Mulher rompe estereótipos ao vencer o primeiro concurso sem maquiagem do mundo

Gente
há 4 meses

Uma auxiliar de dentista esteve presente no que foi chamado de “primeiro” concurso de beleza do mundo sem o uso de maquiagem. Há vários concursos de beleza onde as participantes enfrentam uma etapa sem a permissão de aplicar qualquer produto cosmético em seus rostos. Porém, neste evento específico, o Miss Londres 2023, teve a participação de quase vinte mulheres que permaneceram sem maquiagem durante toda a competição.

Saiba mais sobre o projeto

Todas caminharam pela passarela e buscaram encantar os jurados com suas faces naturais e vestimentas de origem ética. Esta foi a primeira ocasião em 95 anos de história do concurso Miss Inglaterra que houve uma fase com modelos sem maquiagem.

Os responsáveis pelo evento declaram que isto é uma inovação para a Grã-Bretanha e possivelmente para o mundo. Eles tinham a expectativa de que a fase sem maquiagem “fortalecesse as mulheres, elevasse a autoestima e propagasse uma imagem corporal mais autêntica, pois foca em pessoas reais”.

Quem ganhou a coroa da primeira edição?

Natasha Beresford, de 26 anos, foi a campeã que conquistou a coroa. Ela iniciou sua carreira como auxiliar de dentista no Hospital Odontológico Royal London em 2021 e atualmente trabalha em uma clínica odontológica privada em Chiswick. “Acho meu trabalho muito gratificante, ao longo dos anos trabalhei no NHS, bem como em consultórios odontológicos particulares e de atendimento de urgência”, declarou.

Por ora, ela tem o desejo de realizar mais capacitações em radiografia odontológica e instrução em saúde bucal. Atualmente, ela se prepara para competir na final do Miss Inglaterra, que ocorrerá ainda em 2023.

Por incrível que pareça, cada vez mais, os padrões da “perfeição”, então sendo quebrados e a beleza natural está cada vez mais sendo normalizada. Parece que temos um avanço por aqui, certo?

Comentários

Receber notificações
Sorte sua! Este tópico está vazio, o que significa que você poderá ser o primeiro a comentar. Vá em frente!

Artigos relacionados