Incrível
Incrível

A avó com Alzheimer que lembra por um instante da neta e diz algo lindo

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o Alzheimer representa mais ou menos 70% dos casos de demência e afeta mais de 46 milhões de pessoas no mundo. Como esta cifra está aumentando, calcula-se que em 2050 mais de 135 milhões de pessoas sofrerão os problemas da doença, ou seja, uma das maiores epidemias do século XXI.

De forma bastante simplificada, o Alzheimer é uma deterioração progressiva do sistema nervoso central, começando com a perda das principais habilidades mentais, entre elas a mamória.

Recentemente, nós, do Incrível.club, ficamos muito comovidos com um vídeo publicado no Twitter. A história mostra como é difícil enfrentar este problema na família. Confira um pouco mais sobre essa história que vai te emocionar.

Neste vídeo, uma jovem dá de comer para a sua avó, uma mulher que enfrenta há alguns anos a doença neurodegenerativa. No meio do processo, a senhora tem um momento de lucidez e parece reconhecer a neta. Ela olha fixamente para a jovem e, emocionada, lhe diz “Eu te amo” e começa a chorar. A neta, em meio a muitas lágrimas, responde “Eu também te amo muito” e começa a consolar a avó enquanto seca suas lágrimas. Não deixe de ver o vídeo.

Esta história descreve a realidade de muitos pacientes e o impacto psicológico que a doença causa em toda a família da pessoa. Apenas na América Latina mais de 3,4 milhões de pessoas sofrem hoje de Alzheimer.

Alguns dados que muito provavelmente você não conhecia sobre a doença

  • Ela afeta principalmente pessoas com mais de 65 anos, mas existem muitos casos — por volta de 2% — de pacientes que sentem os primeiros efeitos da doença entre os 30 e 40 anos.
  • A doença costuma durar de 10 a 15 anos.
  • Alguns estudos demonstraram que o Alzheimer pode começar a causar sérios danos no cérebro 15 ou 20 anos antes de que os primeiros sintomas sejam notados — e eles geralmente estão relacionados com a perda progressiva da memória. Posteriormente, o problema afeta o restante das funções do sistema nervoso, levando a pessoa a uma perda total de autonomia.
  • Alguns estudos colocam a diabetes como um fator de risco no aparecimento do Alzheimer, já que a resistência à insulina contribui para a deterioração cerebral.

Portanto, é muito importante conhecer as medidas de prevenção que podem diminuir os riscos

  • Consultas periódicas com o seu médico, para fazer controles como os de glicemia, pressão arterial e colesterol.
  • Seguir uma alimentação saudável. Evitar o consumo de alimentos com muita gordura saturada como a manteiga, as carnes vermelhas e os embutidos.
  • Estímulo cognitivo. Nosso cérebro costuma se comportar como um músculo do corpo, por isso é importante exercitá-lo. Realizar operações matemáticas, ler, socializar, manter uma vida ativa e aprender idiomas e instrumentos musicais são algumas atividades que podem ajudar a diminuir o risco do Alzheimer.
  • Evitar os fatores de risco modificáveis, como o consumo de tabaco, a obesidade e o sedentarismo. Além do Alzheimer, esses fatores de risco levam a uma série de outros males.
  • Manter bons hábitos de sono. Um estudo demonstrou que existe uma relação entre a qualidade do sono e o risco do aparecimento da doença.

Há uma série de pesquisas sendo feitas na tentativa de encontrar uma cura para esta doença. Muitas das descobertas sobre os avanços na luta você vai encontrar aqui. No último estudo, realizado por um grupo de cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, determinou-se que em aproximadamente 2 anos alguns fármacos importantes relacionados à doença serão desenvolvidos.

Não deixe para mudar os seus hábitos quando for tarde demais.

Se você tem alguém na família com este problema, deve saber que essa luta não é fácil. Deixe a sua opinião nos comentários e não deixe de compartilhar suas histórias conosco.

Incrível/Histórias/A avó com Alzheimer que lembra por um instante da neta e diz algo lindo
Compartilhar este artigo