20+ Experiências de pessoas à beira da inveja absoluta

Histórias
Há 1 semana

Infelizmente, ninguém está imune ao infame sentimento da invenção — a única coisa que podemos fazer é tomar mais cuidado com nossas emoções. E se você já presenciou uma manifestação clara de inveja por parte de algum amigo ou parceiro, talvez seja melhor evitar essa pessoa.

«Há um gato que vive no jardim do prédio do nosso escritório. Ele é alimentado todo dia pelo pessoal e se sente o dono do local. Esta foi a reação dele quando decidimos dar comida a outro gatinho»

***

Há alguns anos eu estava fazendo uma reforma. Juntei dinheiro por alguns anos e ainda tive de pedir dinheiro emprestado pela primeira vez na vida. Comprei materiais, contratei uma equipe e tive de lidar com todas as «maravilhas» que acompanham as obras. Por um ano. Respirei fundo e decidi passar um tempo fora da cidade. Após algumas semanas, minha vizinha me ligou: «Não fique nervosa, ela apenas está infeliz e com inveja». O que aconteceu foi que a senhora do andar de cima reclamou do barulho para a minha vizinha, reclamando que eu não poderia deixar o meu apartamento mais bonito às custas dos vizinhos. E ela foi lá e rasgou o meu tapetinho de entrada em pedaços. Eu não fiz nada, é claro, mas fiquei extremamente surpresa, pois encontrei com aquela senhora pouquíssimas vezes. © D1mension / Pikabu

***

Há pouco tempo, conversei com um homem que vive na nossa vizinhança desde que eu era criança. Hoje esse homem cria aves e porcos e trabalha com venda de produtos agropecuários. De acordo com as palavras deles, os produtos são naturais e sem a adição de substâncias nocivas para o consumo. O que acontece é que poucas pessoas da região compram com ele, mas quando fazendeiros de outras regiões visitam nos visitam, eles sempre escolhem os produtos dele pela qualidade acima da média. E costumam pagar caro por eles. O homem perguntou ao pessoal da região por que eles não compram com ele, a resposta costuma ser: «Se todos nós comprarmos com você, você vai ficar rico, e não precisamos ter um vizinho cheio da grana». © Kanedias / Pikabu

***

No início dos anos 1990, minha irmã, que antes dirigia um carrinho básico, comprou um Ford Focus. Lindo e novo. Na época, poucas mulheres dirigiam, ainda mais carros como esse. Então, em um belo dia, ela estacionou o carro em um estacionamento e saiu para assinar uns documentos. Enquanto eu esperava, o nosso vizinho estacionou seu carro velhinho ao lado. Quando ela voltou, nunca vou me esquecer do ódio e da inveja no rosto desse homem, que não conseguiu dizer nem uma palavra, desacreditado que uma mulher poderia ter um carro como aquele. © certero / Pikabu

***

Tenho inveja de pessoas que aprenderam, de verdade, a não dar importância ao que os outros pensam. Não se deixar levar por coisas bobas. Eu não consigo me livrar da síndrome da «aluna nota 10». Hoje estou melhor, mas ainda tenho dificuldade em dizer ou fazer qualquer coisa, que faça com que os outros tenham uma opinião ruim de mim. © Mrs Brightside 2 / AdMe

***

Minha amiga com cabelo fino sempre sonhou em ser loira platinada. Ela costumava tingir o cabelo com frequência e depois o recuperava, porque depois que a cor saía, o cabelo ficava destruído. Em algum momento, decidi fazer luzes. Fiz e ficou um loiro bonito, com tonalidade em branco e cintilante. Quando essa minha amiga me viu, ela soltou: «Ficou louca, por acaso? A loira aqui sou eu!» Continuamos nos falando por mais alguns anos, mantive essa cor, e ela sempre pergunta se meu cabelo não está ressecado ou caindo. © Katya Lovitskaya / AdMe

***

Minha colega comprou uma casa de campo em um condomínio caríssimo na cidade, chamado de «Europa». Poucas pessoas no trabalho sabiam. O negócio foi finalizado com uma corretora particular, mas quando ela precisou discutir alguns detalhes, ela ligou errado — para a corretora do trabalho. A ligação foi ouvida por todos os operadores na linha. Para se identificar, ela se apresentou da seguinte forma: «Olá, aqui é a Maria. Estou ligando sobre a compra de imóvel na Europa». As expressões dos seus colegas, que ouviram e logo viraram os rostos para trás, não têm preço. © Ekaterina / AdMe

***

A mãe de uma amiga odiava quando eu mandava para a filha dela fotos de casas, interiores e imóveis bonitos para discutirmos juntas. Toda vez ela se metia na nossa conversa indignada: «Por que está mostrando essas coisas a ela? Nunca tivemos coisas do tipo e nunca as teremos! Mas você cisma em mostrar essa vida para ela se sentir mal». Minha amiga ficava bastante sem-graça nesses momentos e tentava acalmar a mãe para ela não começar a elevar a voz. Alguns anos mais tarde, eu e essa amiga estávamos caminhando pelo nosso bairro e passamos por uma área com alguns retratos na rua. No fim, era uma homenagem às pessoas mais «respeitadas», que foram responsáveis por alguma melhoria no bairro. Então, minha amiga parou, respirou fundo e soltou:
— Ah, por que meu retrato não está aqui?
— Que diferença faz para você?
— Ah, há todas estas pessoas aqui, por que não me incluíram? Também quero estar no mural.
— E qual foi a sua contribuição?
— Nenhuma, só quero meu retrato aí. © Maroo / AdMe

***

Meu marido é rico, inteligente, bonito e não dá descanso às minhas amigas. É claro, hoje me arrependo de ter falado tão bem dele em encontros do nosso grupo e ter dito o quanto eu estava (e estou) feliz — talvez por inocência ou burrice. Uma delas sugeriu que eu colocasse um aparelho de rastreamento no celular dele, outra, que eu contratasse uma modelo para o «testar»; e a terceira disse para ela mesma testar o meu marido. Eu não quero saber nem tentar desvendar nada disso. Mas, agora, aos olhos delas, eu sou um inocente que acredita em conto de fadas. © Overheard / Ideer

***

Tenho uma irmã gêmea, e hoje completamos 20 anos. A vida inteira fomos magras não importasse a quantidade de calorias que consumíamos. Minha irmã ainda está assim, e eu engordei uns 15 quilos. Todo mundo percebe isso, e temos de comentar sobre o assunto cada vez que estamos juntas. Tenho até medo de levar rapazes para casa e eles verem uma «versão melhorada» de mim e ficarem mais interessados nela. © Overheard / Ideer

***

Sou casada há 15 anos e trabalho como auditora contábil. Há alguns dias, eu contava ao meu marido que os contadores de uma empresa que eu auditava não me forneceram os documentos que pedi e se comportaram de maneira inadequada. Rimos da situação e esquecemos. Uma semana depois, fui demitida do meu emprego, tive de entrar na justiça para não perder meu certificado e todo meu histórico profissional será arruinado. E tudo isso foi feito pelo meu marido, agora ex-marido, que tinha inveja da minha carreira. © Overheard / Ideer

***

Pensei que a inveja ficava na infância, mas certa manhã, aos 25 anos, você acorda e pensa: «Eu tambééém queeeero». © DLGreez / Twitter

***

Caros profissionais de marketing, tirem do seu vocabulário a frase «Suas amigas ficarão com inveja». A inveja é um sentimento negativo, e eu não tenho a mínima intenção de causá-la. © Livotovas / Twitter

***

Queridos internautas, que gostam de manter a casa em ordem, como vocês fazem isso? A poeira não se acumula na casa de vocês, e partículas de lã e de papel se evaporam do nada? Como?! Por que as coisas de vocês não saem do lugar de forma caótica depois de serem organizadas? «I» de inveja. © Ryzunja / Twitter

***

Meu namorado gosta de passar tempo com os amigos, e eles se encontram com frequência. Eu não costumo ir porque não me sinto confortável na companhia deles. Hoje ele saiu novamente, e estou sentada em casa pensando: por que estou ligando para ele dizendo para não ficar até tarde? E não é ciúme ou falta de confiança. É inveja, caramba! Eu queria fazer o mesmo, mas não tenho com quem conversar. © Ward 6 / VK

***

Na escola, tínhamos um «correio do Dia dos Namorados». Todo mundo jogava corações com mensagens na caixinha e depois os «carteiros» os entregavam em cada classe. As garotas mais populares recebiam várias cartinhas e as colocavam na mesa para todos verem e competiam entre si para ver quem tinha mais. E eu ficava sentada na última carteira, olhando para elas e as invejando, pois eu não tinha nada para contar. © Overheard / Ideer

***

Primeiro, tinham inveja da minha mãe por ela ter um ótimo marido. Depois, tinham inveja porque ela se divorciou e agora é uma mulher livre para fazer o que quiser. Algumas pessoas parecem escolher sentir inveja apenas por não terem nada melhor para fazer. © Svetlana Melnik / Facebook

***

Perdi uma amiga por causa de inveja. Ela tentou fazer eu brigar com meu marido para que a gente se separasse, mas, felizmente, não deu certo. © Olenka Verro / Facebook

***

Minha esposa e eu vivemos em harmonia: ajuda com as tarefas de casa, fazemos compras juntos, pois não quero que ela carregue sacolas pesadas sozinha. Outros casais não têm uma vida tão tranquila quanto a nossa, por isso sentem inveja. Certa manhã, saí para trabalhar e quando voltei, à noite, ela estava sentada na sala me esperando olhando para a parede, com olhos vermelhos. Perguntei o que havia acontecido, e a resposta: «Sei onde você estava e com quem!» Fiquei chocado, pois eu estava no trabalho. Ela explicou que um dos meus «amigos» ligou e disse que eu a estava traindo. A inveja leva as pessoas a fazer coisas desprezíveis. Ele não conseguiu nos separar, mas conseguiu destruir nossa amizade. © Ward 69 / VK

***

Tenho 1,64 m e peso 49 kg. Na natação, conheci duas meninas com cerca de 16 e 18 anos, corpos normais, mas com uma barriguinha. E a mãe delas era uma senhora também com barriguinha. As meninas olharam para mim e elogiaram o meu corpo. Então, a mãe delas soltou: «Por enquanto, quando ela crescer e tiver uma criança, aí vai engordar». Minha filha, que estava ao meu lado, disse: «Acho que mamãe não vai crescer mais do que isso». O marido dessa mulher foi quem mais deu gargalhada. © Overheard / Ideer

***

Eu morava com meu namorado, que tinha pais, digamos, bastante interessantes. Nós nos dávamos muito bem e até viajávamos juntos nas férias. E então fiquei grávida. Mas apenas minha sogra se incomodou com essa notícia. Após certo tempo, ela apareceu lá em casa de repente e soltou: «Estou grávida!» O que aconteceu foi que ela estava enganada, ufa! Mas após esse dia, ela começou a me atormentar ao máximo como se eu tivesse «tomado algo que era dela». Mais tarde, descobrimos que ela ficou com ciúme ou inveja de que eu teria mais atenção e decidiu engravidar ela mesma. Aos 52 anos. © Overheard / Ideer

Bônus: dica para se livrar da inveja

Tenho uma dica boa para evitar a inveja. Quando de repente me pego invejando alguém em particular, pergunto a mim mesma: desejo trocar de lugar com essa pessoa? Preciso imaginar uma troca completa de problemas, condições, aparência e saúde. Nesse momento, me dou conta de que não, não quero. É fácil invejar alguma felicidade isolada, sorte ou algo do tipo, mas geralmente não há só coisas boas relacionadas à vida de outra pessoa. Por exemplo, pode ser alguém que mora em uma mansão, mas tem um relacionamento ruim com os pais; uma carreira bem-sucedida, mas um marido que trai ou que possui problemas de saúde. Em geral, é essa a ideia. Ao pensar no todo, você rapidamente deixa de sentir inveja e para de reclamar da vida. © Hilda 2.0 / AdMe

Assim como a inveja, o ciúme é um sentimento que pode se tornar muito destrutivo, mas veja nesta seleção como algumas pessoas lidam com ciúmes em um relacionamento com celebridades.

Imagem de capa Overheard / Ideer

Comentários

Receber notificações

Incrível mas acontece . Tenho uma pessoa da família que vem na minha casa ( detalhe financiamento pelo banco em 25 anos) e crava os olhos em tudo e diz que vai ter uma casa igualzinha a minha .... Igualzinha
Certa vez a mesma veio até aqui e disse que meu marido me traia pedi provas e ela nunca mais tocou no assunto. Pessoas algumas são assustadoras só acho

1
-
Resposta

Que horror 😵‍💫. Faça uma bela oração ou acenda um incenso poderoso quando esta pessoa for embora.

-
-
Resposta

Artigos relacionados