10 Maneiras de reduzir ou evitar o surgimento de varizes

As varizes aparecem quando as chamadas “válvulas venosas” não funcionam adequadamente e o sangue começa a se acumular em vez de se dirigir ao coração. Assim, as veias aumentam, dilatam-se e ficam com excesso de sangue. Com o tempo, ficam inchadas e de cor púrpura-azulada ou vermelha. As causas das varizes são diversas. Elas se desenvolvem devido a fatores como idade, histórico familiar, gravidez e obesidade, entre outros.

O Incrível.club pesquisou sobre o assunto e concluiu que, embora não seja possível evitar totalmente a formação das varizes, existem, sim, maneiras de reduzir a probabilidade de elas aparecerem ou piorarem. E estas são algumas delas:

1. Evite ficar sentado ou em pé durante períodos prolongados

Ficar em uma mesma posição durante muito tempo dificulta a passagem do sangue pelas veias das pernas e isso resulta em um aumento da pressão sobre elas. Com o tempo, a imobilidade pode fazer com que o sangue se acumule ao redor dos tornozelos, pés e panturrilhas, deixando essas regiões do corpo inchadas e doloridas. Fazer movimentos suaves de tempos em tempos ajuda a diminuir a pressão nas veias, melhorando a circulação. Você pode definir um alarme como um lembrete para mudar de posição ao menos a cada 30 minutos e dobrar os joelhos regularmente.

2. Caminhe ou faça exercícios flexionando os pés

A atividade física regular envolvendo algum tipo de flexão dos pés pode melhorar o bombeamento de sangue nos músculos da panturrilha. Especialistas acreditam que esse tipo de movimento (ainda que a atividade seja leve ou moderada) pode ajudar na melhora da circulação sanguínea. O exercício vigoroso, por outro lado, pode agravar o estado das varizes. Se você já tem de lidar com esse problema, consulte primeiro seu médico sobre a frequência, o tipo e a intensidade dos exercícios recomendados.

3. Eleve as pernas

Se puder, faça isso três ou quatro vezes ao dia por cerca de 15 minutos. Essa posição o ajudará a manter a circulação sanguínea. Se tiver varizes leves a moderadas, elevar as pernas reduzirá o inchaço na região e aliviará outros sintomas. Simples e eficaz.

4. Use meias de compressão

As meias de compressão (mesmo as mais básicas) podem ajudar na circulação, reduzindo o acúmulo de sangue que causa as varizes, o inchaço e a dor. Vale destacar que existem modelos com diversos tipos e níveis de compressão. Converse com seu médico para escolher uma dessas opções: leve, moderada, firme ou extrafirme.

5. Procure controlar seu peso

Como já mencionamos, as varizes podem se desenvolver em razão de vários fatores, entre eles, a obesidade. Por isso, procure cuidar do seu peso. Isso, além de trazer diversos outros benefícios, vai melhorar o fluxo sanguíneo e aliviar a pressão nas veias.

6. Ingira mais flavonoides

Vamos agora à questão da alimentação. Aqui, o recomendado é adotar uma dieta à base de carboidratos complexos, ingerindo, também, uma quantidade adequada de proteínas e gorduras saudáveis. Procure incluir, ainda, em sua dieta, alimentos ricos em fibras e potássio e evite produtos com muito sal, pois podem fazer o corpo reter água.

É recomendável, ainda, ingerir uma quantidade adequada de alimentos com flavonoides, substâncias que podem ajudar a melhorar a circulação sanguínea, reduzir a pressão arterial e relaxar os vasos sanguíneos. Entre os alimentos ricos nessas substâncias estão cebola, alho, pimentão, espinafre, brócolis, cacau, uvas, frutas cítricas, mirtilos, morangos, cerejas e maçãs.

7. Evite tomar banhos muito quentes e ficar muito tempo em saunas

O calor possui um efeito negativo sob as varizes, pois é vasodilatador. Nesse sentido, é mais indicado tomar banho com água fria, que ajuda a contrair os vasos. Isso pode aliviar o inchaço e a sensação de peso, bem como o desconforto geral e as cãibras nas pernas.

8. Tente não usar calças muito justas ou sapatos com salto alto

As calças exageradamente justas podem exercer muita pressão em suas pernas, restringindo o fluxo sanguíneo. Por isso, se você tem varizes, procure usar roupas confortáveis, soltas na cintura ou nas pernas, especialmente se precisar ficar em pé o dia todo.

Da mesma forma, evite salto alto. Usá-lo restringe a amplitude dos movimentos dos pés ao caminhar, mantendo os músculos da panturrilha contraídos. Como resultado, esses músculos não permitem o fluxo livre do sangue pelas veias. Essa perda de eficiência, por sua vez, pode resultar no acúmulo de sangue nas veias das pernas.

9. Hidrate-se

Quando você está hidratado, o sangue tende a se diluir melhor, pois fica mais “fino”. Isso, por sua vez, diminui a probabilidade de coagulação.

10. Durma virada para o lado esquerdo se estiver grávida

A gravidez é uma das principais causas das varizes. Dormir sobre o lado esquerdo pode ajudar a prevenir sua formação e aliviar os sintomas das já existentes. Essa posição reduz a pressão exercida pelo útero em expansão na grande veia da região pélvica, localizada no lado médio direito do corpo.

Bônus: por que manter as pernas cruzadas não causa varizes

Por muito tempo, cruzar as pernas sentado foi considerado um hábito nocivo do ponto de vista do surgimento de varizes. O fato é que, na verdade, não existem evidências sobre isso.

As varizes se formam devido a um problema nas válvulas. Quando estão enfraquecidas ou danificadas, a força da gravidade empurra o sangue para baixo, causando insuficiência venosa e causando as varizes — basicamente, acúmulo de sangue.

Como já mencionamos, ficar em pé ou sentado por muito tempo pode aumentar o risco de desenvolver o problema, mas cruzar as pernas, não.

O tratamento mais adequado difere de paciente para paciente; alguns podem ser tratados de forma eficaz com meias de compressão, outros requerem procedimentos cirúrgicos. A determinação do tratamento deve levar em consideração fatores como sintomas, localização, gravidade e causa do problema. Consulte um especialista para avaliar e explicar qual procedimento é o mais indicado no seu caso.

Você tem varizes? Se a resposta for afirmativa, quais são as recomendações para não piorarem?

Compartilhar este artigo