Como o movimento bodypositive revolucionou a moda e quebrou os antigos e engessados estereótipos de beleza

Famosos
há 9 meses

Paris, Milão, Nova York e Londres já garantiram há muito tempo seus títulos como as maiores capitais mundiais da moda. No entanto, as principais tendências que influenciarão a roupa de banho que usaremos nas próximas estações são decididas na quente cidade de Miami, durante a Miami Swim Week. E esse não é um desfile de moda comum, e sim um verdadeiro manifesto.

MAVRIXONLINE.COM/EAST NEWS, Alberto E. Tamargo/Sipa USA/East News, © Yaroslav Sabitov/YES Market Media / Alamy Stock Photo

A “fashion week” dos trajes de banho é tradicionalmente realizada em julho em vários locais da cidade e reúne dezenas de estilistas do mundo todo. A primeira coisa que chama a atenção ao ver as fotos dos desfiles é a diversidade de modelos.

MAVRIXONLINE.COM/EAST NEWS, Johnny Louis/Sipa USA/East News

Enquanto alguns anos atrás os trajes de banho eram exibidos por garotas altas e bronzeadas com um físico esportivo, hoje — cada vez mais — o destaque do evento são mulheres cuja silhueta não se encaixava nos ideais ultrapassadas de beleza. As modelos continuam a exalar uma incrível feminilidade e autoconfiança, mas têm uma aparência muito mais “terrena” e real. Elas provam que a beleza feminina é muito mais do que apenas um padrão.

AP/EAST NEWS

Os desfiles da Miami Swim Week geralmente têm uma mensagem social importante, e os estilistas não perdem a oportunidade de destacar tópicos atuais. Por exemplo, em 2018, a modelo Mara Martin chamou a atenção de todos ao caminhar pela passarela com sua filha de cinco meses nos braços. Enquanto a mãe sorria para a câmera, o bebê amamentava. E para evitar que o barulho do ambiente perturbasse a paz do bebê, a pequena estava usando fones de ouvido especiais para bloquear os ruídos.

Em 2019, a estrela de um dos eventos foi a modelo plus size Ashley Alexiss. Ela usa roupas tamanho 50 e tem uma altura de 1,63 m, mas isso não a impediu de atingir o sucesso no mundo das passarelas. Ashley é embaixadora de várias marcas de lingerie e até desenvolveu sua própria linha de roupas para mulheres exuberantes. “Sei que a figura perfeita não existe, mas meu corpo é perfeito para mim, e isso é o suficiente”, declara a modelo.

No mesmo ano, a dançarina profissional Christie Valdiserri, que sofre de alopecia areata, participou do desfile de moda. A garota decidiu dar um passo ousado e tirou a peruca durante o desfile. Christy disse que, com seu exemplo, queria dar esperança às pessoas que também sofriam de queda de cabelo.

Alberto E. Tamargo/Sipa USA/East News

Em 2021, a modelo brasileira Bruna Lima foi o centro das atenções ao desfilar grávida. “Foi ótimo desfilar na passarela com uma barriga de 8 meses e mostrar como uma mulher grávida é linda. Estou ansiosa para mostrar as fotos para minha filha e contar a ela que participamos da Miami Fashion Week juntas”, compartilhou a brasileira.

A Miami Swim Week-2023 foi particularmente colorida. No Sports Illustrated Swimsuit Show, uma das modelos mais famosas da Suécia, Vendela Kirsebom, foi a sensação. A carreira de Vendela no ramo da moda se estende por mais de 40 anos e, neste ano, ela comemorou seu 56º aniversário.

Wendela estava acompanhada pela vice-reitora aposentada Nina Cash, de 56 anos

Influenciadora Achieng Agutu.

Modelo Jena Sims.

Carol Alt, modelo de 62 anos.

A também mãe de três filhos, Sharina Gutierrez.

Como podemos ver, não é necessário ter os parâmetros 90-60-90 para ser uma modelo. Porém, é preciso ter muita coragem e firmeza para desafiar a sociedade e os padrões arraigados, como fez, por exemplo, a bela Paulina Porizkova. A modelo aceita totalmente as mudanças em sua aparência e afirma com orgulho: “Meu rosto é o romance da minha vida”.

Imagem de capa MAVRIXONLINE.COM/EAST NEWS, Alberto E. Tamargo/Sipa USA/East News, Alberto E. Tamargo/Sipa USA/East News, Yaroslav Sabitov/YES Market Media / Alamy Stock Photo

Comentários

Receber notificações

Querem enfiar essa moda de obesidade goela abaixo, nunca vou achar bonito. Tenho saudade de abrir as revistas e sites e ver mulheres lindas e inspiradoras. Hoje tá difícil.

-
-
Resposta

Artigos relacionados