Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

25+ Relatos de internautas sobre comidas que detestavam na infância, mas sem as quais não podem viver hoje

As crianças adoram doces por um motivo: elas precisam da energia que o açúcar fornece para crescer. Além disso, durante a infância temos muito mais papilas gustativas na boca do que quando somos adultos. E isso, de certa forma, talvez influencie nossos hábitos alimentares a mudarem à medida que envelhecemos.

Incrível.club achou um tópico com uma discussão acalorada na internet, em que os internautas admitiram quais produtos eles mais odiavam na infância, mas acabaram se apaixonando com o passar do tempo. Confira!

  • Eu não comia nenhum tipo carne, exceto frango. Agora como carne de porco e boi. Cordeiro, contudo, ainda não, acho o cheiro ruim. Quando era criança, também não gostava de cogumelos. Estranho, não é? Pareciam-me feios, mas agora uma pizza sem cogumelos não é uma pizza. © John Dee / Quora
  • Minha mãe fazia uma grande panela de mingau de aveia para nós quando éramos crianças, para “encher nossa barriga” antes de irmos para a escola. Eu absolutamente odiava aveia! A textura, o cheiro e o leite em pó que a mamãe costumava acrescentar! Comia porque não tínhamos muito dinheiro na época. Se não ingerisse, passava fome. Hoje em dia adoro aveia. Não me lembro bem quando provei de novo depois que fiquei mais velha, mas com um pouco de açúcar e leite de verdade não era tão ruim quanto eu me lembrava. Agradeço a minha mãe que sempre preparava o café da manhã para nós, embora nem sempre houvesse dinheiro suficiente. Finalmente dei à aveia a chance que ela merecia e hoje é um dos meus cereais favoritos. © Marianne Howard / Quora
  • Minha família comia muito fígado, e eu não gostava muito. Conforme fui crescendo, descobri que é delicioso se bem feito. Especialmente com cebolas. © June Reister / Quora
  • Fico com vergonha ao pensar em todas as vezes que empurrei aquelas fatias de abacate para o lado, deixando de comer essa fruta maravilhosa toda vez que minha mãe fazia comida mexicana ou a colocava na salada. Hoje em dia, o abacate é um componente essencial da minha dieta diária. Sinto-me incompleta sem ele em pelo menos uma das minhas refeições, e por um bom motivo. Não é apenas delicioso, mas é uma das frutas mais saudáveis ​​que existem. © Ruby Abellanosa / Quora
  • Couve-de-bruxelas! Minha mãe cozinhava bem, mas não tinha ideia de como preparar bem essas bolinhas verdes. Ela cozinhava até que começassem a cheirar mal. O truque é selá-los em um pouco de azeite e temperar com sal e pimenta. Em seguida, adicione um copo de água ou caldo e cozinhe até ficar macio. Feito! © Amanda Goshay / Quora

  • Nunca gostei de azeitona. Mas quando vinha na pizza ou na salada eu comia, afinal estava pagando. Cerca de 40 anos depois, provei apenas a azeitona e descobri que agora gosto do sabor. Compro, de preferência, aquelas sem pimentas, tomate ou queijo dentro. © Michael Hogue / Quora
  • Shawarma. Mas agora estou praticamente viciada. Não é um grande alimento, mas qual é a diferença?! © Minika Efa / Quora
  • Eu odiava o que as crianças amam: pizza. Estava em uma festa de aniversário em um café e a pizza estava péssima: o queijo sem gosto, a crosta era um papelão e havia uma poça de óleo. Desisti dela por muito tempo até que provei uma realmente saborosa. Hoje gosto de pizza napolitana e de Chicago. © Megan Malzkuhn / Quora
  • Se uma cebola estivesse em qualquer lugar perto da minha comida quando eu era pequeno, não tocava no prato. Bem, hoje entendo que um hambúrguer não é um hambúrguer sem uma boa cebola. © Dalton Jeffords / Quora
  • Quando se tratava de comida, eu era uma criança muito exigente. Se houvesse algum prato que não me parecesse bom, eu não comeria. Afinal, se nem parece bom, como é que deveria ter um gosto bom? Minha mãe costumava ter pesadelos comigo e com meu irmão, que era ainda mais exigente do que eu. Há quatro anos saí de casa para estudar a 1.500 km de distância e isso mudou meus hábitos. O fato de não ter o luxo de ser exigente me fez parar de fazer tantas demandas ao visual do prato. Percebi o quão sortudo eu era, tendo comida deliciosa todos os dias em casa. Essa experiência também me ajudou a apreciar o queijo cottage, que eu detestava quando era mais jovem, e agora fico pensando em como ignorei isso por tanto tempo! Hoje absolutamente amo. © Aklank Jain / Quora

  • Trigo-sarraceno com leite. Eu odiava no jardim de infância. Estou falando de uma educação soviética, portanto comíamos isso o dia todo, na hora do recreio, antes da soneca... todas as refeições tinham trigo-sarraceno com leite, e você só podia sair da mesa após comer tudo. Minha mãe ensinava alemão em uma escola próxima e vinha me buscar durante o intervalo de 15 minutos entre as aulas. Depois eu precisava esperar por ela na sala de professores, mas a primeira coisa que tinha de fazer era comer trigo-sarraceno com leite. Então, empurrava tudo desesperadamente para dentro do estômago enquanto a mamãe esperava do lado de fora da porta. Agora eu gosto deste prato — se você adicionar uma colher de manteiga e uma pitada de sal. © Ilana Halupovich / Quora
  • Cogumelos. Não gostava da textura. Mas, quando adulta, descobri que gosto do sabor dos cogumelos crus e depois aprendi a cozinhá-los. Infelizmente, quase toda a minha família é alérgica a eles. © Betty Graham / Quora
  • Até os 20 anos, eu era muito exigente com comida. Não comia verduras se não tivesse molho no prato nem frutas se não houvesse calda. Uma vez experimentei uma salada de espinafre com molho de mostarda e mel. E isso abriu o mundo da comida saudável para mim. Minha família ficou chocada: achavam que eu só comeria biscoitos com leite de amêndoas para o resto da vida. © Kathy Holman / Quora
  • Costumava odiar bananas. Qualquer coisa com sabor de banana era horrível para mim. Mas agora que estou mais velha, adoro a fruta! Sempre que vou ao supermercado compro. Ela é tão versátil e portátil. © Diana Luu / Quora
  • Eu odiava macarrão, até que entrei na faculdade e comecei a comê-lo em vez de tanto macarrão instantâneo misturado com feijão. Agora eu amo macarrão. © Mike Criner / Quora
  • Quando era criança só comia pão branco e odiava frutos-do-mar. Agora raramente como pão branco, prefiro os integrais. No que diz respeito aos frutos-do-mar, ainda sou um pouco exigente, mas camarões, lagostas, amêijoas e alguns peixes leves agora estão definitivamente no meu menu. Já as ostras cruas ainda não gosto, mas se forem feitas no estilo kilpatrick (bacon e molho inglês) são uma delícia. © Eric Hahn / Quora
  • Eu odiava comida apimentada até a faculdade. Se algo tivesse pimenta, isso me fazia perder o apetite imediatamente. Já tive uns dois surtos na minha infância porque alguém tentou me fazer experimentar pratos picantes. Um dos meus melhores amigos da universidade nasceu e foi criado no Sri Lanka, onde a comida é naturalmente picante. Então, me habituei a ela e comecei até a gostar. Inclusive fazíamos competições para ver quem aguentava a mais forte. Naturalmente, ele ganhava sempre. © Henry Smith / Quora
  • Ovos. Até o ano passado eu sentia náuseas só de ouvir a palavra ovos mexidos. Meu pai é quem cozinhava lá em casa, mas os ovos que ele preparava tinham um cheiro horrível. Eu só conseguia comer se fosse com muito sal. Depois de um tempo, saí de casa e comecei a cozinhar por conta própria, sem ter que agradar o paladar dos outros, e agora como pelo menos um ovo por dia. © Kay Skjo / Quora
  • Havia algo naquele sabor cítrico doce das laranjas que eu não suportava quando era criança. Limões, tangerinas e toranjas eram bons, mas a laranja eu simplesmente não conseguia engolir. E hoje o doce sabor cítrico dela me parece simplesmente incrível! © Addison Taylor Rich / Quora
  • Minha querida mãe cozinha os brócolis até eles virarem uma pasta, chegava a dar um desgosto quando tinha brócolis no cardápio. Quando comecei a cozinhar, descobri que os brócolis assados com uma pequena quantidade de vinagre balsâmico são um prato delicado, saboroso e suculento. Nunca ouvi nossos filhos reclamarem, e dois deles até os consideram sua comida favorita. © Benjamin Abbott-Scott / Quora

  • Durante toda a minha vida pensei que odiasse batata-doce. Uma vez minha esposa pediu batata-doce frita em um restaurante. Eu provei e fiquei viciado. Desde então, passei a amar esse tubérculo de qualquer forma, e costumamos cozinhá-lo e comê-lo com casca e tudo, só com um pouco de manteiga. © Robert Crooks / Quora
  • O alimento de que eu menos gostava quando era criança era o coentro. Sim, ele fazia parte de quase todos os pratos que comia no México e em casa, já que os alimentos eram feitos pela nossa cozinheira que era mexicana. Eu não conseguia fugir dele. Ela usava coentro em tudo: sopas, saladas e vegetais. Só depois de meus 50 anos, quando um restaurante de fast-food acrescentou um molho de soja e coentro no meu pedido, percebi que ele não era tão horrível quanto me lembrava. Até me surpreendi ao me tornar um apaixonado por coentro e usá-lo em tudo em minha própria cozinha. © C. Brooke Gruenberg / Quora
  • Quando era criança não gostava de frango, mas hoje em dia não vivo sem. © Nilotpal Neogy / Quora
  • Odiava castanha de caju até os meus 18 anos. Uma vez vi minha sobrinha comendo como se fosse um alimento dos deuses. Decidi experimentar e me apaixonei. Agora quando minha mãe as esconde de mim, até roubo as dela. © Srilekha K P / Quora
  • Qualquer coisa doce. Sim, estou falando sério. Eu me sentiria como no paraíso se me dessem dois limões para chupar e um saleiro para colocar sal neles. Mais tarde, minhas preferências de sabor mudaram e agora, em vez de azedo, gosto de doces. © Nicole Moncada / Quora
  • Minha mãe fazia algo a que ela chamava de muffins de camarão. Que era basicamente uma mistura de camarão, queijo, maionese e curry em pó grelhados em cima de um muffin. Esse prato me causava náuseas quando era criança, e agora não posso me imaginar sem ele. © Holly Ball / Quora
  • Quando eu era mais nova minha tia sempre me fazia comer saladas e eu odiava. Eu sempre jogava no lixo quando ela estava assistindo ao noticiário na televisão. Mas, à medida que fui crescendo, comecei a compreender a importância da salada e de como ela é realmente saudável. Desde então, tenho gostado e ainda como regularmente. © Sharon-Mary / Quora

Você era uma criança exigente quando o assunto era comida? De qual alimento não gostava quando era mais novo e hoje em dia ama? Conte para a gente na seção de comentários.

Imagem de capa Michael Hogue / Quora