15+ Maravilhas do Sri Lanka capturadas por um fotógrafo de viagem

= Este artigo é patrocinado pela Depositphotos =

Recentemente, o Sri Lanka reabriu as fronteiras para os viajantes. Essa ilha do sul da Ásia é um paraíso, e possui muitas joias que atraem os visitantes: exuberantes campos de chá, ruínas de templos antigos, praias, manguezais, gastronomia exótica e muito mais.

Junto com um dos fotógrafos do Depositphotos, compartilharemos algumas histórias sobre a vida no Sri Lanka e as maravilhas naturais deste país.

A pesca é uma atividade bem tradicional no Sri Lanka. As praias da ilha possuem mais de 1.300km de extensão e em termos de pesca, quase todas as costas são diferentes. O método de pesca mais popular é a rede de cerco. Uma extremidade da rede é fixada na costa e a outra extremidade é fixada na lateral de um barco.

Há mais de 150 anos, pesquisadores estimaram que o Sri Lanka abriga mais de 30 mil elefantes! Infelizmente, este número se tornou cinco vezes menor no início do século 21. Para preservar sua população, foram criados vários parques nacionais na ilha.

Sigiriya é um planalto rochoso que se eleva 370 metros acima do nível do mar. A área é famosa porque há 15 séculos, o rei Kassap construiu uma fortaleza. Uma estrada enfeitada com esculturas de leões (preservadas até hoje) levava à fortaleza, onde a entrada era decorada como se fosse a boca de um leão. Sigiriya também é o lar de algumas das fontes mais antigas do mundo.

O número de coqueiros no Sri Lanka é comparável com o número de arbustos de chá. As florestas de palmeiras quase cobrem o território inteiro da ilha, exceto pelas montanhas e contrafortes frios. Onde há palmeiras, há placas de sinalização “Caution! Falling coconuts” (cuidado, cocos caindo).

Colombo é a maior cidade do Sri Lanka. Caso esteja percorrendo as montanhas verdes ou deitado em uma praia arenosa, e deseja um pouco mais de agito, passe alguns dias na movimentada Colombo para um passatempo com mais atividades. Ela é um dos principais portos do sul da Ásia. Aqui, os templos antigos estão localizados entre os centros comerciais e rodovias movimentadas.

A Ponte dos Nove Arcos está localizada entre as estações ferroviárias de Ella e Demodara e é a principal atração da região. Essa ponte tem 30 metros de altura e foi construída durante a era colonial britânica, há cem anos. A enorme estrutura foi feita de pedra local e não de metal.

A pesca em palafitas é uma habilidade que os pescadores do Sri Lanka praticam há milênios. As palafitas ajudam os pescadores a pescar em áreas onde os barcos não podem chegar — perto da costa rochosa rasa da ilha. Os pescadores fincam suas palafitas no mar, sobem até o topo e pescam com linhas ou varas.

O Sri Lanka é um país turístico, por isso o acesso aos templos e ruínas de fortalezas não é gratuito. Se você é limitado em termos de tempo e orçamento, visite áreas onde os artefatos antigos estão concentrados em um só lugar. Polonnaruwa é a capital medieval do país, atualmente considerada uma reserva histórica. Você pode andar a pé ou de bicicleta e encontrar algo interessante a cada minuto.

O Reino de Polonnaruwa existiu no Sri Lanka há mais de dez séculos e é conhecido pelo seu estilo arquitetônico incomum, chamado vatadage. No início do século passado, os arqueólogos completaram escavações de antigas estruturas que pertenceram à cidade de Polonnaruwa e atualmente elas são acessíveis aos turistas. Entre as características desse estilo estão as esculturas em pedra e as colunas.

A acolhedora cidade portuária de Galle é um destino obrigatório no Sri Lanka. Ela foi fundada pelos portugueses, mas a maior parte dela foi construída pelos holandeses. Galle é um Patrimônio Mundial da UNESCO e parece muito com uma típica cidade europeia. Templos cristãos, um farol incomum e ruas estreitas para pedestres estão localizados na antiga cidade. Galle está saturada com a atmosfera de três potências marítimas: Grã-Bretanha, Holanda e Portugal.

Nenhum país no mundo convida tantas damas e padrinhos para um casamento. Um recorde mundial foi até documentado: mais de 100 damas de honra e quase 30 amigos do noivo compareceram para um casamento. A maioria dos casamentos é realizada no estilo nacional do Sri Lanka: a noiva usa um sari de casamento azul, dourado ou branco, e o noivo um terno mul anduma com bordados.

O Sri Lanka (os europeus o chamavam de Ceilão antes de 1972) é conhecido principalmente por suas plantações de chá. Neste país, o chá é cultivado em todos os cantos: vales, encostas de montanhas e até mesmo litorais. Somente as mulheres fazem a coleta das folhas de chá. A maioria delas coleta até 20kg por dia.

O Abhayagiri Stupa foi construído há mais de dois mil anos em Anuradhapura. Este antigo monumento é o local histórico mais valioso existente no Sri Lanka. O rei Valagamba, que mandou construir esta grande estrutura, a transformou em um local de peregrinação para as três seitas budistas. Há centenas de anos, o Abhayagiri Stupa era parte de um poderoso mosteiro budista na antiga capital do Sri Lanka.

Os cingaleses são o grupo étnico mais populoso do Sri Lanka e também são conhecidos pela sua música. A orquestra tradicional cingalesa é formada por cinco categorias de instrumentos e a percussão possui um papel fundamental. Ao mesmo tempo, a música domina as canções. Gatabera, Yak Bera, Davul e Tammattama são alguns dos tambores usados para acompanhar a dança tradicional no Sri Lanka.

Jaya Sri Maha Bodhi é conhecida como a árvore viva mais antiga plantada pelo homem. Foi plantada no Sri Lanka em 288 a.C e cresceu a partir de uma consequência da árvore Bodhi, sob a qual o Príncipe Gautama alcançou a iluminação e se tornou Buda. A árvore fica situada em Anuradhapura, onde todos os dias é visitada por pessoas de todas as idades.

A ilha do Sri Lanka é rica pelas suas antiguidades, pelas paisagens de tirar o fôlego, pelos locais ideais para surfar e pelas praias românticas isoladas. Os residentes locais vivem de forma simples e feliz e realizam as mesmas atividades que seus ancestrais: pescar, cultivar chá e produzir produtos e alimentos a partir de coqueiros. Se você ainda não teve a oportunidade de visitar esta terra mágica, esperamos que essas fotos te ajudem a desfrutar um pouco da beleza.

Inspire-se ainda mais com imagens de viagem no Depositphotos.

Compartilhar este artigo