Incrível
Incrível

15 Detalhes sobre os príncipes da Disney que muitas vezes passam despercebidos

Enquanto as princesas da Disney atraem a atenção dos espectadores, os príncipes também merecem seu crédito. Isso porque, ao longo das décadas, surgiram várias mudanças no jeito de representá-los, passando de príncipes encantados a heróis com nomes e personalidades próprios. Dessa forma, são revelados detalhes que refletem parte da trama, tornando esses caras tão relevantes quanto suas companheiras.

Nós, do Incrível.club, pesquisamos sobre os príncipes da Disney para revelar partes de suas histórias que muitas vezes são negligenciadas na emoção dos filmes.

1. Eric foi o primeiro príncipe a ser resgatado por sua princesa

Quase sempre as princesas da Disney são resgatadas pelos príncipes. Mas, em A Pequena Sereia, Eric se tornou o primeiro príncipe da franquia a ser salvo pela protagonista, que, ao longo da história, o resgatou duas vezes: a primeira quando ele caiu no mar e a segunda quando enfrentou Úrsula no clímax do filme.

2. John Smith realmente existiu

John Smith foi um soldado e explorador capturado pelos nativos americanos, ao se estabelecer em suas terras. Acredita-se que tenha sido resgatado por uma garota da tribo que o manteve refém, mas a veracidade do evento nunca pôde ser verificada.

A versão da Disney de John Smith, além de ter uma aparência diferente do personagem histórico, também tem outra personalidade. Enquanto o sujeito real era autoritário e obstinado, o Smith fictício é gentil e amigável. Este também passou muitos anos com Pocahontas, mas nunca tiveram um relacionamento amoroso, segundo certos documentos.

3. A pena no turbante de Aladim indicava quando ele estava mentindo

Devido aos preconceitos sofridos em sua vida, Aladdin tinha medo de contar a verdade a Jasmine. Por isso, sempre acabava mentindo. E toda vez que fazia isso, a pena de seu turbante caía sobre seu rosto, como reflexo de sua falta de sinceridade.

4. Li Shang foi o primeiro príncipe da Disney que não deu um primeiro beijo na parceira

No primeiro filme de Mulan, Li Shang nunca beijou a protagonista da história, mesmo gostando dela. Além disso, foi o primeiro príncipe da Disney a mostrar gratidão e respeito pelos atributos da heroína.

5. John Smith foi o único príncipe da Disney que não ficou com a princesa

Por ter se ferido na primeira parte de Pocahontas, John Smith teve de retornar à Inglaterra para passar por um tratamento médico. Ele a convidou para ir junto, mas ela recusou, pois sentia ser necessária em sua tribo.

Na sequência, Smith a convidou novamente, mas para percorrer o mundo. Infelizmente, Pocahontas já não sentia mais nada por ele, por isso recusou de novo. Ele aceitou a decisão dela e partiu.

6. Flynn foi concebido como um anti-herói

Os produtores de Enrolados queriam se distanciar do clássico herói masculino da Disney, considerando-os “bastante frouxos” em determinadas ocasiões. Dessa forma decidiram que Flynn, em vez de ser um príncipe, seria um ladrão carismático e encantador, acrescentando também um toque mundano para contrastar com a visão limitada de Rapunzel sobre o mundo exterior.

7. Hans é o único príncipe da Disney que interpreta o vilão

De todos os príncipes da Disney, Hans é o único que interpreta o vilão. Isso o torna peculiar, pois se apresenta como uma pessoa gentil, que se simpatiza com a princesa solitária, conseguindo fazê-la se apaixonar por ele após se conhecerem. Assim, consegue manipulá-la para finalmente revelar suas verdadeiras intenções.

Enquanto havia muitos vilões que fingiam ser bons na Disney, o caso de Frozen é diferente, pois Hans não deu nenhum indício de ser malvado. Normalmente, o espectador já sabe quando um personagem é mau e finge estar do lado do protagonista. Mas aqui Hans conseguiu esconder sua natureza até quase o final do filme.

8. Naveen beijou Tiana mais de uma vez

Quase no começo do filme A princesa e o sapo, Tiana beijou Naveen quando este era um animal. No entanto, também houve outras ocasiões em que trocaram beijos, tornando-se, assim, o casal que mais se beijou nos filmes da Disney.

9. Eric foi o único príncipe da Disney a se tornar pai

Embora existam vários filmes de princesas da Disney que tiveram suas sequências, somente em A Pequena Sereia foi possível ver o casal principal formar uma família. O príncipe Eric se tornou pai de uma menina chamada Melody, de quem cuidava com muito amor. Quando ela escapou para o fundo do mar, ele até moveu uma frota inteira para recuperá-la.

10. Aladdin é o único príncipe protagonista da Disney

Embora existam muitos filmes com protagonistas masculinos, Aladdin é o único da franquia de “princesas da Disney” a ter um príncipe como protagonista. Além disso, foi o primeiro a obter seu título real ao se casar com uma princesa.

11. O príncipe Phillip foi o primeiro a ter um nome próprio

Enquanto em Branca de Neve Cinderela não se falam nos nomes dos príncipes, em A Bela Adormecida este é mencionado na história. Também é o primeiro da franquia a ter mais diálogos que seus antecessores e a derrotar um vilão, cumprindo, assim, o papel de príncipe e herói.

12. O príncipe encantado de Branca de Neve quase teve um destaque maior

O príncipe da Branca de Neve talvez seja o personagem com menos aparições na tela, pois só é visto no início e no final do filme. Os produtores planejavam dar maior relevância ao personagem, mas, devido a problemas de animação, decidiram cortar suas cenas.

13. Kristoff e Li Shang são personagens terciários

Kristoff e Li Shang (os príncipes da Disney de FrozenMulan) têm em comum o fato de serem personagens terciários. Além disso, também possuem outras semelhanças, como serem pensativos, tímidos e lógicos, em comparação com as princesas, que possuem um espírito mais aventureiro. E nenhum dos dois se casou mais tarde, nas sequências.

14. Naveen e a Fera não mostraram sua forma humana em muitos de seus filmes

Os filmes A Bela e a Fera A Princesa e o Sapo têm em comum o fato de os príncipes não mostrarem sua aparência humana em grande parte da história. Enquanto a Fera recupera sua humanidade quase no final, o príncipe Naveen é visto como humano apenas no começo e no desfecho da trama.

15. O desenho da Fera se inspirou inicialmente em um búfalo

Ao dar vida à Fera, o criador do desenho do personagem disse ter se inspirado na cabeça de um búfalo. Mas, enquanto fazia os esboços, também acrescentou outros animais como javali, leão, gorila, urso e lobo.

Seu objetivo era criar uma figura animalesca, pois queria se afastar da versão alienígena do conto original. Depois de pegar as partes de diferentes criaturas, conseguiu criar um ser antropomórfico que combinava com o entorno em que o filme se passava.

O que você admira nos príncipes da Disney? Qual deles você gostaria que tivesse seu próprio filme?

Incrível/Arte/15 Detalhes sobre os príncipes da Disney que muitas vezes passam despercebidos
Compartilhar este artigo
Você pode gostar destes artigos