Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Ele salvou um filhote de lobo e o criou em casa (e agora o animal vive como um cão doméstico comum)

8153
14k

Não há como negar: todos nós temos algum grau de preconceito. E o preconceito infelizmente muitas vezes se manifesta de diversas maneiras, seja por religião, gênero, origem e até mesmo tipo de amizades de uma pessoa. No entanto, e felizmente, existem episódios que ajudam a diminuir esse tipo de comportamento. Um exemplo disso é a história de um russo que tem um lobo como animal de estimação. E a maneira como ele vive é prova suficiente de que esses animais não são tão perigosos quanto muita gente imagina.

Incrível.club fez uma entrevista exclusiva com Ivan (esse é seu nome) e agora quer lhe contar tudo sobre a relação entre esse ser humano e seu lobo.

Conheça Ivan e Seryi

Em 8 de maio de 2017, na região de Astracã, na Rússia, os agricultores encontraram alguns filhotes de lobo e, por causa da crença de que esses animais são perigosos, pretendiam se livrar de todos. Felizmente, Ivan, um terapeuta de 46 anos, que trabalha com idosos e deficientes, apareceu e comprou um desses filhotes dos agricultores, quando o animal tinha entre 3 ou 4 semanas e o chamou de Seryi (“cinza”, em russo).

Recebeu ajuda da filha

Por um tempo, eles permaneceram em Astracã, mas agora vivem em Volgogrado. Sua filha, Alexandra, tem 19 anos, é adestradora de cães. E, claro, ela ajuda o pai a cuidar de Seryi. A jovem estudou na Universidade Agrária e na Universidade Estadual de Volgogrado.

Ter um lobo como animal de estimação é uma tarefa complexa

Atualmente, Seryi tem 2 anos e meio, 70 cm de altura e pesa cerca de 45 kg. Ivan diz que o animal precisa andar muito, independentemente do clima. Portanto, ter um lobo em casa é uma tarefa que demanda muito do dono. Como Ivan quase não tem tempo livre, explica: “Você não consegue enganar um lobo duas vezes, mas pode convencê-lo a ter pelo menos um momento de descanso”.

Seryi é quase como um cachorro qualquer

Embora as pessoas pensem que os lobos são animais selvagens, Ivan garante que seu animal de estimação é como qualquer outro cachorro — ambos, cão e lobo, são da família dos canídeos. Ele costuma se assustar, tem medo de atravessar ruas largas e de objetos desconhecidos, como caixas ou outros itens, principalmente grandes, onde uma pessoa consiga se esconder.

Ivan não deixa estranhos tirarem fotos com Seryi, porque eles o assustam e também porque o animal não é um bicho de exibição, mas sim um membro da família. O animal caminha pelas ruas apenas com a coleira, mas sem focinheira.

Os lobos são animais amistosos

Antes da chegada de Seryi, Ivan já tinha cães em casa. Para o lobo, são os membros mais velhos de sua “alcateia”. Como qualquer outro cachorro, Seryi morde, mas só quando está estressado ou entediado. Quando todos são levados para passear, o lobo se dá bem com os cães da sua altura ou similares, mas ignora os menores.

Seryi sabe que Ivan é o chefe do grupo

Apesar de Seryi ser um animal de estimação um pouco exigente, sabe que Ivan é quem manda, ao contrário de sua filha. Ele não permite que ela lhe dê remédios ou o carregue.

Alimentação

O animal é alimentado com carne ou frango. Ele come cerca de 1,2 kg de proteína por dia, mas também pode comer legumes, frutas ou bagas. De tempos em tempos, também lhe dão biscoitos, nozes e mel para complementar a dieta.

Os lobos são animais curiosos, educados e inteligentes

Durante todo esse tempo com seu lobo, Ivan viu Seryi cuidar de seus cães e das pessoas, abrir janelas e até acender a luz em uma sala.

Ivan compartilhou algumas dicas

O primeiro conselho de Ivan sobre a adoção de um lobo é: simplesmente não faça isso. Eles são animais muito exigentes, requerem muito tempo e energia de seus donos e não são fáceis de cuidar. Mas, se por algum motivo você acabar com um lobo em casa, passe bastante tempo com ele para gerar um bom relacionamento: alimente-o, durma com ele, caminhe por longas horas e tente mantê-lo em um local fechado para evitar problemas com outras pessoas (mas garanta que tenha espaço de sobra para se movimentar).

O que você acha da relação entre Ivan, sua filha, seus cães e Seryi? Se atreveria a ter um lobo como animal de estimação? Conte-nos nos comentários.

8153
14k
Compartilhar este artigo