Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Qual a dieta correta para você com base em sua idade

Um dos maiores mitos em que as pessoas podem acreditar é na existência de uma “dieta perfeita”. Não existem dois seres humanos idênticos e cada pessoa possui suas peculiaridades biológicas. Por isso, a alimentação ideal para um pode não ser a mais benéfica para outro.

Contudo, é possível afirmar que, dependendo da idade, existem alguns alimentos que devem ser evitados, enquanto outros devem ser consumidos com mais frequência, sempre com o intuito de preservar a saúde e a boa forma.

Nós, do Incrível.club, pesquisamos sobre os ingredientes e hábitos alimentares mais indicados para diversas faixas etárias. Encontre os seus e alimente-se melhor para ganhar mais qualidade de vida!

1. Na adolescência

Nessa fase da vida, o corpo está crescendo e se desenvolvendo em ritmo intenso, e é por isso que precisamos de muitos nutrientes. Por outro lado, costuma ser também o período em que muitos jovens passam a “pular” o café da manhã. Em geral, eles também se sentem atraídos pelos restaurantes fast-food, o que não é nada recomendável.

Se você está nessa faixa etária, não abra mão do hábito de tomar café da manhã todos os dias. E você nem precisa necessariamente parar de consumir suas guloseimas prediletas, e sim pensar na ideia de reduzir a quantidade. Inclua na sua dieta cálcio, proteína e alimentos ricos em ferro.

2. Na faixa dos 20

Quando chegamos à casa dos 20 anos, é o momento de dar ares mais saudáveis à chamada junk food! Substitua, por exemplo, as batatas fritas por pipoca ou chips de batata doce, o chocolate ao leite por chocolate amargo e o sorvete por iogurte. Além disso, apostar em frango grelhado é sempre uma ótima alternativa. Inclua alimentos ricos em ômega-3 e ácido fólico em suas refeições, como folhas verdes, pão, massas, nozes, salmão e sementes de chia.

3. Na faixa dos 30

Para dar sustentação às mudanças corporais que acontecem nessa faixa, priorize alimentos capazes de atuar na construção muscular e no fortalecimento ósseo. Ingredientes com alto teor de proteína, como ovos, sementes, nozes, produtos à base de soja, peito de frango e quinoa são grandes aliados. Leite e iogurte são fundamentais para dar força aos ossos. Contudo, se necessário, considere tomar suplementos de cálcio e proteína.

4. Na casa dos 40

Para regular o nível de açúcar no sangue e estimular o metabolismo, não deixe de incluir fibras em sua alimentação. Itens como brócolis, grãos integrais e batatas com casca são ótimas opções para isso. Fast-food deve ser evitado, mas se você for fã dos hambúrgueres, pode se permitir consumir as versões vegetarianas! Elas são saudáveis e ricas nas fibras que você precisa. E em vez de pedir sanduíches delivery, prefira preparar seus próprios hambúrgueres em casa, de maneira muito mais saudável. Outras boas escolhas são sanduíches naturais, além de laticínios sem gordura e muitas frutas e legumes. Em cada refeição, não se esqueça de incluir proteína!

5. Na faixa dos 50

Com a idade, o ritmo do nosso metabolismo diminui consideravelmente, e é justamente por isso que a recomendação é dar mais espaço no prato para alimentos que o corpo consegue digerir com mais facilidade. Quando estamos na faixa dos 50, uma boa opção pode ser trocar o leite de vaca pelo de amêndoas, substituindo ainda os cereais comuns por opções sem adição de sabores artificiais nem açúcar. Para adoçar, aposte no mel. E para desacelerar os sinais do envelhecimento, coma bastante abacate, brócolis, mirtilo, nozes e espinafre. Ah, e comer maçãs é útil para reduzir o colesterol e diminuir o risco de diabetes.

6. Na faixa dos 60

Quem está vivendo sua sexta década precisa incluir 5 porções de vegetais e 2 de frutas na dieta, todo santo dia. A prioridade deve ser para alimentos com muito ferro em sua composição, como espinafre, lentilha e feijão. Grãos de soja e folhas verdes também ajudam a manter a boa forma. Outra dica importante: corte o sal dos seus pratos e verifique a quantidade de sal indicada nos rótulos dos alimentos. Beba mais água e evite ao máximo junk food e doces.

Em sua opinião, sua dieta é adequada para sua faixa etária? Que alimentos não tão recomendados você não consegue deixar de consumir? Comente!