Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

A história do “filho adotivo” de Cristiano Ronaldo, sobrevivente de um tsunami que diminuiu sua família

Cristiano Ronaldo é considerado um dos melhores jogadores de futebol do mundo. Ele venceu cinco vezes o prêmio Bola de Ouro, é o artilheiro da história do Real Madri (atualmente joga na Juventus) e é o artilheiro da Liga dos Campeões da Europa. O atacante é autor de outra conquista que nasceu longe dos estádios e pode ter um futuro dentro deles: em 2004, ele começou a ajudar um garoto que perdeu quase toda a sua família em um tsunami na Indonésia e, atualmente, graças a esse apoio, o menino faz parte de uma equipe profissional, e tem o sonho de seguir os passos esportivos do português.

Incrível.club apresenta a história de Martunis, um garoto que aos 7 anos perdeu tudo e hoje tem um presente promissor graças à solidariedade e comprometimento do seu ídolo. No final do post, você encontrará um bônus com outras estrelas internacionais que também foram tocadas por este acontecimento.

“Eu subi em um tronco que me levou à terra firme”

Em 26 de dezembro de 2004, houve um tsunami no Oceano Índico que foi devastador para vários países do sul e sudeste da Ásia. Naquele dia, Martunis estava jogando futebol com seus amigos na praia da cidade de Banda Acech, na Indonésia, muito perto do epicentro do terremoto responsável por gerar ondas de até 30 metros de altura.

“Primeiro, agarrei-me a uma cadeira que tínhamos na escola, mas comecei a afundar, até ver um tronco flutuando. Subi nele e ele me levou para o continente”, contou o garoto, que foi encontrado três semanas depois, vestindo uma camisa da seleção portuguesa.

Sua história correu o mundo e chegou a Cristiano Ronaldo

A imagem da criança e sua história de sobrevivência deu a volta ao mundo e chamou a atenção da Federação Portuguesa de Futebol e do craque Cristiano Ronaldo. Especialmente depois que Martunis confessou, em suas primeiras entrevistas com a mídia internacional que cobria o desastre natural, sua admiração pelo atacante e seu fanatismo pelo primeiro clube do atacante, o Sporting de Lisboa.

Ao saber do ocorrido, o então jogador do Manchester United viajou para encontrá-lo em sua cidade destruída e prometeu pagar por sua educação. “Acho que muitos adultos não seriam capazes de lidar com o que aconteceu com esse menino”, disse o astro na época. “Ele é um garoto especial”, acrescentou.

Nasce o apelido de “filho adotivo” do atleta

Martunis reencontrou seu pai, também um sobrevivente do tsunami que matou sua mãe e irmãos. A Federação Portuguesa de Futebol e o próprio CR7 decidiram doar 40.000 euros (aproximadamente 180.000 reais) para reconstruir sua casa e convidá-los para uma visita à Europa.

Durante a viagem feita em 2005, na qual a imprensa o batizou como o “filho adotivo” de Cristiano Ronaldo, o garoto conheceu Eusébio, lendário jogador português e destaque da Copa do Mundo de 1966, e os jogadores da seleção daquele país, antes de uma partida contra a Eslováquia

Contrato com um dos clubes históricos de Portugal

Martunis foi crescendo em seu país e seu amor pelo jogador de futebol da Juventus de hoje continuou aumentando. Em suas contas nas redes sociais, ele começou a usar o nome de Martunis Ronaldo: a partir daí, o garoto constantemente posta imagens de seu ídolo e os sucessivos encontros que teve com o atleta durante esses anos.

Ele nunca parou de jogar futebol e, em 2015, conseguiu realizar outro sonho: o Sporting Club de Lisboa, que o seguia o tempo todo, anunciou que o contrataria para integrar suas divisões juvenis. “O sobrevivente do tsunami de 2004 crescerá e se formará no clube”, afirmou o time em seu Twitter.

Uma relação com seu ídolo que segue intacta após vários anos

Os últimos tempos foram de altos e baixos para o jovem, agora com 22 anos. A dificuldade de se adaptar a um novo país, associado a uma lesão no joelho, fez com que ainda não pudesse dar continuidade ao esporte.

No entanto, seu relacionamento com Cristiano Ronaldo permanece intacto e no final de semana passado ele viajou até Turim para ver a vitória da Juventus por 4-3 sobre o Napoli, com um gol português.

Bônus: a história de Martunis comoveu outras estrelas

A história de Martunis emocionou outras estrelas internacionais. As cantoras Celine Dion e Madonna também quiseram conhecer o garoto que conseguiu sobreviver ao tsunami por 21 dias e que se tornou a imagem internacional da esperança, em meio a um quadro tão desolador.

A rainha do pop até o convidou para sua casa em Londres e o ajudou financeiramente para que conhecesse os pontos turísticos mais famosos da cidade e a visitar outros lugares da Inglaterra.

Você conhecia esse lado solidário de Cristiano Ronaldo? Conhece outra celebridade do esporte ou do entretenimento que também ajuda aqueles que precisam? Conte para a gente na seção de comentários.