Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

12 Invenções e descobertas científicas perturbadoras

Todos os dias, a ciência avança, ampliando os limites das capacidades humanas. Mas todas as descobertas e invenções são algo positivo para a humanidade? Causa uma certa inquietação saber, por exemplo, que, em breve, será possível transplantar cabeças humanas ou criar cérebros em laboratório a partir do zero.

No Incrível.club, decidimos investigar o assunto.

Transplante de cabeça

O neurocirurgião italiano Sergio Canavero está pronto para assumir a responsabilidade de uma das funções divinas: "reviver" pessoas. O cientista acredita que o transplante de cabeça humana é uma realidade possível e a primeira cirurgia será em 2018. O cirurgião já deu um novo corpo a ratos, cães e macacos, mas a reação cerebral ainda é desconhecida. Se o experimento de Sergio for bem-sucedido, isso não só criará uma revolução no mundo da ciência, como vai assustar a sociedade, lembrando a história de Frankenstein.

Amnésia artificial

Você gostaria de nunca mais sentir fobias, ansiedade, medos ou ter lembranças desagradáveis? Os cientistas estão prontos para eliminar todos os momentos sombrios de sua memória, sem tocar nas peças necessárias para que ela funcione bem, combinando tecnologias de digitalização do cérebro com inteligência artificial. Não há dúvida de que esta é uma boa notícia, mas, se pensarmos um pouco, talvez essa novidade possa ser usada para manipular o cérebro. Será que ainda pode ser considerada uma boa ideia?

Água em Marte

Em 2016, a NASA comunicou uma notícia fantástica: há pequenos lagos cobertos de gelo em Marte. Os cientistas não negam o fato de que a água pode fluir sob a superfície desse planeta, e onde há água, há vida. A descoberta nos faz pensar em uma civilização fora da Terra. Mas também abre possibilidade de colonização do planeta vermelho, já que a própria NASA vem divulgando que pretende enviar humanos pra lá até 2030.

Crianças de três pais

Em 2016, um bebê nasceu com os genes de três pais. A surpresa científica permitiu a um casal o nascimento de um bebê saudável, apesar do fato de a mulher sofrer de uma doença fatal. Mas esse não foi o primeiro experimento usando três genes. Um deles foi realizado nos anos 90, mas falhou e os bebês herdaram distúrbios genéticos.

Órgãos nascidos em tubos de ensaio

Cientistas de uma universidade austríaca passaram 15 semanas fazendo crescer em uma placa de laboratório o órgão mais importante do homem: o cérebro. A criação teve o mesmo nível de desenvolvimento que um embrião de nove semanas de gestação. Infelizmente e felizmente o tecido não consegue pensar, mas isso é apenas uma questão de tempo, já que os experimentos continuam. Neste caso, surge uma pergunta: isso realmente funcionará no futuro?

Doenças causadas por plásticos

O plástico tornou-se um pesadelo dos nossos dias. Nós o vemos em todos os lugares e não pensamos nas consequências negativas de sua fabricação, embora devêssemos, já que consumimos produtos químicos todos os dias. Essa substância pode causar câncer de útero, mama, ataques cardíacos, diabetes e uma série de outras doenças. Agora pelo menos você já está avisado!

Nanorrobôs dentro do corpo humano

Os nanorrobôs são do mesmo tamanho que as moléculas e se tornaram uma sensação entre os pesquisadores em 2015. Esses pequenos corpos são capazes de armazenar e entregar remédios para as partes mais danificadas do corpo e encontrar células doentes. É uma ótima descoberta, você concorda? Mas, se os microrrobôs chegarem às mãos de pessoas do mal, o que aconteceria? Já imaginou ser sequestrado e receber uma injeção de nanorrobôs que podem mata-lo?

Há um bilhão de planetas semelhantes ao nosso

Dois anos atrás, os funcionários da NASA chegaram à conclusão de que em nossa galáxia podem haver cerca de um bilhão de planetas parecidos com a Terra. Planetas em que a humanidade poderia continuar a existir. Esse fato nos faz pensar que não estamos sozinhos no universo.

Pele 3D

Se você ainda está espantado com as casas impressas em 3D, adicionaremos mais combustível à fogueira: os cientistas desenvolveram uma bio-impressora que produz pele humana totalmente funcional. Ela pode ser usada para transplantes e para alguns experimentos médicos.

Os micróbios evoluem mais rapidamente do que os medicamentos usados contra eles

Embora a medicina se desenvolva rapidamente e nos forneça antibióticos e vacinas contra muitas doenças, algumas bactérias continuam um pouco à frente da ciência. O vírus da gripe, por exemplo, muda muito rapidamente. Mesmo a vacina do ano passado já não é mais eficaz neste momento. Você pode achar difícil acreditar, mas no desenvolvido século XXI ainda existe probabilidade de morrer de tuberculose.

Um universo misterioso

Nosso universo é tão grande e misterioso que todo nosso conhecimento sobre isso é de apenas 4%. Os principais componentes são matéria escura e energia escura, que não foram investigados. A única coisa que os astrônomos têm certeza é de que o universo cresce graças às partes escuras. Ele se expandirá até ficar frio e devastado. Isso é incrível e assustador. Mas fique tranquilo: levará milhões de anos para isso acontecer e, quando a hora chegar, todos estaremos mortos.

Controle remoto do pensamento

Um pequeno fato curioso do mundo científico foi quando, em 1923, os pesquisadores aprenderam a controlar os neurônios e a provocar alguns movimentos involuntários nas extremidades do corpo, além de manipular sentimentos. Um touro furioso foi a primeira vítima do experimento. Esse animal foi tranquilizado em apenas um segundo, após pressionarem os botões de um controle remoto. Os cientistas ainda não conseguiram testar isso nos seres humanos.

Imagem de capa depositphotos