9 Erros simples que podem encurtar a vida útil da sua meia-calça

O ditado popular “melhor cem rugas na cara do que em uma meia-calça” não surgiu do nada. Muitas mulheres conhecem a frustração de um furo importuno ou de um buraco no dedo do pé, mesmo que a meia-calça seja relativamente nova. Surgiram até alguns truques malucos, como guardar as meias no congelador ou usar constantemente um esmalte incolor para evitar rasgões. Acontece que os problemas com essa peça quase que fundamental do guarda-roupa feminino podem ser evitados com algumas medidas simples.

Nós, do Incrível.club, preparamos um pequeno guia com os erros cometidos na hora do armazenamento, da escolha e do uso da meia-calça, e também como evitá-los a fim de aumentar a vida útil do seu produto. Confira!

Vestir descuidadamente

Aparentemente, é uma ação bastante simples. No entanto, às vezes não prestamos atenção aos pequenos detalhes que encurtam a vida útil das meias-calças. Cutículas ou joias (como pulseiras ou anéis) aumentam o risco de fazer pequenos furos, já que o tecido é fino. Alguns até aconselham a usar luvas finas na hora de vestir a peça.

Não dobrar adequadamente na hora de guardar

Para garantir que a meia-calça dure mais tempo é importante armazená-la corretamente. Não mantenha uma peça delicada como essa em uma bolsa misturada com outras coisas. Ao desembaraçar, as meias podem ficar presas em alguma coisa, fazendo com que elas se rasguem antes do previsto. Em vez disso, enrole-a adequadamente. Primeiro dobre no meio e depois enrole cuidadosamente. Você pode guardá-la em uma gaveta ou organizador.

Armazenar no mesmo lugar que as roupas íntimas

É necessário não apenas dobrar cuidadosamente a meia-calça como também mantê-la no lugar certo. Por exemplo, guardá-la perto de sutiãs e roupas íntimas de renda pode ser prejudicial. Os ganchos, fechos e até mesmo o próprio tecido de renda pode, aos poucos, danificar o tecido da meia. É melhor separar uma gaveta ou prateleira no guarda-roupa. Se você guarda no cabide, tenha cuidado, pois ele também pode danificar o tecido.

Preste atenção ao modo de lavar

A meia-calça pode ser lavada na máquina de lavar? Esse assunto é bem controverso. Enquanto alguns preferem evitar e lavar à mão, outros não veem problema em usar o eletrodoméstico. O principal é escolher uma lavagem de tecidos delicados e virar a meia do avesso para que as fibras não se desgastem. Também é importante lavar exclusivamente em água fria, pois assim preservará a cor e a textura das meias-calças.

Se for lavar à mão é necessário ter cuidado também

Se você não arrisca confiar suas meias-calças favoritas à máquina de lavar, lave-as em uma pia ou bacia. Prefira usar água morna e evite a quente: ela pode encolher o tecido. Tente não esfregar com muita força ou fazer movimentos bruscos para evitar danos ao tecido. É importante limpar não apenas a sujeira, mas também a área da virilha, já que é o local onde a maioria das bactérias se acumula. Deixe de molho por 10 minutos e enxágue com água fria.

Secagem incorreta

Algumas máquinas de lavar têm a função de secagem. Não é aconselhável usá-la para secar as meias-calças. Evite também pendurá-las no aquecedor: o calor pode deformar o tecido. Secar no varal é uma opção, mas tenha cuidado com o prendedor, pois ele pode danificar o tecido. A melhor alternativa é secá-la em uma superfície horizontal, longe da luz direta do sol.

Usar com sapatos ásperos

No outono e inverno, tiramos as botas do armário. O material áspero das botas pode facilmente danificar o tecido e o resultado são buracos nos dedos. Não é difícil evitar essa situação: basta usar uma meia adicional de algodão. Isto impede que o tecido fino das meias ou meias-calças entrem em contato com o interior do sapato.

Não verificar qual o material do fio

A embalagem indica de qual fio é feita a sua meia. Essas informações, que aparentemente são de pouca relevância, podem ajudar a prever a vida útil do produto. Os fios simples são mais fracos e menos duráveis.

Já o fio duplo torna a meia mais durável. Recentemente, o fio de microfibra se tornou bem popular por ser mais resistente e confortável.

Não levar em consideração a proporção certa de poliamida e elastano

Esses materiais são os mais prováveis de serem encontrados na composição das meias-calças. O teor ideal de elastano é de 8 a 20%. Se for inferior a 8%, o tecido é pouco elástico e a peça rapidamente irá perder a forma. E se for maior que 20%? Tais meias-calças têm um efeito corretivo. Elas ficam muito coladas ao corpo e acabam desacelerando a circulação sanguínea — logo, não é recomendado usá-las todos os dias.

Você conhece alguma outra dica sobre o melhor uso das meias-calças? Como costuma guardar as suas? Conte para gente na seção de comentários.

Compartilhar este artigo