Incrível
Incrível

12 Fatos que fazem Daniel Radcliffe merecer ainda mais a nossa admiração

Quando alguém menciona ou vê uma foto de Daniel Radcliffe, logo se lembra dele como Harry Potter, personagem que o levou ao estrelato. Porém, ele já não faz esse papel há mais de 10 anos e, nesse período, deu várias provas de sua versatilidade como ator. Além disso, ainda se mostrou uma pessoa maravilhosa e, por vezes, um tanto peculiar. Então, te convidamos a esquecer um pouco o bruxinho e conhecer melhor o verdadeiro Daniel Radcliffe, com 12 fatos sobre ele e um divertido bônus no final.

1. Daniel se recusa a ter contas em redes sociais, mas o motivo é menos nobre do que muitos imaginam

CBS/Ferrari Press/East News

Diferentemente de muitas pessoas que passam horas nas redes sociais, Daniel Radcliffe prefere ficar longe delas. Mas nem por isso ele se considera uma pessoa superior a quem as tem. “Eu adoraria ter alguma razão intelectual para isso”, declarou, para explicar o motivo de sua escolha. “Eu considerei ter um Twitter, mas tenho certeza de que, se eu fizesse, todos vocês acordariam diariamente com histórias do tipo: ’Dan Radcliffe entra em briga com pessoas aleatórias no Twitter’”. Ou seja, ele seria o cara da treta!

2. Ele é conhecido por ser desastrado, mas a verdade é que ele tem uma disfunção neurológica

Daniel contou que os boatos de que ele havia quebrado mais de 60 varinhas nas filmagens de Harry Potter eram exagerados. Mas ele confirma que quebrou várias delas, porque gostava de usá-las como baquetas, como se as suas pernas fossem baterias. Com isso, ele quebrava cerca de uma varinha por mês, o que irritava o especialista em adereços dos filmes. O ator é conhecido por ser desajeitado e ter dificuldades para fazer até as tarefas mais simples.

Porém, em uma entrevista, Daniel explicou que isso é porque ele tem uma disfunção neurológica chamada dispraxia motora, que prejudica a coordenação em tarefas como escrever, encaixar coisas e até pular ou bater palmas. Mas ele encara com muito bom humor, fazendo piada, por exemplo, com o lamentável fato de que tênis com velcro nunca foram para frente. Sua condição é leve, mas, segundo ele, tem dias ruins. Ou seja, ele é sim capaz de amarrar os cadarços, mas, às vezes, falha.

3. Daniel está namorando há cerca de dez anos e já tem planos para um futuro filho: mantê-lo longe da fama

O ator namora a também atriz Erin Darke, desde 2013, quando contracenaram no filme Versos de um Crime. Sobre o namoro, ele diz estar muito feliz com ela: “Eu tenho uma vida muito boa. Estou com minha namorada há uma década praticamente. Estamos muito felizes”. Daniel entrou para o ramo do cinema muito novo e pensa ter sido uma experiência maravilhosa, a qual ele deseja para um futuro filho. Mas não da mesma forma que ele.

Daniel afirmou que, quando tiver filhos, pretende levá-los para os sets de filmagem, mas acrescenta: “Seria um sonho se eles entrassem em um set de filmagem e dissessem: ’Meu Deus, quer saber? Eu adoraria trabalhar no Departamento de Arte. Eu adoraria fazer algo na produção’”. Dessa forma, Daniel afirmou que prefere manter o filho longe da fama. “Os sets de filmagem podem ser maravilhosos para as crianças. Mas é realmente o lado da fama que deve ser evitado a todo custo”, ele conclui.

4. Daniel está longe de ser uma “estrela” com os membros da produção e até já fez amizade com alguns

Enquanto filmava a franquia Harry Potter, muitos podem imaginar que o jovem ator fizesse amizade com pessoas da sua idade. No entanto, ele contou em uma entrevista que seu melhor amigo na época era Will, seu figurinista, um homem de 41 anos, casado e com dois filhos. “Ele é uma enorme influência e inspiração para mim, porque ele é apenas um grande cara”, disse Daniel. Em outro artigo, nós também já falamos sobre a amizade especial que ele teve com o seu dublê, David Holmes.

O primeiro filme dele sem ser como o bruxinho foi Um Verão para Toda Vida, de 2007, quando ele já era famoso. Daniel contou que fez amizade com uma maquiadora durante as gravações e, depois de algumas semanas, perguntou a ela qual era a impressão da equipe sobre ele. E ela respondeu que todos presumiam que ele fosse uma criança esnobe, mas logo perceberam estar enganados. “As pessoas esperam que eu seja arrogante. E, quando não sou, isso sempre conta a meu favor”, disse o ator.

5. Outros colegas de trabalho não poupam elogios quando falam sobre Daniel Radcliffe

Daniel está a caminho de ser uma das pessoas mais legais de Hollywood. Parte disso vem da educação que ele recebeu dos pais, sempre atentos para criar um filho maravilhoso. O ator relembrou um conselho que recebeu do pai: “Meu pai disse: ’Sempre que você encontrar alguém, estenda a mão primeiro e aperte a mão dele’, e isso realmente está enraizado em mim”. Quando se encontra com alguém, Daniel nunca presume que a pessoa o conhece, então ele se apresenta a ela.

De fato, até hoje, não houve uma pessoa que trabalhou com o Daniel que tenha reclamado sobre ele. Sabemos disso pelas entrevistas que seus colegas de trabalho têm dado, em que rasgam elogios ao ator. Veja só o que eles já disseram:

  • Juno Temple, coestrela de Daniel em Amaldiçoado, disse na estreia do filme: “Eu acho que vai ser ótimo para as pessoas verem Daniel Radcliffe nesse filme. Ele é uma ótima pessoa, e estou muito animada para que o vejam em Amaldiçoado”.
  • “Daniel Radcliffe é tudo o que você quer que ele seja”, disse Karan Soni, que contracenou com Daniel na série Miracle Workers. “Dan instantaneamente me relaxou com sua bondade. Ele está ciente do quanto significa para tantas pessoas e faz questão de tratar a todos com graça e humildade. Sua ética de trabalho é contagiante e só é superada por sua capacidade de cuidar dos outros”.
  • Gary Oldman, que fez o Sirius Black na saga Harry Potter, fez um elogio especial ao garoto: “Você poderia aprender com Daniel Radcliffe. Eu não conheço muitos jovens de 17 anos que teriam feito (a peça de teatro) Equus para começar. Isso é arriscado. E agora ele está em um musical, e teve de aprender a cantar e dançar, coisas que ele não fez na escola de teatro porque não teve uma educação formal. Ele sabe que, com o fim da saga Harry Potter, estará trabalhando com pessoas que estudaram tudo isso, mas ele não está descansando sobre os louros da fama. Ele não pensa: ’O mundo me deve um emprego porque eu fui o Harry Potter’ e eu acho que essa é uma atitude incrível. Por isso eu digo, você poderia aprender muito com o jovem Sr. Radcliffe”.

6. Daniel sempre foi tão agradável com todos no set de filmagem, que até suas travessuras eram facilmente perdoadas

Robbie Coltrane, o ator que viveu o meio-gigante Hagrid na saga Harry Potter e faleceu em outubro de 2022, certa vez contou que caiu numa pegadinha do Daniel. O garoto havia mudado o idioma do celular de Robbie para o turco, impedindo-o de usar o aparelho para qualquer coisa. Ele ficou furioso: “Como meu telefone agora estava em turco, ninguém conseguia descobrir como mudá-lo de volta para o inglês e isso se tornou um problema”.

“Eventualmente, encontramos uma garota no departamento de maquiagem de Harry Potter que era cipriota turca”, o ator relembrou. A moça conseguiu, com a ajuda da sua mãe, retornar a configuração do celular para o inglês. “Acho que Daniel ficou tão chateado com o que tinha acontecido que me entregou uma carta escrita à mão: ’Caro Sr. Coltrane, sinto muito por ter mudado seu telefone celular para turco’”. Tem como não perdoar?

7. Um dos trabalhos preferidos do Daniel foi interpretando um defunto no filme Um Cadáver para Sobreviver, que ele promoveu de uma forma muito peculiar

Aliás, depois que encerrou a saga Harry Potter, Daniel tem feito personagens cada vez mais distantes do bruxinho. Um belo exemplo foi o filme Um Cadáver para Sobreviver, no qual ele interpreta um defunto com superpoderes que vêm... bom, digamos que o poder dele seja soltar puns muito potentes. Não é à toa que esse é o papel preferido do ator, segundo ele mesmo revelou numa entrevista em novembro de 2022.

Quando ele estava em turnê para promover o lançamento desse filme, em 2016, a produtora A24 teve uma ideia genial. Colocou Daniel para viajar por várias cidades acompanhado de um sósia dele mesmo, reproduzido num manequim e maquiado como o cadáver do filme. Daniel e Manny, o manequim, passearam pelas cidades em cima de um ônibus de turismo, acenando para os pedestres e até interagindo com fãs. Divertido, talvez um pouco assustador e estranho, mas muito divertido.

8. O próprio ator mencionou em uma entrevista que gosta de ser estranho, assim como gosta de interpretar personagens estranhos

Por falar nisso, Daniel também mencionou que gosta de ser estranho. “Eu acho que uma das melhores coisas que você pode fazer é ter uma reputação de ser estranho, ou gostar de coisas estranhas”, ele afirmou. Inclusive, o ator estrelou em 2022 um dos seus papéis estranhos no filme baseado em fatos Weird: The Al Yankovic Story, em que interpreta um sanfoneiro que fez sucesso com suas paródias na década de 80.

Mas esse não é o único personagem “fora da caixa” que Daniel já interpretou. Revendo os seus trabalhos, listamos outros cinco dos papéis mais diferentões que o ator se dispôs a fazer:

  • Em Amaldiçoado, de 2013, ele é um homem suspeito de um crime e que, subitamente, descobre que estão crescendo chifres na sua testa e que ele consegue ouvir os segredos das pessoas.
  • Em Armas em Jogo, de 2019, ele faz um programador que se mete em uma competição mortal e passa quase o filme todo machucado, tentando sobreviver e vestido com um roupão e pantufas velhas.
  • Em Cidade Perdida, de 2022, ele é o Abigail (sim, O Abigail), o vilão vestido impecavelmente que sequestra a mocinha e tenta convencê-la de que isso pode ser uma experiência divertida.
  • O inocente e apatetado Príncipe Frederick, na série Unbreakable Kimmy Schmidt, em que ele diz pérolas como: “Eu não sou um bom menino. Eu sou o oposto, eu sou uma garota má”.
  • Numa participação especial no filme de comédia Descompensada, de 2015, ele é um passeador de cachorros, com muitos deles presos à cintura, e tem um diálogo carregado de duplo sentido com a Marisa Tomei.
  • Por fim, na série Miracle Workers, que troca de história a cada temporada, Daniel já viveu um anjo atrapalhado responsável pelas orações de todas as pessoas, um gentil herdeiro do trono avesso a conflitos na Idade Média e, na terceira temporada, um reverendo que protagoniza uma apresentação fantástica. Difícil ser mais fora da caixa do que isso.

9. Apesar de querer se distanciar da franquia Harry Potter, Daniel é bondoso e paciente com os fãs da saga (até mesmo quando eles são inconvenientes)

Joel Ryan/Invision/AP/East News

Até hoje muitos fãs de Harry Potter abordam o Daniel, seja para pedir autógrafos, tirar fotos ou, pasme, criticar a sua atuação na franquia. Ele compreende que as pessoas querem se aproximar dele e não guarda rancor com as opiniões negativas. Mas, geralmente, ele genuinamente aprecia esses encontros, e se sente uma pessoa de sorte pelo trabalho que tem, não se esquecendo de que os fãs colaboraram com isso. Mas ele pede, encarecidamente, que não tirem fotos enquanto ele está suado na academia.

Ainda sobre conhecer fãs, Daniel diz: “Espero que uma das coisas que surpreenda as pessoas quando elas me conhecerem é que eu sou realmente bastante normal”. Ele admite que tem seus defeitos, mas não acha que seja desagradável com as pessoas, incluindo os fãs, e não se vê como uma pessoa superior aos outros. No entanto, até mesmo com anos de experiência em lidar com fãs, tem uma coisa que ele não suporta: quando eles choram!

“O pior é quando as pessoas choram”, diz Daniel. “É uma sensação horrível, principalmente quando são meninas de 13 ou 14 anos. Eu me sinto horrível quando elas choram”. O ator está ciente que o choro é de emoção, mas admite não saber lidar com isso. E ele ainda faz outro apelo aos fãs: “Não vale a pena chorar. Por favor!”

10. Daniel mostrou ter um coração realmente bondoso quando ajudou um turista que saiu ferido de um assalto

Aconteceu em Londres, em 2017, quando um turista teve sua bolsa roubada por dois homens em uma moto. Os assaltantes feriram o turista e aceleraram com a bolsa. Um ex-policial, David Videcette, até tentou perseguir e deter os assaltantes, mas eles fugiram. Ao voltar para verificar a vítima, deu de cara com Daniel Radcliffe prestando socorro ao homem.

“Foi um momento surreal”, David disse, “ele foi um cara muito legal, muitas estrelas não teriam parado para ajudar”. Ambos ajudaram a vítima, que estava muito abalada, e tiveram apoio de outras pessoas que passavam por ali também. Daniel não fez comentários sobre o caso à imprensa, mas um porta-voz do ator confirmou que ele estava presente.

11. O jeito como Daniel Radcliffe lida com os paparazzi é diferente, sabe?

BIGPICTURESPHOTO.COM/EAST NEWS

Já vimos como o ator lida com os fãs e com os desconhecidos, mas o que ele fez com os paparazzi não pode deixar de ser mencionado. Ao longo de seis meses, quando estava fazendo uma peça, ele saía do teatro todas as noites com a mesma calça jeans e a mesma jaqueta com um capuz. Assim, os paparazzi não conseguiam vender as fotos porque elas pareciam ser sempre da mesma noite! Ele achou muito divertido irritá-los, mesmo sabendo que era apenas uma pequena vitória sobre eles.

12. Poucas pessoas sabem disso, mas uma das habilidades secretas do Daniel Radcliffe é escrever poesias

Aos 17 anos, Daniel publicou algumas poesias escritas por ele mesmo, sob o pseudônimo de Jacob Gershon, numa revista de moda de baixa circulação. O próprio Daniel deixou escapar essa informação anos depois, numa entrevista, aparentando vergonha. Mas esse talento não deve ter surpreendido os mais próximos do ator, já que ele costumava ter a nota mais alta em Literatura. Curiosamente, ele também já interpretou um escritor no cinema, no filme Versos de um Crime, de 2013.

Bônus: Daniel Radcliffe ainda tem outras habilidades, não tão glamourosas, mas interessantes

Se, depois de tudo isso, você ainda não se convenceu de que Daniel é uma pessoa muito mais legal que o Harry Potter, temos os argumentos finais. Primeiro, ele era tão nerd na adolescência que decorou os elementos da Tabela Periódica em forma de música e ainda se lembra (aqui está a prova) deles. Finalmente, ele sabe dobrar a língua em formatos bem peculiares, com uma dobra, depois duas, depois três. Sério, imagine esse homem numa festa, ele deve ser o centro das atenções.

Muitas vezes admiramos os artistas pelos seus filmes e nem imaginamos como eles são longe das câmeras. Para você, que celebridade você também admira pelas atitudes na vida pessoal? Deixe um comentário.

Incrível/Gente/12 Fatos que fazem Daniel Radcliffe merecer ainda mais a nossa admiração
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos