Mãe paga o filho para arrumar a casa, cobra aluguel e é criticada

há 11 meses

Através das tarefas executadas, uma mãe decidiu oferecer 1 dólar ao seu filho, no entanto, ao final da semana, ela cobra aluguel, água, luz e até mesmo a internet utilizada. Há pais que alegam que ela está explorando seu filho, embora outras pessoas a elogiem por estar ensinando a criança a ser responsável.

Não há uma fórmula universal para educar um filho, já que cada família possui suas próprias crenças e valores. Porém, é importante ter em mente que existem limites estabelecidos pela sociedade e pela lei que não devem ser ultrapassados, embora esses limites possam ser relativamente flexíveis.

A ideia dessa mãe reflete em uma perspectiva baseada de que, ao ensinar as crianças a serem responsáveis e autossuficientes desde cedo, elas terão um futuro mais próspero e bem-sucedido.

A usuária do TikTok @CraftedAndCozy segue um método bastante polêmico com seu filho, o qual decidiu compartilhar com outros usuários da plataforma. Segundo as regras estabelecidas por ela, todas as semanas seu filho de sete anos recebe um dólar por cada atividade realizada ao longo do dia.

Para muitas pessoas, a prática descrita acima é considerada positiva, uma vez que a mãe está ensinando seu filho a ser responsável e incentivando-o a colaborar nas tarefas domésticas.

Contudo, o ponto crítico dessa abordagem é que, ao final de cada semana, o filho deve prestar contas do dinheiro que recebeu e parte desse valor é destinado ao pagamento das contas domésticas, sendo necessário devolver essa quantia à mãe. Dessa forma, a criança é ensinada a arcar com obrigações similares às de um adulto, como o pagamento de impostos e serviços, além de reconhecer o direito de moradia dentro da residência.

Embora a criança fique com uma parcela do dinheiro recebido, essa prática simula, de certa forma, como seria o trabalho na idade adulta, com uma parte dos ganhos sendo destinada ao país e estado em que ele habita.

Na opinião da mãe em questão, essa abordagem prepara seu filho para o futuro e ilustra a realidade de que, muitas vezes, grande parte do salário é destinada a pagar contas e impostos. No entanto, nem todos os pais concordam com essa metodologia, pois alguns acreditam que ela pode ser vista como uma forma de tirar vantagem da criança. Inclusive,algumas pessoas argumentam que essa abordagem apenas alivia a responsabilidade dos pais nos cuidados com a casa.

Contudo, nem todos os comentários em relação a essa prática são negativos. Há também quem afirme que gostaria de ter sido criado dessa maneira, uma vez que isso poderia tornar a adaptação às responsabilidades e frustrações da vida adulta menos dolorosa. Confira o vídeo da mãe na íntegra.

Imagem de capa Gustavo Fring / pexels

Comentários

Receber notificações

Pelo menos o moleque recebe um salário, eu não recebia nada e ainda era criticada 😕.

-
-
Resposta

Artigos relacionados