Incrível
Incrível

Cientistas contam o que aconteceria com o seu coração se você comesse morangos com frequência

Os morangos estão entre as frutas consideradas mais deliciosas pela maioria das pessoas. Sua cor vermelha vibrante e sua textura suculenta aguçam o apetite e ainda são um deleite para os olhos, mas esse alimento também se destaca por suas propriedades nutricionais e por seus benefícios para o organismo. Na verdade, um estudo revelou o efeito da ingestão de morangos para evitar doenças cardiovasculares. Os resultados podem fazer você se apaixonar por essa fruta.

Incrível.club quer compartilhar com você a relação existente entre o consumo de morangos e a melhora da saúde cardíaca. E, no final do artigo, você encontrará um bônus com outros benefícios da fruta para a sua saúde. Lembre-se de consultar seu médico ou nutricionista antes de fazer qualquer alteração na sua dieta.

Os riscos das doenças cardiovasculares

As doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo, responsáveis por ceifar aproximadamente 17,9 milhões de vidas por ano, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). Os ataques cardíacos são a principal causa de mortes por doenças cardiovasculares, mas os pesquisadores descobriram uma maneira de reduzir esse risco.

Por que o morango é um superalimento

Os morangos são considerados uma espécie de superalimento devido ao seu elevado poder nutricional. Eles são compostos principalmente de água (91%) e, por isso, possuem poucas calorias. São, ainda, uma boa fonte de vitamina C e ricos em fibras. Além disso, possuem propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes. No entanto, seus benefícios não param por aí, pois consumir essas bagas tem um efeito positivo no sistema circulatório.

Por que os morangos são benéficos à saúde do coração

Um estudo relacionou o consumo de frutas vermelhas à redução dos fatores de risco de problemas cardiovasculares em pessoas saudáveis. Os morangos melhoram a saúde porque contêm altas concentrações de fitoquímicos chamados antocianinas, um componente que confere a cor vermelha à fruta e cujo consumo ajuda a prevenir o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.

Qual é a quantidade de morangos que se deve consumir

Em uma pesquisa, 23 participantes (11 homens e 12 mulheres) se alimentaram de 500 gramas de morangos diariamente durante um mês. Segundo os resultados, incluir essa baga em uma dieta saudável serve como medida preventiva contra doenças cardiovasculares, pois ajuda a diminuir os níveis de colesterol, triglicérides e lipoproteínas de baixa densidade.

Um outro estudo, envolvendo 93.600 mulheres com idades entre 25 e 42 anos, mostrou que aquelas que ingeriram uma maior quantidade de morangos tiveram uma probabilidade 34% menor de sofrer um ataque cardíaco do que as que comeram uma menor quantidade dessa fruta. Assim, é aconselhável consumir três ou mais porções de morangos por semana.

Bônus: outros benefícios à saúde

Além de melhorar o funcionamento do sistema cardiovascular, o consumo de morangos pode estar associado à prevenção de outras doenças ou distúrbios. Aqui, listamos como o consumo dessa fruta pode ter um impacto positivo no seu organismo:

  • A ingestão de uma ou mais porções por semana pode reduzir o risco de desenvolver Alzheimer, devido à ação neuroprotetora da pelargonidina, das antocianinas e dos flavonoides contidos nos morangos.
  • O consumo diário de morangos pode aumentar a capacidade antioxidante do organismo.
  • Os morangos podem ajudar na perda de peso, porque são ricos em fibras. Eles são quase inteiramente compostos por água e têm poucas calorias.

Você conhece outros alimentos que ajudam a manter o coração saudável? Quais receitas com morangos poderia sugerir?

Incrível/Saúde/Cientistas contam o que aconteceria com o seu coração se você comesse morangos com frequência
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos