Incrível
Incrível

Como aconselhar ou destacar as qualidades de alguém pode ser mais importante que elogiar sua aparência

Ao ouvir um elogio seu rosto “queima” de vergonha, mas ao mesmo tempo tem uma sensação de satisfação? Esse deleite se dá porque o ato de ser elogiado pode servir como recompensa social, aumentando a autoestima e autoconfiança, e também serve como fortalecedor de vínculos. Mas não se deixe enganar, não é somente a aparência de alguém que merece ser exaltada. Seus feitos profissionais, suas habilidades e qualidades também podem ser o motivo do elogio.

Incrível.club reuniu alguma das razões pelas quais deveríamos enaltecer as pessoas à nossa volta e alternativas para fugir dos clichês que se resumem à beleza. Confira só!

A autoestima começa na infância

O estímulo para uma boa autoestima é iniciado ainda na infância. As figuras de autoridade presentes na vida da criança — pais, responsáveis, familiares e até profissionais da escola — são parcialmente responsáveis por construir a autopercepção que ela terá de si mesma. Os adultos são os verdadeiros condutores no processo de desenvolvimento do autoconhecimento, já que as crianças estão em crescimento (e consequentemente se conhecendo).

As palavras dirigidas aos pequenos são absorvidas por eles no dia a dia. Sendo assim, os elogios servem para que as crianças tenham percepção das suas qualidades e habilidades. Logo, há uma forma bastante adequada para elogiá-las: sendo descritivo. Assim, a criança perceberá o que faz com que ela seja especial.

Fuja dos estereótipos

É possível notar, ainda na infância, que há uma diferença na forma como geralmente se elogia meninos e meninas. Se para eles os elogios abordam a força e a inteligência, com elas os comentários mais comuns são a respeito da beleza, o que prematuramente pressupõe que sejam os valores mais importantes a serem atribuídos. Isso pode encorajar estereótipos e limitar a autopercepção que as garotas têm de si. Não é proibido falar que elas são lindas, mas essa não deveria ser a única maneira de elogiá-las.

Que tal exercitarmos uma mudança na abordagem dos elogios? A prática vale tanto para elogiar crianças quanto para adultos.

E já que estamos falando de não elogiar somente a aparência, na vida adulta, podemos não atribuir o título de beleza somente à magreza

Um exemplo acerca dos elogios que transcendem a barreira física da beleza, muitas vezes construída na infância, ocasionalmente, pode ser ilustrada nas próprias declarações de pessoas famosas. A atriz Bruna Marquezine, por exemplo, já afirmou em entrevista que não considera que “magra” seja um elogio. Embora as pessoas falem isso para ela achando que estão agradando, na verdade, ela preferiria muito mais ouvir coisas como: “Nossa, como você está feliz!”, “Que energia boa você transmite” ou “Como você parece estar mais leve”. Para Bruna, ser magra é uma característica como qualquer outra, e não deveria ser motivo de orgulho ou vergonha, por exemplo.

Elogiar o esforço pode ser um ótimo caminho

Enaltecer o empenho de alguém para conquistar seus objetivos é uma ótima maneira de elogiar e fugir do clichê de mencionar a aparência. Dessa forma, você estará incentivando a pessoa a ser focada e sempre buscar maneiras de alcançar novas conquistas. Além do fato de que ela reconhecerá que tal conquista foi fruto de algo que ela tem controle. Afinal, quais outras atribuições seriam mais importantes que os esforços constantes?

Assim como o enaltecimento da dedicação que a pessoa põe em seu trabalho

Outra alternativa é elogiar a vida profissional. E para falar sobre isso, podemos utilizar a atriz Betty Faria como exemplo. A eterna Tieta foi responsável por dar vida a uma das personagens mais atraentes da televisão brasileira. No entanto, o melhor reconhecimento para a atriz se dá quando elogiam ela como profissional.

“Para mim, o maior elogio é falar dos meus personagens. Eu dou a minha vida, o meu sangue, estudo, decoro texto, leio, penso como ele é, eu vivo para um personagem durante meses. Então, falar da maneira como eu estou fazendo, isso sim me gratifica. O meu trabalho eu faço para o público e se ele se encanta, isso esquenta o meu coração. Eu adoro fazer personagens, atriz gosta de trabalhar. O reconhecimento me encanta”, disse Betty.

Outros famosos, como Marina Ruy Barbosa, também já demonstraram a importância de elogiar o conhecimento que as pessoas têm

Elogios sobre a inteligência podem ser um pouco generalistas. Todavia, há quem goste, como a atriz Marina Ruy Barbosa, por exemplo. A ruiva já declarou em suas redes sociais que, embora não se importe que elogiem sua beleza, ela acha meio bobo e prefere mesmo quando seu intelecto é celebrado. Uma dica para deixar o enaltecimento ainda mais pessoal é observar o que as pessoas à sua volta falam com bastante propriedade, qual assunto elas dominam, conhecem profundamente, e mostrar que você as admira quando falam sobre esse tema.

A parceria que tem com seus amigos, dentro ou fora do ambiente de trabalho, também merece uma celebração

O companheirismo e parceria que seus amigos têm com você ou com os outros também podem ser exaltados, e ser mais benéfico do que imaginamos. Um estudo mostrou que dirigir-se aos seus colegas com coisas agradáveis vai além de elevar a autoestima, pois pode ocasionar um impacto positivo no relacionamento e no senso coletivo de pertencimento e propósito.

A cantora e ex-BBB Juliette nos mostra como: “Minha relação com Anitta é muito bonita. Já a tinha como referência feminina. Porque o que ela precisou enfrentar, rasgar o mercado, com toda a garra... (...) E depois que a conheci, Anitta se doou de uma forma muito bonita. E fez coisas além do que precisaria. Como passar horas no estúdio comigo, se estou mal, ela me liga e diz que dará tudo certo... Achei que tudo seria mais fácil, não foi e ela me apoiou”, declarou.

Nesse mesmo sentido, vale destacar os talentos que você acredita que terceiros possuem

Uma simples interação entre Sasha Meneghel e seu esposo, João Figueiredo, nos mostra que os elogios não precisam ser feitos de forma grandiosa ou de maneira exagerada. Foi nos comentários de um vídeo em que ele canta um trechinho de “Talking to the moon”, canção famosa de Bruno Mars, que a loira comparou a voz do amado com a “voz de [um] anjo”. Que tal falar para alguém o quão talentosa essa pessoa é?

Outra forma benéfica de elogiar é se deter às qualidades e ao bom humor!

Sabemos que as multitalentosas Tatá Werneck e Ingrid Guimarães são muito engraçadas e parecem estar sempre de bom humor. Ambas reconhecem isso e se elogiam mutuamente pelas gargalhadas que dão juntas. Mas elas também reconhecem as demais qualidades da outra. Tatá já declarou que a amiga é uma grande referência para ela e um “poço” de generosidade, abrindo espaço para que os outros possam crescer com ela. “A primeira vez que nos falamos, você disse que queria ser minha amiga. Você sempre vibrou por mim! Eu não me esqueço do quanto aquela ligação me fez feliz”, completou a baixinha.

Anos antes, Ingrid também já tinha destacado algumas das qualidades que mais valoriza em Tatá: “Ela é assim, transparente, amorosa, gênia e a pessoa mais empática que conheço. (...) Minha parceira, fiel, que sofre junto e torce junto. Coisa rara”, publicou. Além da trajetória que se constrói e das portas que se abrem, vale lembrar que a saúde pode estar totalmente atrelada ao bom humor.

Nossas palavras também podem servir como apoio para as pessoas que se encontram numa situação inesperada

Uma frase reconfortante muitas vezes é o que basta para afastar as dúvidas e receios sobre o futuro. A atriz Carolinie Figueiredo estava acompanhada da amiga Sophie Charlotte quando descobriu que estava grávida aos 21 anos. “Tem gente que se prepara a vida toda para ter filho, e tem gente que o filho prepara para a vida”, foi o que Sophie disse para a amiga naquele momento de tanta incerteza, mas que se tornou um guia para Carolinie: “Essa frase que ela me disse assim que abri o exame de sangue [foi] o norte de assumir minha história”. Palavras que, sem dúvidas, fizeram total diferença na vida de Carolinie, certo?

Lembre do impacto positivo que os elogios trazem

Experimentos conduzidos pela Harvard constataram que as pessoas costumam subestimar os elogios. Os participantes acharam que elogiar um amigo ou estranho não causaria nenhum impacto no dia dessa pessoa, ou até que a interação a faria se sentir desconfortável — esse tipo de pensamento fazia com que os participantes não elogiassem os colegas para não causar um suposto mal-estar.

No entanto, o resultado mostrou que elogiar tem o poder de elevar o humor e contribui para o bem-estar de quem recebe e também de quem oferece o elogio. Então sempre que estiver na dúvida se elogiar alguém vai ser entranho, lembre-se de que provavelmente você irá marcar o dia dela de maneira positiva. Basta ser sincero e focar em elogios sobre algo que a pessoa tem poder de controlar, como o trabalho, a maneira que ela trata os outros, etc.

Agora é sua vez de nos falar: qual o tipo de elogio que você mais gosta de ouvir? Divida conosco nos comentários!

Incrível/Psicologia/Como aconselhar ou destacar as qualidades de alguém pode ser mais importante que elogiar sua aparência
Compartilhar este artigo