Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Estudo revela por que para algumas mulheres o primeiro encontro é uma oportunidade de jantar de graça

3--6
530

O primeiro encontro é um divisor de águas em qualquer relacionamento. Pode ser o início de uma bela história de amor, um perfeito desastre (daqueles que contamos para nossos netos futuramente) ou até uma oportunidade para jantar de graça. Sim, é isso mesmo! Um polêmico estudo mostra que algumas mulheres não estão realmente interessadas na questão do amor, mas simplesmente em usar o encontro para saciar a fome e nada mais.

Incrível.club quer apresentar esse outro lado da moeda e saber o que você acha da pesquisa.

Diferentes percepções do primeiro encontro

Quando se trata do primeiro encontro, não existe regra. Algumas pessoas dizem que você precisa ser um pouco mais reservada e não mostrar muito interesse; outras consideram que deveria deixar o momento fluir. Outras ainda, segundo um estudo, simplesmente saem com alguém apenas por um interesse: jantar de graça.

A pesquisa, realizada pela Universidade Azusa Pacific University e pela Universidade da Califórnia, em Merced, nos EUA, foi publicada pela revista Social Psychological and Personality Science. Ela deixa claro que apenas uma parte das mulheres age assim.

Crença sobre papéis de gênero

O estudo foi dividido em 2 grupos: 820 mulheres participaram do primeiro, das quais 40% relataram ser solteiras, 33%, casadas ​​e 27% “em um relacionamento sério”. Foram feitas perguntas diferentes que avaliaram a personalidade e as crenças sobre os papéis de gênero. Também foi perguntado se alguma vez elas entraram em contato com rapazes somente para serem convidadas para jantar de graça e se consideravam essa atitude socialmente aceitável.

A confissão nua e crua

Das participantes do estudo, 23% confessaram que, de fato, em algum momento de suas vidas, entraram em contato com alguém apenas para serem convidadas para jantar de graça. A maioria dizia que fazia isso ocasionalmente ou que raramente o fazia, mas que não se arrependia da atitude.

Comida de graça

No segundo grupo de estudo, foram analisadas as respostas de 357 mulheres e verificou-se que 33% haviam tido relacionamentos breves com homens apenas para serem convidadas para jantar de graça, sem nenhuma outra intenção amorosa. Ou seja, elas também só estavam interessadas ​​em sair com alguém para saciar sua fome, sem nenhuma outra intenção.

Comportamentos sob a lupa

Mas, se você é mulher, não se sinta ofendida. Afinal, isso não é muito comum. Os pesquisadores dizem que há certas características comuns em ambos os grupos e uma delas é a de que as mulheres que aceitaram falar com alguém apenas para serem convidadas para jantar tinham determinados traços de personalidade. Por exemplo, repetidamente se comportavam de uma forma manipuladora e não costumavam ser sinceras com os seus parceiros. Além disso, tinham idéias muito fortes e formadas sobre os papéis de gênero. Ou seja, para elas os homens devem assumir determinados papéis e as mulheres, outros.

Não é um comportamento exclusivo das mulheres

Brian Collison, um dos líderes dessa pesquisa, diz que os cientistas decidiram realizar esse estudo depois de ouvirem relatos sobre esse tipo de comportamento nos meios de comunicação. Ele destaca ainda que essa situação pode ocorrer em diferentes tipos de relacionamentos e que não se limita às mulheres — embora o estudo tenha sido feito apenas com garotas.

O que acha desse comportamento? Considera aceitável? Você já agiu dessa forma? Conte para nós na seção de comentários.

3--6
530