Incrível
Novo Popular
Inspiração
Criatividade
Admiração

10 Advertências da natureza que podem salvar a sua vida

Durante muito tempo acreditou-se que os terremotos, os furacões e as tempestades fossem causados pela ira dos deuses. Com o passar dos anos as pessoas entenderam que esses acontecimentos não têm relação com seres divinos, são apenas poderosos fenômenos naturais. Embora não possamos controlar essas manifestações da natureza, ela nos dá sinais antecipados de que eles podem ocorrer. E saber identificar esses sinais pode salvar sua vida.

O Incrível.club não quer que você deixe de assistir aos fenômenos naturais e testemunhar sua beleza. Mas queremos que esteja sempre alerta. Por isso, gostaríamos de compartilhar com você 10 avisos que precedem as grandes tragédias. Fique sempre atento e tome as medidas necessárias para evitar acidentes.

Tsunamis

Os tsunamis são o resultado de um terremoto no fundo do mar que move a água a uma velocidade de até 800 km/h. A força causa uma onda gigante que pode alcançar 30 metros de altura. Antes de um tsunami, o nível da maré baixa drasticamente. Se você observar esse sinal quando estiver na praia e for capaz de ver peixes e corais na areia, a melhor coisa a fazer é sair e se refugiar em um lugar alto. As ondas gigantes são devastadoras e arrastam tudo que há na frente, incluindo árvores, casas, carros e enormes barcos.

Outro sinal que adverte a iminente chegada de um tsunami é o som do mar. Em geral, o vai e vem das ondas produz um ruído relaxante. Quando uma onda gigantesca está a caminho o barulho parece um trem chegando a toda velocidade. Se ouvir isso quando estiver na praia, fuja imediatamente.

Correntes de retorno

As chamadas correntes de retorno (ou correntes de ressaca) são um fenômeno que ocorre quando a água das ondas retorna da costa (ou da praia) para o mar, criando uma espécie de redemoinho submerso do qual é difícil escapar. O maior risco é o de a pessoa não conseguir sair dessa área, gastando toda sua energia e se debater até acabar se afogando. Estima-se que por ano 100 pessoas morram por fenômenos assim apenas nos Estados Unidos. O sinal de uma corrente de retorno pode ser observado da praia — e muitas vezes há sinalização de “proibido nadar”. Se cair em uma dessas correntes, a melhor maneira de escapar é nadando paralelamente à praia até uma região em que seja possível chegar à areia nadando “de frente”.

Outro fenômeno perigoso são as chamadas “ondas quadradas”. Parece absurdo, mas ele acontece quando as ondas colidem de diferentes ângulos e seguem seu curso apesar das mudanças do vento. Essa situação costuma acontecer, sobretudo, nas praias da França e da Nova Zelândia. O mar cruzado é muito perigoso para nadadores, surfistas e embarcações.

Inundações repentinas

O sinal de que uma inundação repentina está próxima é o barulho de água corrente. Se estiver chovendo sem parar no local onde você estiver e você escutar um barulho semelhante ao de um rio, procure uma zona alta o mais rápido que puder. Ficar preso no meio de uma inundação repentina é assustador porque esse fenômeno pode ser mortal.

Deslizamento de terra

Se você estiver caminhando em alguma mata e perceber que as árvores se curvam em forma de J, saia imediatamente e corra para um terreno plano. Esse é um claro sinal de que a terra sob seus pés está se movendo, algo que costuma acontecer em zonas inclinadas. O que ocorre em seguida é um perigoso deslizamento de terra. As falhas no solo são outro sinal desse fenômeno.

Furacões

Observar as nuvens é uma atividade que dá muito prazer, mas que também pode ser útil, na medida em que ajuda a identificar possíveis furacões. As nuvens baixas com forma alongada indicam que um fenômeno como esse pode estar se aproximando. Se isso acontecer, procure um abrigo, de preferência um porão. Uma parede de nuvens é outro sinal: o ar quente está subindo rapidamente e a pressão atmosférica, caindo. Se, além disso, as nuvens começarem a girar, fuja o mais rápido possível. Esse é o sinal definitivo da ocorrência do furacão.

Tempestade elétrica

Antes de uma tempestade elétrica com provável formação de granizo e de raios o céu fica verde porque a luz solar se mistura com a da tempestade. Se o céu ficar verde, corra para algum lugar coberto, de preferência um quarto fechado.

Queda de um raio

A queda de um raio pode ser fatal e é um episódio que pode acontecer quando você enfrenta uma tempestade elétrica. A cada ano morrem mais pessoas atingidas por raios do que por ataques de tubarão. E o Brasil é o campeão mundial nesse tipo de fenômeno natural. São quase 78 milhões de descargas elétricas por ano, segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), e cerca de 300 vítimas fatais. O sinal de que um raio vai cair perto de você é fácil de perceber. Se o seu cabelo ficar levantado e você sentir vibrar alguma joia que estiver usando, fique agachado ou procure um abrigo longe de árvores ou objetos metálicos.

Incêndios florestais

Nossa capacidade olfativa é muito pior do que a de muitos animais. Por isso, se você estiver caminhando por uma área cheia de árvores e de repente vir animais correndo na sua direção, dê a volta a faça o mesmo. É muito provável que um incêndio florestal esteja acontecendo, embora você não veja e nem sinta o cheiro. Isso acontece muito rapidamente e, quando a vítima se dá conta, já está cercada pelas chamas.

Avalanche

Quem já teve a oportunidade de ir a uma estação de esqui sabe que esse é um esporte muito divertido. Mas é importante ficar atento aos sinais de uma possível avalanche. Para isso, verifique se a neve sob os seus pés não está rachada. Se sentir um espaço oco no chão, tome cuidado. Além disso, tente se informar sobre as chuvas recentes. Se choveu muito nos últimos dias, deixe o esqui para depois, porque é nesses dias que os desmoronamentos acontecem. A velocidade de uma avalanche pode chegar a 80 km/h; ou seja, é impossível fugir.

Gelo negro

Um fenômeno típico dos países mais frios. Depois de uma chuva de inverno, o asfalto fica brilhante e liso. Geralmente, essa é uma imagem linda de observar, mas também muito perigosa. Por causa das baixas temperaturas, a água da chuva se transforma em uma fina camada de gelo transparente, quase imperceptível. Antes de ligar o seu carro, verifique se não há pontos brilhantes no asfalto. O gelo transparente é escorregadio e pode causar sérios acidentes.

Você já presenciou algum dos sinais que mencionamos acima? Conhece outros que podem nos alertar para fenômenos da natureza? Compartilhe o seu conhecimento nos comentários.

Ilustrado por Elena Sorokina exclusivo para Incrível.club