Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

8 Segredos da cozinha real revelados pelos chefs da rainha Elizabeth II

1---
15k

A vida cotidiana da Família Real britânica e de seu principal membro, a rainha Elizabeth II, é considerada para muitos um verdadeiro mistério. Para nossa sorte, há algumas pessoas que podem nos revelar alguns pontos do dia a dia real.

O Incrível.club reuniu segredos compartilhados por cozinheiros que, em algum momento, trabalharam na cozinha do Palácio de Buckingham. E como um bônus, trazemos a receita de uma verdadeira sobremesa da realeza.

Não se pode dizer que Elizabeth II seja uma gourmet

A rainha prefere comida simples, sem muitas especiarias nem condimentos. O menu aproximado de Sua Majestade para um dia comum é o seguinte: no café da manhã, a rainha come flocos de cereais, frutas e ovos. De forma geral, os ovos caipiras são mais saborosos, segundo a monarca. O almoço é composto por peixe com legumes (por exemplo, linguado com espinafre) ou frango grelhado com salada. No jantar, é servido um filé de carne com molho cremoso de champignons.

A cozinha do Palácio de Buckingham conta com o trabalho de 20 cozinheiros

Todos os cozinheiros atuam ao mesmo tempo apenas durante os grandes banquetes, realizados 2 ou 3 vezes por ano. Especialistas do Ministério de Assuntos Exteriores também participam na preparação dos eventos especialmente importantes, garantindo que não serão servidos pratos que não correspondam às crenças religiosas e preferências pessoais de cada convidado. Em dias normais, entre 8 e 10 cozinheiros trabalham ao mesmo tempo na cozinha real.

Elizabeth II é uma gulosa

A rainha adora chocolate, principalmente o amargo, com mais de 60% de cacau. Uma das marcas favoritas da rainha é a “Bendicks Bittermints”. Sua sobremesa predileta é a torta "Perfeição de chocolate", com canela, merengue e creme de chocolate.

A princesa Diana preferia uma nutrição adequada

Lady Di comia muitos vegetais, frango, e raramente consumia carne vermelha. Especialmente para ela, os cozinheiros preparavam opções com baixo teor de gordura de pratos famosos. Por exemplo, enquanto seus filhos comiam torta de carne, a princesa se limitava a uma simples salada com frango grelhado.

Kate Middleton também mantém uma dieta saudável

A base da dieta da Duquesa de Cambridge é composta por verduras, frutas, grãos integrais e carne magra. Dizem que quando Kate quer perder uns quilinhos, recorre à famosa dieta Dukan. Mas em algumas ocasiões, a princesa se oferece um mimo: um dos seus pratos favoritos é à base de curry, e ela mesma se dedica na preparação.

Elizabeth II não come alho

Sua Majestade considera de péssimo gosto se aproximar das pessoas com quem se encontra exalando cheiro de alho. Por isso, o ingrediente é proibido na cozinha real. Em vez de alho, os cozinheiros usam uma combinação de ervas, como coentro e estragão.

A rainha não gosta de álcool

Durante os banquetes, a monarca pode até tomar um pouco de gim ou de Dubonnet. E em jantares familiares, ela costuma tomar uma taça de vinho doce alemão. No resto do tempo, não existe álcool no menu real.

Elizabeth II pede comida indicada num menu

É onde ele faz anotações e indica aquilo de que não gosta. Por exemplo, um dia ela escreveu: "Encontrei isto numa salada, será que eu deveria comer? Parece uma larva morta". Os nomes dos pratos são escritos em francês (Elizabeth II fala o idioma fluentemente). Os cães corgi da rainha têm um menu próprio, que é preparado diariamente e pendurado na parede da cozinha. Um requisito prévio é servir a comida, especialmente a carne, em pedaços pequenos, para que os cachorros não se engasguem.

Imagem de capa BWP Media/ East News
1---
15k