentro, acreditando que já fizemos a metade do trabalho. Mas, em geral, as intenções sobre as quais falamos tão apaixonadamente não se transformam em realidade. Os psicólogos acreditam que isso tem relação com a autoimagem. Todos querem parecer bem sucedidos. E essa mesma intenção, determinação e aprovação dos outros fazem uma pessoa sentir-se bem sucedida. Paradoxalmente, esse sentimento reduz as oportunidades de crescimento pessoal e trabalho em si mesmo. No subconsciente nasce a ideia de que tudo está bem, então por que fazer alguma coisa? Sendo assim, menos palavras e mais ação! E tudo vai dar certo maravilhosamente.

1. Falta coragem para reconhecer todos os problemas

Fechamos os olhos para muitas coisas e não reconhecemos algumas de nossas fraquezas. Como consequência, não as consideramos na hora de elaborar nossa lista de desejos e metas. Por isso nossos lindos sonhos se quebram diante da dura realidade. Seja honesto consigo mesmo, aceite suas imperfeições e planeje as mudanças em sua vida baseando-se naquilo que você tem.

Иллюстратор Sergey Raskovalov exclusivo para Incrível.club