Incrível
Incrível

Por que é aconselhável deixar seu filho fazer bagunça na hora de comer

Fotos de bebês com comida espalhada por todo o rosto podem até ser fofinhas, mas mães e pais sabem muito bem que na hora de limpar aquela bagunça, toda a graça vai embora. É o que costuma acontecer quando a sopa espalhada vira uma arte abstrata no teto e há pedaços de comida jogados por todo o ambiente. E esses são apenas alguns exemplos dos desafios enfrentados pelos adultos em tais situações. Porém, de acordo com algumas pesquisas, toda a sujeira durante as refeições ajuda no desenvolvimento infantil. Sim, estamos falando daquele tipo de confusão que vale a pena deixar rolar.

O Incrível.club consultou alguns especialistas e traz neste artigo quatro bons motivos pelos quais você deve permitir que seu filho se suje, enquanto se alimenta. E aproveitamos para dar algumas dicas capazes de aliviar toda a confusão gerada na hora das refeições dos pequenos.

A bagunça, enquanto se alimenta, estimula a criança a comer de tudo

Uma equipe de pesquisadores com base no Reino Unido realizou uma pesquisa com um grupo de 70 crianças, com idades entre 2 e 5 anos. Os responsáveis pelo estudo esconderam um soldadinho de brinquedo dentro de um recipiente com comida pastosa, pedindo às crianças que o encontrassem. Além disso, os pais responderam algumas perguntas sobre a dieta normalmente oferecida aos respectivos filhos.

Segundo as conclusões obtidas, as crianças que gostaram de sujar as mãos durante a experiência tendiam menos a ter neofobia alimentar, uma desordem caracterizada pela relutância em comer alimentos desconhecidos.

Assim, não se apavore na próxima vez em que se deparar com seu filho com o corpo coberto de comida. Na verdade, isso pode ser útil para ele perder o medo de experimentar novos sabores.

Pode ajudar no desenvolvimento do cérebro infantil e fazer com que a criança aprenda palavras mais cedo

Um estudo descobriu que crianças com o hábito de sentar em cadeirões e brincar com a comida aprenderam mais rapidamente sobre alimentos e substâncias não sólidas.

Os cientistas concluíram ainda que a exploração manual — ou tocar na comida — é crucial para que as crianças reúnam mais informações, já que os sinais visuais tendem a ser vagos.

Os pequenos participantes da pesquisa também se mostraram capazes de identificar os nomes das substâncias, o que significa que eles poderão usar esse conhecimento na fase do aprendizado de palavras e do desenvolvimento da fala.

Uma forma de brincadeira sensorial que beneficia as habilidades motoras da criança

Uma criança aprendendo a agarrar e a manusear utensílios costuma representar uma bagunça sem tamanho. Porém, é com esse tipo de “caos” que o pequeno aprende durante sua jornada.

Além das barriguinhas, os cérebros infantis também são alimentados, mas de informações. Por exemplo, a criança aprende que soltar objetos faz eles caírem, que lançar coisas faz elas voarem, ou que apertá-las muda o seu formato.

Segundo um especialista, os bebês têm o instinto de se guiarem pelo tato, ou pelo desejo de explorar o mundo por meio desse sentido. E brincar com a comida requer o uso de áreas sensíveis do corpo, como as pontas dos dedos, lábios e língua.

Imagine como deve ser divertido e irresistível para os pequenos explorar as diferentes texturas e temperaturas dos alimentos: quente, frio, grudento, macio, rígido, etc.

Naturalmente, as crianças requerem independência, então não há problema em permitir que descubram os alimentos por conta própria

Um grupo de pesquisadores conduziu uma série de experimentos para determinar padrões no aprendizado infantil. Eles entregaram às crianças uma máquina, pedindo que elas descobrissem como o artefato funcionava.

Os responsáveis notaram que as crianças são como pequenos cientistas. Elas analisaram os dados ao seu redor e testaram várias hipóteses para determinar qual seria a mais eficiente.

A equipe percebeu ainda que estimular brincadeiras levou as crianças a pensarem mais, em comparação com dar instruções diretamente. Portanto, deixar os pequenos com a rédea solta na hora de comer pode não ser uma má ideia.

Limpar a sujeira pode dar um trabalho daqueles, então, confira algumas dicas para diminuir a bagunça

  • Sirva pequenos petiscos.
    Dê preferência a alimentos mais sólidos e fáceis de limpar, como panquecas ou frutas. Preparar uma versão mais espessa do mingau também pode diminuir as chances de ver o alimento escorrendo da colher.
  • Use um tapete ou jornal para juntar os pedaços que podem cair no chão.
  • Invista em cadeirões feitos de materiais fáceis de limpar.
  • Aposte em outros acessórios para minimizar a sujeira.
    Por exemplo, há no mercado babadores de silicone com um espaço para recolher alimentos e tigelas com ventosa na base, para evitar que elas escorreguem e caiam.

Quais são suas prioridades quando se trata da alimentação infantil? Você permite que seus filhos brinquem com a comida?

Imagem de capa atb7991 / Reddit
Incrível/Crianças/Por que é aconselhável deixar seu filho fazer bagunça na hora de comer
Compartilhar este artigo