Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

"Meu caminho, uma história sobre a decisão espontânea que mudou a vida pelo melhor

----
258

Aleksandr Bessonov, é um escritor de Novosibirsk e mestre de histórias curtas. Os usuários da rede social VkontakteFacebook adoram suas histórias tocantes, cheias de humor bondoso. Apesar de os personagens serem fictícios, eles são muito vivos e comoventes.

Nós do Incrível.club também adoramos as histórias de Aleksandr. Com licença de escritor, publicamos uma história repleta de otimismo com o título “Meu caminho”. A história mostra como uma pessoa pode mudar seu destino.

Claro que Tatiana não conseguiu entrar na universidade. Então, teve de voltar para sua cidadezinha, onde os colegas sarcásticos e pais desiludidos esperavam por ela. Seu futuro não parecia nada promissor: entrar na escola técnica, casar-se, dar à luz uma criança no segundo ano de estudos, brigar com o marido alcoólatra, queixar-se dele às amigas e cuidar de uma plantação de frutas e legumes para o inverno. Um cenário terrível, certo? Não. Tatiana tem seu próprio caminho.

Quando Tatiana ia à universidade, uma ideia surgiu em sua cabeça. Por que entrar na faculdade de História com um vestibular de 15 candidatos por vaga? O importante era estudar. Onde, não fazia diferença. A universidade possuía um curso de Matemática com três candidatos por vaga e um de Física, com 1,7 candidato por vaga. Por que não?

No hall, viu o seguinte anúncio: “Trabalhe de dia, estude à noite. Vaga em república”. Boa ideia, trabalhar de dia e estudar à noite. Tatiana começou a elaborar um plano.

Disse aos pais que tinha conseguido entrar nos cursos preparatórios da universidade. Eles não entenderam nada, mas ficaram muito felizes e até passaram a enviar algum dinheiro.

Ela passava o dia inteiro no vestiário trabalhando e lendo o manual “Física para iniciantes”. Pouco tempo depois, Tatiana começou a enfrentar primeiras dificuldades. Primeiro, foi muito difícil trazer as jaquetas e os casacos todo o dia. Segundo, não entendia nada de física. O problema foi que o professor de física na escola de Tatiana também foi o professor de educação física, e pensou que a própria física foi uma pseudociência. Ele adorou o fato de que Giordano Bruno foi condenado a morte na fogueira pela Inquisição. Então, em vez de estudar fenômenos físicos, os estudantes jogavam basquete. Tatiana estava absolutamente satisfeita, porque nunca teve problemas com cesta de 3 pontos.

Na primavera ela conseguiu ler só a metade do manual. Mas Tatiana não quis desistir. Sim, não entendia nada, mas podia memorizar todos os termos e as fórmulas! Chegou o dia dos exames. Tatiana lidou com a composição sem problemas, mas não conseguiu resolver nenhum problema no exame de física. O examinador já queria dizer que ela falhou, mas decidiu perguntar as definições. Tatiana tirou a nota mínima. Sucesso! Ela começou a estudar na universidade. Turma de 27 pessoas: 26 homens e ela.

Estudar foi ainda mais difícil que entrar. Ela não entendia nada nas aulas teóricas e sempre falhou nos seminários. Um dia o professor pediu que ela simplificasse uma equação:
Sin alfa
———— + .....
Cos alfa
A menina lembrou que foi possível reduzir os mesmos valores no numerador e no denominador

in alfa
———— + .....
Co alfa
Reduziu o S.

Toda a turma começou a gargalhar. Todo mundo achou Tatiana muito tola. Graças a Deus conseguiu passar nos primeiros exames com as notas mínimas,

Falhou algumas vezes, estudava dia e noite, tomava tranquilizantes

Decidiu, que não podia aguentar mais, queria completar o primeiro ano e desistir dos estudos.

No dia 23 e de fevereiro chegou o primeiro feriado da primavera, o “Dia de defensor da Pátria”. Tatiana não queria cumprimentar as pessoas que a desprezavam, mas a mãe insistiu que ela comprasse um cartão para cada colega. Tatiana escreveu 26 versos científicos nos cartões de tipo: “Vitor brincou com transistor e destruiu o televisor! Você vai ser um presidente, porque tem bonitos dentes!”


Os colegas da turma ficaram muito surpresos. Eles adoraram os presentes e pararam de rir de Tatiana. Além disso, eles começaram a ajudá-la com os estudos. Depois das aulas, os colegas explicavam os problemas a ela.

Para o Dia Internacional da Mulher ela recebeu 27 rosas, uma foi do professor, que lhe perguntara as definições no vestibular do ano passado. Ela nunca vira um ramo de rosas tão bonito! Quando chegou à república com o presente, todas as meninas foram ao quarto dela para verem o ramo. Algumas invejavam, as outras insistiam que ela deveria vendê-lo por um bom preço.

Tatiana conseguiu passar nos exames de segundo semestre sem notas más, e já no segundo ano ela tirou só notas ótimas e foi nomeada a melhor estudante da faculdade. Ela começou uma excelente carreira. Conheçam Tatiana Kolokoltseva, doutora de física, autora de diversas obras científicas, especialista na área de polímeros e adora história.

Иллюстратор Leonid Khan exclusivo para Incrível.club
----
258