Incrível
NovoPopular
Inspiração
Criatividade
Admiração

Por que perguntar a um casal quando os filhos virão é uma das piores coisas que podemos fazer

Cerca de 50 milhões de pessoas mundo afora sofrem com problemas de fertilidade, e lutam para conseguir ter um filho biológico. Nunca é demais lembrar que perguntar a um casal quando a família irá aumentar não é apenas insensível, mas é também uma invasão de privacidade.

Para nós, do Incrível.club, perguntar para uma pessoa quando ela terá filhos é uma atitude inapropriada por diversas razões. Confira algumas delas.

1. Não é porque você teve filho aos 25 anos que todo mundo deve fazer o mesmo

Um dos mitos mais comuns envolvendo a gravidez é o de que mulheres com idade acima dos 35 anos não devem mais ter filhos. Tais boatos afirmam ainda que, caso a mulher nessa faixa etária engravide, seu bebê não será saudável. Mas na realidade, contanto que a mulher produza óvulos, ela tem muitas chances de engravidar, e o mais provável é que tudo corra bem também com a criança. O fato é que gravidez e parto podem sempre representar riscos, inclusive para mulheres jovens. Após os 30 anos, esses riscos aumentam em apenas 5%. O melhor momento para ter um bebê é quando a mulher e a família estão preparadas, e não deve ser definido pelas expectativas da sociedade.

2. Cerca de 50 milhões de pessoas em todo o mundo lutam contra a infertilidade

De acordo com um artigo científico, cerca de 15% da população mundial tem problemas de fertilidade, e essa taxa só vem aumentando. O índice de abortos também subiu. Por falar nisso, uma pesquisa aponta que cada vez mais gravidezes estão terminando em abortos espontâneos, o que pode causar depressão nos futuros pais. Ter um filho nunca foi fácil, e é ainda mais complicado atualmente. Mesmo que você tenha boas intenções, perguntar a uma pessoa quando ela terá filhos pode acabar magoando-a.

3. Existem vários outros fatores que influenciam na decisão de um casal de ter filhos

Obviamente, a infertilidade é uma questão crucial quando se pretende ter filhos, mas existem outros fatores que precisam ser levados em consideração na hora de decidir aumentar a família. A situação financeira dos pais, a força do relacionamento entre eles, assuntos ligados à saúde e aos objetivos profissionais são apenas alguns exemplos. Quando alguém decide ter um bebê e tem condições de cuidar dele adequadamente, é porque chegou a hora certa.

4. Não é preciso lembrar ninguém que o relógio biológico está correndo. Todo mundo sabe disso

Sim, existe um estigma envolvendo mulheres que engravidam após os 35 anos, e ele precisa acabar. Por exemplo, quando Cameron Diaz anunciou sua gravidez e deu à luz aos 47 anos, o “tribunal da Internet” a condenou sumariamente. Mas o fato é que não há nada de errado em engravidar recorrendo ao uso de óvulos congelados, de fertilização in vitro ou de qualquer outro método, quando há algo dificultando a gravidez pelas vias naturais. Mulher alguma precisa ser lembrada a respeito de seu relógio biológico, pois cada uma conhece o próprio corpo.

5. Algumas pessoas simplesmente não querem ter filhos, e não há nada de errado nisso

Assim como a decisão de ter um filho, a de não querer tê-los também precisa ser respeitada. Insistir em perguntar o motivo pelo qual determinado casal não quer ter filhos ou em dizer coisas como “vocês vão se arrepender no futuro” é totalmente errado. Entenda que, assim como você tem suas opiniões, outras pessoas também têm as suas próprias, e ninguém deve ser forçado a nada.

6. Você não sabe pelo que os outros estão passando. Tenha empatia

Resumindo, perguntar para um casal quando eles terão um filho NUNCA é correto. Afinal, seus interlocutores podem estar passando por uma crise no relacionamento, recuperando-se de um aborto ou apenas não querem filhos por decisão própria. Não há como saber com que as pessoas estão lidando em sua vida íntima. Assim, é sempre melhor evitar fazer perguntas que possam tornar-se motivos para que alguém termine o dia triste. Seja compreensivo e cultive a empatia.

Você já se viu diante de perguntas íntimas e inoportunas? Como costuma lidar com elas? Comente!

Imagem de capa Up / Disney
Compartilhar este artigo