Incrível

18 Vezes em que corridas de táxi se transformaram em histórias inesquecíveis

Para quem está de fora, pode até parecer que o trabalho dos taxistas é monótono e repetitivo, mas os heróis da nossa coletânea de hoje sabem que muitas das corridas podem se transformar em momentos verdadeiramente inesquecíveis ou engraçados. Algumas dessas histórias incluem pagamentos em salada e passageiros introvertidos.

Os usuários da Internet, tanto os taxistas como os passageiros, compartilharam suas histórias de corridas de táxi com o Incrível.club e selecionamos as melhores para você. Acompanhe!

  • Trabalho como taxista. Eu sou aquele tipo de motorista que gosta de silêncio e de viagens sem longas conversas. Para evitar os passageiros comunicativos, decidi fazer o seguinte: escrevi uma mensagem em um papel dizendo “Motorista surdo. A música está tocando para vocês”. O esquema deu certo, e as pessoas ficavam caladas. Mas algumas me surpreenderam ao perguntar:
    — Você é surdo mesmo?
    Eu apenas olhava para elas como se estivesse confuso. © RedMan86 / Pikabu

  • Eu levava uma garota bêbada na noite de Ano Novo para uma balada. Durante todo o caminho, escutei a história triste de como ela tinha acabado de terminar com o namorado. Estava em prantos. Chegamos ao local e era hora de pagar. Com os olhos cheios de lágrimas, ela disse que não tinha dinheiro, mas poderia pagar em... salada. E tirou uma salada de batatas da bolsa. © alienenok / Pikabu

  • Levei uns passageiros para o aeroporto. Eles pagaram e foram embora. Nessa hora, apareceu um rapaz na saída do desembarque, colocou duas malas no banco de trás e se sentou na frente. Fomos conversando o caminho inteiro. Quando chegamos ao destino final, o passageiro pagou a corrida e foi em direção ao seu prédio.
    Eu gritei:
    — Ei, rapaz. Você esqueceu suas malas!
    O homem se virou surpreso e disse:
    — Que malas?
    Nessa hora, ele arregalou os olhos e complementou:
    — Ah, droga. Esquecemos minha mulher no aeroporto!
    Foi preciso voltar. © CucuRuku / Pikabu

  • Levava um grupo de rapazes que ia para um hotel encontrar um amigo deles e beber a noite inteira. Eles levavam consigo uma sacola cheia de cervejas. No meio do caminho, decidiram ir direto para o bar. Quando chegamos ao destino, eles saíram e deixaram a sacola no banco de trás. Eu gritei e avisei que tinham esquecido a sacola, mas eles disseram que iam deixar para mim como gorjeta. © Kahlvin / Reddit
  • Trabalho à noite. Recebi um pedido e entrou uma garota. Ela perguntou: “Quanto tempo vai demorar para chegar?” O GPS mostrava 25 minutos, mas, por conta dos semáforos e possíveis engarrafamentos, disse 25-30 minutos. Ela, então, pegou seu telefone, discou um número e disse: “Vou chegar em 10 minutos”. Como era noite, a viagem foi tranquila e rápida, mas durante o percurso ligaram para a moça duas vezes perguntando onde ela estava. Alguém pode me explicar por que as pessoas mentem? © vadosoo19312 / Pikabu
  • Era noite. O tempo estava terrível, chovendo e ventando. Meu humor, por consequência, também não estava dos melhores. Terminei a corrida, o passageiro saiu do veículo e, ainda com a porta aberta, me fez a pergunta:
    — Você poderia, por favor, me dizer no que consiste o respeito mútuo entre o cliente e o motorista?
    Levantei as sobrancelhas e, sem filtrar minhas palavras, respondi:
    — Quando o cliente escreve o endereço certo, não se atrasa e, se a corrida for boa, não espera troco de 50 centavos. Ao mesmo tempo, o motorista deve ser educado, atencioso na estrada e certamente estar esperando que uma pessoa peça a ele para lhe ajudar com as malas, sacolas...
    Antes que pudesse terminar minha resposta, ele bateu a porta do carro e foi embora sem me pagar um real que faltava. © RedMan86 / Pikabu

  • Recentemente, passei a acreditar em carma. Tive um passageiro que entrou no táxi e pediu que eu o levasse para um endereço bastante perto, praticamente do outro lado da rua. O rapaz disse que não tinha dinheiro, mas que depois poderia depositar para mim. Ele saiu do táxi e o dinheiro não caiu na conta. Bom, o valor era pequeno e, por isso, não me importei e continuei trabalhando. Logo depois, umas passageiras entraram no meu carro e disseram: “Eita, acho que alguém esqueceu a identidade no banco de trás, moça”. Era a identidade daquele passageiro! Encontrei ele na Internet e mandei uma mensagem explicando a situação. No dia seguinte, nos encontramos, ele me deu uma nota de 10 reais e eu devolvi a identidade dele. Ele não conseguia nem me olhar nos olhos. O que eu posso dizer é para vocês, passageiros, tomarem conta de seus pertences e não enganarem os taxistas. O mundo dá voltas! © ZlayaZaya666 / Pikabu
  • Em 1998, não existia a tecnologia de hoje e nem smartphones para pedir um táxi pelo aplicativo. Era preciso pedir na rua. Saímos de casa e ficamos no ponto de ônibus esperando um táxi passar para fazer sinal. Enquanto conversávamos, parou um ônibus bem velho e o motorista perguntou se não precisávamos entrar. Respondemos que estávamos esperando por um táxi. Ele, então, ofereceu de nos levar ao nosso destino por um valor bastante aceitável, mas achamos que era brincadeira. Por fim, ele acabou nos levando até o local e, depois, nos levou de volta para casa. Nunca mais peguei um “táxi” desses. © Razrez / Pikabu
  • Meu pai trabalhava como motorista de táxi. Uma vez ele levou um homem de graça. Tudo porque a primeira coisa que o homem disse ao entrar no veículo foi: “Siga aquele carro”. Meu pai sonhava em ouvir essas palavras e, por isso, ficou pulando de felicidade. © raleighstark / Reddit
  • Recebi um pedido. Quando cheguei, havia 4 homens muito bem vestidos, de terno e gravata. Depois, descobri que iam para um casamento. No meio do caminho, um deles olhou para o relógio e perguntou ao outro:
    — Vamos nos atrasar, não é?
    — Se o motorista acelerar, talvez dê tempo...
    Eu disse:
    — Por enquanto posso ir mais rápido, mas mais à frente há policiais fazendo vistoria, então não vou poder correr.
    O primeiro pensou por uns segundos e me disse:
    — Basta dizer para os policiais que os passageiros vão acabar com você se eles se atrasarem para o casamento.
    Houve uma pausa de silêncio e, então, todos caímos juntos na gargalhada. © Regenwurm / Pikabu

  • Já tive clientes que tentaram me convencer de todas as formas possíveis de levar a cabra grávida deles no carro. Foi preciso recusar educadamente. © unknown / Reddit
  • Entramos eu e minha mãe no banco de trás do táxi, e eu estava tentando desenhar uma estrela em um pedaço de papel. O motorista, então, parou o carro no acostamento, e minha mãe perguntou: “O que aconteceu, moço?” Ele respondeu: “Vamos deixar a menina terminar de desenhar. Vai que depois eu recebo uma avaliação ruim se ela não conseguir”. Claro que dei a maior nota para ele! © Jahnvi Gupta / Quora
  • Estava atrasado para uma reunião do trabalho, e foi preciso chamar um táxi. O táxi chegou, e o motorista era um senhor com seus 60 anos. Nos cumprimentamos, ele confirmou o local de destino, e eu disse que estava muito nervoso porque talvez me atrasaria para uma reunião muito importante. Nessa hora, ele conectou o telefone no veículo e pôs para tocar músicas do AC/DC. Aquela corrida me deixou tão feliz e aliviado... © MannyMaru / Pikabu
  • Há cerca de um ano, meu amigo começou a trabalhar como taxista. Sua primeira corrida foi a seguinte: 4 garotas que faziam parte de um coral escolar. Elas foram o caminho inteiro cantando para meu amigo. © Crow_T_Robot / Reddit
  • Um casal entrou no carro. Assim que pegamos a estrada, senti um vento na orelha! Vi que eles abriram a janela e não falaram nada. O vento não estava forte, por isso não disse nada. Após 20 minutos, a mulher perguntou: “Podemos fechar a janela?” Eu respondi: “Claro, sem problemas”. Foi aí que me lembrei que eu tinha deixado as janelas abertas depois de lavar o carro. Eles não falaram nada, nem eu. Introvertidos entenderão. © Jermontaz / Pikabu

Quais as histórias mais memoráveis que aconteceram com você em uma corrida de táxi? Comente!

Imagem de capa © Jermontaz / pikabu