Incrível
Incrível

9 Erros que muitos noivos cometem ao preparar a festa de casamento

A organização de uma festa de casamento têm detalhes que são fáceis de serem resolvidos, como a contratação de buffet, a escolha da cor da decoração ou do destino da lua de mel. Essa é uma fase da vida que pode ser deliciosa e cheia de alegria, mas é igualmente um momento bem atarefado. Tudo para que a festa seja um sucesso e agrade aos noivos, que fazem de tudo para o grande dia ser inesquecível e cheio de amor. No entanto, essa grande pressão para que tudo saia da melhor maneira possível pode gerar um sentimento de ansiedade em alguns casais, que acabam se esquecendo de pequenos ajustes, fundamentais para o sucesso da data.

Nós, do Incrível.club, apreciamos uma bela festa de casamento, mas sabemos que preparar uma ocasião tão grandiosa pode ser um desafio e tanto. Por isso, selecionamos nove erros muito comuns dos casais que estão organizando seu evento. Confira!

1. Fotos tiradas usando o celular

No momento da celebração da festa de casamento, pode ser comum tanto os convidados quanto os próprios noivos decidirem fazer fotos usando o celular para registrar tudo o que ocorre na festa, assim como as pessoas presentes. Essa iniciativa pode resultar em imagens perdidas em grupos de mensagens e até na própria memória dos smartphones.

A opção neste caso é colocar câmeras descartáveis à disposição para que os convidados tirem fotos. Você pode colocá-las em uma mesa, na recepção da festa, por exemplo. Dessa forma, poderá ter imagens únicas, descontraídas e com um toque retrô.

2. Arranjos que ocupam muito espaço, tirando a visão da mesa

Colocar arranjos de flores muito grandes, ou que fazem muito volume nas mesas pode não ser uma decisão muito prática, já que além de ocupar muito espaço, esse tipo de decoração também pode bloquear a visão dos convidados. Enfeites que demonstrem o amor em cada detalhe, como garrafinhas de vidro em tons transparentes, podem ser ótimas opções. Aproveite para escolher suas cores e flores preferidas, dando um toque especial e personalizado ao momento.

3. Presentear os convidados com lembranças comestíveis

Entregar lembrancinhas comestíveis pode ser interessante, mas se você quer elaborar algo exclusivo e encantar seus convidados aposte em lembranças memoráveis com algum toque artístico, como canecas com desenhos feitos por algum amigo desenhista. Elas terão o seu gosto pessoal, além de poderem ser guardadas ou utilizadas por seus convidados, que terão uma recordação marcante do casamento.

4. Escolher pajens e damas muito novos

As crianças bem pequenas realmente são um charme à parte nos casamentos. Elas podem participar com as funções de pajem, florista ou levando plaquinhas com mensagens amorosas. É importante lembrar que as crianças pequenas são imprevisíveis e ser o centro das atenções pode deixá-las bastante tímidas e até assustadas.

Não é incomum que uma criança muito pequena possa ficar nervosa e até necessite entrar com um adulto junto, que pode ser o pai, a mãe ou um cerimonialista. Para evitar esse tipo de situação, convide crianças um pouco maiores e mais conscientes de suas funções na celebração e, claro, que os pais delas tenham proximidade com os noivos, o que dá total sentido para a inclusão dos pequenos.

5. Não elaborar a mesa do bolo e esquecer as forminhas de doces

As forminhas para doces não são necessariamente um item obrigatório, mas é inegável que elas podem fazer a diferença na decoração e no resultado da composição visual da mesa do bolo. Esse é um investimento que vale a pena e ele não serve apenas para a colocação dos docinhos, já que eles dão volume, cor e movimento à mesa do bolo. O uso das forminhas também dispensa bandejas e aparadores luxuosos, já que eles fornecem todo o charme e romantismo para a decoração desse importante local da festa.

A mesa onde está o bolo e os docinhos é um ponto de destaque, por isso, merece atenção e dedicação dos noivos para que esse cenário transpareça romantismo e sofisticação. Verifique se na sua cidade vendem as forminhas e, em caso negativo, busque opções pela internet, já que muitas vezes o trabalho do decorador não inclui esse acessório. Além disso, compre as forminhas somente após ter o projeto de decoração aprovado, já que as cores da festa devem ser consideradas para que o resultado seja harmonioso.

6. Esquecer de levar os acessórios para a brincadeira da gravata na festa

O corte da gravata do noivo, além de ser uma tradição, é um dos momentos mais aguardados pelo casal para unir os padrinhos e amigos e começar a brincar com os convidados, deixando o clima leve e bastante descontraído para a festa.

Além disso, é uma importante maneira de arrecadar recursos que podem auxiliar os noivos a custear a viagem do casal, ou mesmo o pagamento de fornecedores. É importante lembrar que este ritual é uma brincadeira e que ninguém é obrigado a oferecer nenhum valor, caso não possa.

O erro dos casais é somente fazer o corte da gravata esquecendo-se de que a brincadeira pode ficar mais interessante e organizada se os noivos procurarem por itens que possam fazer barulho, como tambores infantis, apitos, pandeiros e os famosos adesivos, colados nos ternos dos convidados para mostrar com bastante bom humor quem já participou da brincadeira.

Mesmo que você aceite o PIX no casamento, providencie uma caixinha para arrecadar os recursos, que pode ser um pequeno baú ou um quadrinho escrito “para minha próxima viagem”. Depois do corte da gravata, não se esqueça de entregar o dinheiro arrecadado a alguém de sua confiança para guardá-lo até o final da festa.

7. Não valorizar a lapela do noivo, do pai e dos padrinhos

O uso da lapela no look do noivo é um detalhe que pode passar despercebido, mas seu uso configura um acessório charmoso, suave e romântico. Esse costume, de colocar pequenos buquês de flores na lapela do noivo, surgiu em 1839 com a rainha Vitória e o príncipe Albert. A monarca adotou o uso da vestimenta branca pelas noivas e o príncipe deu origem à tradicional flor de lapela.

Esse acessório também pode ser usado por padrinhos e pais dos noivos, demostrando que aquelas pessoas são fundamentais para a família que está se formando com o casamento.

8. Pensar que o dia da noiva (e do noivo) não é importante

O dia da noiva é um momento em que os anfitriões da festa se arrumam ao lado de pessoas especiais, como mãe, madrinhas e amigas. Já o noivo se une ao pai, padrinhos e amigos. Esses momentos que antecedem a festa são fundamentais para os últimos ajustes de maquiagem, cabelo, unhas, roupas e podem ocorrer em um hotel, SPA, salão de beleza, no local da festa ou em casa.

A ocasião não precisa ser luxuosa se você não quiser ou não puder. O importante é estar ao lado de quem se ama e curtir o momento. Essas horas do seu dia podem ser importantes para relaxar e diminuir a ansiedade do casal, após meses e até semanas de preparativos para a data.

9. Escolher sapatos guardados há muito tempo, sem uso

O atraso dos noivos, pais ou padrinhos pode comprometer a cerimônia, por isso, essas figuras essenciais na festa precisam estar prontas com pontualidade. Um detalhe que pode passar despercebido são os sapatos. Calçados guardados sem uso por muito tempo podem ser uma surpresa não tão agradável no grande dia.

Uma noiva contou ao Incrível.club que quando o marido estava no dia do noivo com um dos padrinhos, ele notou que um sapato antigo, que até então pretendia usar no casamento do amigo, estava se descolando. Por sorte, conseguiu a tempo ir a uma loja que aluga trajes de festas e locou um sapato.

Você está organizando seu casório ou conhece alguém que esteja? Na sua opinião, quais itens podem passar despercebidos e acabar comprometendo toda a festa, ou até tirando o brilho da ocasião? Conte nos comentários!

Incrível/Mulher/9 Erros que muitos noivos cometem ao preparar a festa de casamento
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos