Incrível
Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração
Incrível

Estudo revela que seu trabalho pode fazer de você uma mãe nociva

Quando procuram um novo emprego, muitas mulheres têm de escolher entre o que é mais importante para elas: o salário ou as perspectivas de carreira. Mas, de acordo com a ciência, há pelo menos mais um fator que é preciso levar em consideração. Aquelas que são mães precisam saber com que tipo de pessoas vão trabalhar, porque um ambiente tóxico no escritório pode arruinar não apenas suas vidas, mas também as de seus filhos.

No Incrível.club acreditamos que é importante escolher o trabalho com sabedoria. Também pretendemos explicar como um local de trabalho pode influenciar, positiva ou negativamente, a vida dos filhos.

Não se trata apenas de nossos chefes

Quando falamos de um “trabalho ruim”, tendemos a pensar principalmente em nossos chefes. Mas, na realidade, os superiores não precisam gritar para criar um ambiente de trabalho tóxico. Em geral, um ambiente de trabalho ruim se deve principalmente à falta de preocupação com os outros. Por exemplo, a grosseria e a má educação dos colegas no escritório podem estar presentes em comentários ofensivos sobre outras pessoas ou quando excluem alguém da equipe.

Geralmente levamos problemas do trabalho para casa

Para entender melhor a influência dos comportamentos mencionados acima, uma equipe de pesquisa entrevistou 146 mães que trabalhavam fora e seus parceiros. Enquanto as mulheres compartilhavam suas opiniões sobre como costumavam ser tratadas no trabalho e sua eficiência enquanto mães, seus cônjuges tinham de informar se os casais possuíam algum modelo negativo na criação dos filhos.

Os resultados foram bastante claros: o aspecto negativo do trabalho geralmente é trazido para casa, podendo ter consequências profundas no relacionamento familiar. Isso pode ser visto no comportamento das mulheres que tiveram de lidar com colegas de trabalho tóxicos, pois tendiam a criar os filhos de maneira mais rigorosa e autoritária.

Pais autoritários influenciam a adaptabilidade social de seus filhos

Pesquisas sugerem que esse é “um estilo de criação mais negativo, em comparação com outros modos de vida”. Esses pais têm grandes expectativas e tendem a estabelecer muitas regras. Mais especificamente, podem punir severamente os filhos por seus erros e preferem controlar quase todos os aspectos de suas vidas. Também não fazem comentários produtivos aos filhos nem dão o apoio moral de que precisam.

Como resultado, essas crianças têm muitos problemas. Por exemplo, podem exibir um comportamento agressivo fora de casa ou ter vergonha ou medo ao se comunicar com outras pessoas. Também são mais propensas a desenvolver depressão ou ansiedade, têm pouco autocontrole e falta de competência social.

Escritórios tóxicos fazem as mulheres acreditar que não são mães eficazes

Vale ressaltar que a grosseria no trabalho faz com que muitas mães que trabalhavam fora sintam que não são progenitoras eficazes. Essa sensação pode ocorrer por que elas tentam adotar um comportamento mais rigoroso e controlar tudo o que acontece na vida de seus filhos.

Embora ainda sejam necessárias mais pesquisas, essas descobertas podem ajudar as mães que trabalham fora. Primeiro, agora já sabe como os problemas diários no trabalho podem afetar seu relacionamento com seus filhos. Além disso, é possível determinar quais serão seus próximos passos para melhorar esse problema. Por exemplo, é possível ter uma conversa franca com o chefe ou colegas sobre o ambiente de trabalho pouco saudável ou procurar outro emprego. Outra opção é tentar mudar seu estilo de criação e não levar os problemas do trabalho para casa todos os dias.

Você já reparou que seu trabalho afeta negativamente seus relacionamentos familiares? O que fez para mudar essa situação?

Imagem de capa Tully / Bron Studios
Compartilhar este artigo