Incrível

Como é a sua especiaria favorita antes de chegar ao mercado

Embora normalmente não usemos mais de 30 temperos diferentes na cozinha, existem mais de 100 tipos deles no mundo. E muitos, como sabemos, não são consumidos na forma de folhas — caso, por exemplo, das pimentas, do gergelim (que cresce em vagens) e do açafrão — uma espécie de flor!

No Incrível.club, sempre queremos saber mais sobre o mundo que nos cerca, especialmente quando o assunto é comida. Então, apresentamos uma lista de 15 especiarias populares e mostramos como elas são antes de chegar às prateleiras de sua mercearia ou supermercado.

1. Gergelim

Essas pequenas sementes pretas ou brancas, perfumadas, que costumamos encontrar em pães ou em vários pratos, na verdade crescem em vagens. A planta, que tem flores lilases ou brancas, pode crescer até quase 3 metros de comprimento. Uma vagem, que geralmente é muito pequena — com cerca de 3 a 5 cm -, pode ter até 100 sementes. O gergelim cresce em climas quentes e secos, pois é uma planta muito tolerantes à seca.

2. Açafrão

O nome desse tempero em grego significa “fio” ou “fibra”. A parte mais valiosa são os estigmas vermelhos. O pistilo deve ser colhido rápido, já que a flor morre em pouco tempo; por isso o açafrão é conhecido como um tempero requintado e muito caro.

3. Wasabi

Nem todos os amantes de sushi percebem que o wasabi é uma raiz e que às vezes é chamado, inclusive, de raiz-forte japonesa. A planta, em si, tem folhas em forma de coração e pequenas flores brancas e a raiz é ralada em pastas e pós. O wasabi costuma crescer em lugares escuros e úmidos, mas também pode ser cultivado jardins.

4. Cardamomo

O cardamomo é uma das especiarias mais caras que existem e é por isso que às vezes é chamado de “rainha das especiarias”. Os frutos verdes da planta têm um aroma muito forte. Eles precisam ser coletados, secos ao sol, depois umedecidos e secos novamente. Isso resulta em cápsulas triédricas brancas com um comprimento que pode variar entre 1 e 1,5 centímetro.

5. Noz-moscada

A árvore de noz-moscada, em si, é alta, com cerca de 10 a 12 metros. A parte mais importante são os seus frutos grandes, que parecem pêssegos. Uma vez totalmente maduros, eles explodem ao meio e os caroços ficam expostos — são coletados, secos e triturados.

6. Pimenta-preta (ou pimenta do reino)

As pimentas se desenvolvem nas lianas (plantas lenhosas e trepadeiras que crescem nas árvores) em alta umidade e calor estável, em regiões como a Ásia, e seu comprimento pode chegar a 15 metros. As pequenas pimentas florescem de maneira simples, com minúsculas flores brancas e que são colhidas em formato de uma longa espiga. Os frutos são redondos e verdes e, depois, ficam escuros, ganhando a aparência que a maioria de nós conhece.

7. Mostarda

Você já se perguntou por que a mostarda tem uma cor amarela? É por causa de suas lindas flores. A planta cresce em campos e as flores amarelas começam a surgir no final de setembro — início de outubro no hemisfério Norte. Então, suas sementes são colhidas e secas. Elas são usadas principalmente na culinária e na medicina.

8. Cominho

O cominho é uma planta resistente ao gelo, à luz e à umidade e suas inflorescências são muito semelhantes às da salsa. As sementes são coletadas antes de amadurecer e deixadas em um local escuro e seco. A propósito, como tempero, você pode não apenas usar as sementes, mas também as folhas jovens. Elas contêm minerais, vitaminas A e C, e o mesmo óleo essencial que as sementes.

9. Anis-estrelado

Esses arbustos são conhecidos por suas estrelinhas — os raios marrons que escondem suas perfumadas sementes. Ao mesmo tempo, todas as partes do arbusto, incluindo as raízes, têm o mesmo cheiro agradável. O fruto, em si, é composto por um número de pequenas vagens em forma de estrela. Depois que amadurece, as cápsulas estouram e as sementes se tornam visíveis.

10. Alcaparras

As alcaparras são apenas botões de flores que crescem em pequenos arbustos com hastes longas. E durante o período de floração, a planta se abre mostrando lindas flores cor-de-rosa ou brancas. As alcaparras nunca são comidas cruas; geralmente, são apresentadas em conserva ou enlatadas em uma mistura de vinagre e sal.

11. Cúrcuma

A cúrcuma não é apenas um tempero famoso no mundo, mas também uma bela planta que pode ser decorativa. O principal fornecedor mundial de cúrcuma ou açafrão-da-terra é a Índia. Além disso, esse tempero é, na verdade, uma raiz. Ela é removida do chão e mergulhada em água fervente durante um minuto. Isso ativa suas células, que começam a secretar um pigmento cor-de-laranja. Depois disso, a raiz é seca e moída para ser apresentada em pó.

12. Baunilha

A baunilha cresce em trepadeiras perenes e, na verdade, vem da América Central. Desde os tempos antigos, os povos indígenas do México — os totonaki e os astecas — colhiam vagens de baunilha e as adicionavam a bebidas da árvore de chocolate — que conhecemos hoje como cacau. Hoje em dia, a baunilha é geralmente seca e apresentada em pó ou como essência líquida.

13. Cravo

Os cravos são os botões secos das flores do cravo-da-índia tropical e apenas os botões fechados são usados para fazer o tempero. A árvore floresce duas vezes por ano, mas produz colheitas abundantes; por isso, o preço desse tempero é baixo.

14. Alecrim

O alecrim é nativo da região do Mediterrâneo e se traduz como “orvalho do mar”. Cresce em um arbusto verde, lenhoso e perene, com folhas semelhantes às agulhas de coníferas. O tempero é feito dos brotos jovens de um arbusto — que deve ser seco e moído. Também pode ser consumido fresco.

15. Sálvia

A sálvia cresce em lugares abertos, encostas e margens de córregos e rios em arbustos com 30 a 40 centímetros de altura. Tem lindas flores azul-violeta, mas são as folhas que usamos como tempero. A sálvia seca é usada ativamente não apenas na culinária, mas também na medicina.

Você usa alguma dessas especiarias em casa? Conhece outros temperos que parecem incomuns enquanto crescem? Teremos o maior prazer em ler seus comentários!