Incrível
Incrível

Dona de carreira bem-sucedida, Winnie Harlow não deixou que vitiligo fosse obstáculo e hoje inspira outras pessoas

Desde cedo, somos levados a pensar que precisamos ter esta ou aquela aparência. Cabelos cacheados precisam ser alisados, nossos corpos precisam estar sempre magros e nossa pele deve, necessariamente, parecer de porcelana, sem nenhum traço de “imperfeição”. Mas graças a mulheres decididas como Winnie Harlow, hoje observamos mudanças consideráveis nos exigentes padrões de beleza mundo afora.

O time do Incrível.club acha que se tem alguém que merece uma salva de palmas, esse alguém é Winnie. Ela não apenas acreditou mais em si mesma do que em qualquer outra coisa e passou a trabalhar como modelo, mas também firmou-se como exemplo de autoestima para muita gente.

No começo, a jornada de Winnie não teve nada de conto de fadas

O nome verdadeiro de Winnie é Chantelle Brown-Young. Ela nasceu na Grande Toronto, Canadá, e foi diagnosticada com vitiligo quando tinha 4 anos. Desde a mais tenra infância, a menina precisou viver com a sensação de ser diferente.

“Na infância, eu nunca via ninguém como eu na TV, nas propagandas ou em passarelas”, contou a modelo em uma entrevista. “Eu pensava ser a única no mundo como eu”. Outras crianças não a queriam por perto devido a sua condição e, em uma entrevista, ela revelou o quanto aquilo era doloroso.

“Não acho que a condição da minha pele tenha afetado minha autoestima tanto quanto as pessoas à minha volta afetaram minha autoestima”, afirmou Winnie.

A carreira começou de forma inesperada, até mesmo para ela

Assim como acontece com muita gente de talento, o potencial de Winnie para o trabalho de modelo foi descoberto por acaso. Sua “fada madrinha” foi a jornalista Shannon Boodram, de Toronto, que postou no YouTube um vídeo sobre Winnie e sua condição. Rapidamente, mais de 150 mil pessoas já tinham visto o material. Shannon animou Winnie, então com 16 anos, a pensar seriamente em investir na carreira de modelo.

“Ela me ligou e disse que eu deveria continuar modelando, pois a câmera me amava e eu era natural”, lembrou Winnie na entrevista. “Na verdade, ela nem acreditava que aquela tinha sido minha primeira sessão de fotos”.

Com tantos desafios, Winnie parecia ser um osso duro de roer

Winnie passou a ficar mais conhecida em 2014, aos 19 anos, quando participou do programa America’s Next Top Model, apresentado por Tyra Banks. Apesar de não ter saído vencedora, ela foi longe na competição. A experiência parece ter sido difícil para a modelo, pois ela raramente comenta sobre o programa nas entrevistas que concede.

“Naquela época da minha vida, me diziam ou me faziam sentir que não poderia ser modelo, que aquilo não era para mim”, afirmou a respeito do tema.

O trabalho como modelo permitiu que Winnie Harlow se posicionasse e inspirasse outras pessoas

Winnie Harlow tornou-se garota-propaganda de uma famosa grife e está frequentemente aparecendo na televisão para falar abertamente sobre padrões de beleza. Ela conquistou diversos prêmios em diferentes áreas e continua arrasando na indústria da moda com suas opiniões corajosas.

Winnie vem redefinindo os estereótipos mundiais de beleza. “Acredito que a beleza está nos olhos de quem vê”, diz ela. A beldade tenta fazer da moda algo menos aspiracional e mais inspirador.

Ela conclui: “Sempre digo que devemos nos focar em nossas próprias opiniões ao nosso respeito, e não em opiniões alheias”.

Você também acha que a história de Winnie é inspiradora? Existe alguma outra modelo que considera um ícone de beleza e diversidade?

Incrível/Gente/Dona de carreira bem-sucedida, Winnie Harlow não deixou que vitiligo fosse obstáculo e hoje inspira outras pessoas
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos