15+ Tirinhas engraçadas retratam o dia a dia da vida materna com humor

Arte
há 11 meses

Tanya é uma jovem artista talentosa que ganhou destaque nas redes sociais por suas incríveis tirinhas engraçadas sobre a maternidade. Como mãe, Tanya utiliza sua experiência pessoal para criar ilustrações divertidas e emocionantes que retratam com muito humor a vida com seus filhos.

Com um estilo único, ela nos mostra como a vida muda radicalmente com a chegada de um bebê, e como essas mudanças podem ser vividas com muito humor e amor. Não deixe de conferir as tirinhas engraçadas de Tanya se você busca inspiração e diversão como mãe ou pai, e se prepare para se identificar e se emocionar.

1.

Os quadrinhos cômicos de criação de filhos mostram diferentes abordagens de pais para a educação de seus filhos. Alguns pais são mais preocupados e ansiosos, querendo controlar tudo, desde a alimentação até as atividades dos filhos. Por outro lado, existem pais mais tranquilos e confiantes, que permitem que seus filhos tomem suas próprias decisões e sejam mais independentes. Embora não exista uma única forma de criar filhos bem-sucedidos e felizes, é importante que cada família encontre um equilíbrio saudável entre cuidado e autonomia.

2.

É importante que as mães reservem um tempo para si mesmas, para cuidar da saúde mental e emocional. A maternidade pode ser uma jornada cansativa e desafiadora, e ter um tempo para relaxar e se divertir pode fazer toda a diferença. Uma ótima opção para esse momento de descontração são os quadrinhos engraçados, que além de divertidos, podem ajudar a aliviar o estresse do dia a dia. Então, se você é mãe, não deixe de reservar um tempinho para si mesma e aproveitar um momento de descontração com os desenhos engraçados.

3.

Aqui vão algumas dicas que podem te ajudar a controlar as oscilações de energia:

  • Alimentação saudável: Uma dieta balanceada ajuda a manter os níveis de energia estáveis;
  • Meditação: A meditação pode ajudar a acalmar a mente e reduzir o estresse;
  • Histórias divertidas: Ler ou ouvir histórias divertidas pode ser uma forma de relaxar e aliviar o cansaço, ajudando a recuperar a energia.

4.

Para as mães que tentam se exercitar, mas acabam dormindo, é hora de colocar o despertador para tocar! Afinal, cada pessoa tem seu próprio ritmo e o importante é encontrar um equilíbrio na rotina para que não falte tempo para dormir e se exercitar. Quem sabe, com um pouquinho de organização, dá até para chamar as crianças para se exercitarem juntas e deixar a atividade física mais divertida!

5.

É muito comum ver mães dizendo para seus filhos não fazerem determinada coisa, mas elas mesmas acabam fazendo isso. Isso acontece porque as mães também são humanas e podem ter dificuldades em seguir suas próprias orientações. É importante lembrar que as mães também estão em constante aprendizado e evolução, e às vezes é preciso reconhecer e corrigir esses comportamentos contraditórios. Afinal, as crianças aprendem muito mais com as ações do que com as palavras, então é essencial ser um exemplo positivo para elas.

6.

As mães enfrentam um verdadeiro balanço de emoções diariamente, desde a alegria de ver seus filhos crescerem e se desenvolverem até a preocupação com seu bem-estar e segurança. É normal que, em alguns momentos, a montanha-russa emocional possa ficar um pouco intensa, mas é importante manter o equilíbrio. Uma dica é encontrar maneiras de descontrair e se divertir com as crianças, seja contando histórias engraçadas, brincando juntos ou simplesmente rindo das coisas simples da vida. Afinal, o riso é o melhor remédio para aliviar o estresse e trazer mais leveza ao dia a dia.

7.

Muitas mães têm um superpoder de achar tudo o que seus filhos fazem incrível e fofo, mesmo que outras pessoas não vejam tanto encanto assim. Isso acontece porque elas amam demais seus pequenos e os enxergam como verdadeiras obras de arte. Mas, apesar desse amor incondicional, é importante lembrar que as crianças ainda estão aprendendo e precisam ser orientadas e ensinadas sobre o que é certo e errado. Então, mamães, continuem a ver a magia em cada ação dos seus filhos, mas também estejam atentas para guiar e ajudá-los a crescerem como pessoas maravilhosas.

8.

Dizem por aí que, quando o bebê se parece mais com o pai do que com a mãe, é a forma da natureza garantir que o papai não fique de fora da brincadeira de procurar semelhanças entre eles. Mas, brincadeiras à parte, a verdade é que cada bebê é único e especial, independente de quem ele puxou mais na aparência. O importante mesmo é que ele seja amado e cuidado com muito carinho!

9.

Muitas vezes, como mães, queremos estar sempre arrumadas e lindas, mas a realidade é que nem sempre temos tempo para cuidar de nós mesmas. Às vezes, a noite foi agitada com o bebê e as olheiras são inevitáveis. Ou talvez simplesmente não tenhamos tido um momento para nós mesmas durante o dia corrido. Mas tudo bem! Não é preciso estar impecável o tempo todo. Às vezes é melhor abraçar a realidade e aceitar que estar cansada e com olheiras faz parte da jornada de ser mãe. Além disso, há sempre uma beleza natural em ser autêntica e verdadeira consigo mesma.

10.

Quando a mãe fica doente e ainda precisa cuidar do filho, é uma situação complicada. Ela se sente como se estivesse correndo uma maratona enquanto estivesse com o nariz entupido, e tudo o que ela quer é dormir por algumas horas. Mas, em vez disso, ela tem que lidar com brinquedos espalhados pela casa, fraldas sujas e uma criança exigente. É uma prova de resistência, paciência e muito humor.

11.

Por que as crianças nunca chamam “mãe” uma única vez? É sempre um “mãe, mãe, mãe” infinito até você responder. É como se elas achassem que você está em uma festa dançando e simplesmente não pode ouvi-las.

12.

— Sem comentários😅 -

13.

Os homens costumam demorar para perceber que se tornaram pais. Eles continuam agindo como se pudessem simplesmente sair de casa a qualquer momento, até que percebam que agora têm um ser humano pequeno e exigente que depende deles 24 horas por dia.

14.

É engraçado como as mães nunca conseguem ficar sozinhas nem mesmo no banheiro! Quando finalmente temos um momento tranquilo para fazer nossas necessidades, sempre tem um filho chamando pelo nosso nome ou tentando entrar no banheiro. É por isso que algumas até deixam alguns gibis engraçados lá para ler durante esses momentos de privacidade (ou a falta deles).

15.

As crianças adoram testar os limites da mãe, mas quando ela faz uma cara brava, eles acham a coisa mais engraçada do mundo. É como se o rosto dela fosse um parque de diversões para os pequenos. E a mãe, bem, ela tenta não rir, mas acaba se derretendo com tanta fofura.

16.

Grávidas e seus desejos de comer parecem ter uma conexão direta! Se elas pedem para você comprar um estoque inteiro de comida, não questione, apenas entregue e fique feliz por não estar na linha de fogo dos desejos da gestação.

17.

Mães são heroínas, mas precisam de um intervalo. Elas fazem qualquer coisa para ter algumas horas longe dos filhos, até cursos que não gostam. Maternidade não é só amor incondicional.

Imagem de capa tan.maman / Instagram

Comentários

Receber notificações

Eu não tenho filhos mas vejo meus amigos com tanta coisa desnecessária com o primeiro é no segundo nem da pra ser tão exagerado

-
-
Resposta

QUANDO A MINHA MULHER TAVA GRÁVIDA DA MINHA SEGUNDA FILHA ELA FICOU MUITO INCHADA E NEM CONSEGUIA CALCAR SAPATO

-
-
Resposta

Lembro que a minha prima teve um bebê e sempre andava cansada e dispersa, cuidei do filho dela um dia só é entendi bem o que ela passava

-
-
Resposta

A maternidade eh algo muito romântizado, só eu sei como é viver isso de nao ter disposição para nada

-
-
Resposta

Eu n sou pai mas sei que deve ser bastante difícil pra mulher e para o homem, mas espero o meu momento ansiosamente

-
-
Resposta

Artigos relacionados