Incrível
Incrível

Por que algumas pessoas têm vários parceiros ao mesmo tempo, segundo psicólogos

No estado de natureza, as pessoas eram geralmente polígamas. Embora hoje a maioria das pessoas prefira ter apenas um parceiro por vez, outras parecem gostar de ter vários ao mesmo tempo. Um exemplo popular desse tipo de casal é Will Smith e sua esposa. Apesar de estarem casados ​​há mais de 20 anos e terem dois filhos, não escondem o fato de terem parceiros diferentes e, ainda assim, um casamento feliz.

Nós, do Incrível.club, estamos ansiosos para discutir as razões por trás de um relacionamento aberto e suas possíveis armadilhas.

O significado de poliamor

poliamor é um tipo de relacionamento não monogâmico, aberto, em que as pessoas têm vários relacionamentos amorosos e intencionais ao mesmo tempo. Nesses arranjos, os parceiros geralmente estão cientes de que cada um tem outros relacionamentos. Isso significa que o poliamor não é enganar o outro, mas sim manter um relacionamento aberto e honesto com o parceiro ou parceira.

Relacionamentos abertos podem fazer algumas pessoas felizes

Na monogamia, as pessoas não conseguem imaginar seu parceiro namorando outra pessoa. No entanto, pesquisas mostram que casais poliamorosos se sentem muito felizes nesse tipo de relação. Supostamente as pessoas em relacionamentos abertos são tão felizes e satisfeitas com seus relacionamentos quanto quem escolhe a monogamia. O interessante é que, em geral, as pessoas poliamorosas parecem ter um nível mais alto de confiança.

Poliamor envolve muita comunicação

Conversar com seu parceiro é um fator crucial, e não é diferente nos relacionamentos poliamorosos. Como os casais devem ser abertos e honestos um com o outro sobretudo para manter a confiança, isso os torna ainda mais próximos. Assim, ter um arranjo não monogâmico envolve muitas conversas que tornam os relacionamentos dos parceiros mais profundos e fortes. Estudos até mostram que pessoas poliamorosas têm melhores habilidades de comunicação.

Diferentes parceiros podem satisfazer diferentes necessidades

Os perfis psicológicos das pessoas em relacionamentos abertos sugerem que podem ter mais necessidades emocionais não satisfeitas por uma única pessoa. Às vezes é difícil encontrar uma pessoa capaz de satisfazer todas as suas necessidades e, desse modo, os sujeitos não monogâmicos satisfazem suas distintas necessidades com diferentes relacionamentos.

O poliamor pode não ser adequado para todos

Alguns defensores do poliamor acreditam que o valor do relacionamento clássico entre dois parceiros “está fora de moda”. Às vezes, os jovens se tornam poliamorosos porque querem experimentar um novo tipo de conexão. E, depois de ganhar novas experiências, muitas vezes voltam à monogamia.

As desvantagens do poliamor

Além dos benefícios potenciais, esse tipo de relacionamento também pode ter algumas desvantagens. Em primeiro lugar, se a pessoa não estiver pronta para isso, poderá se sentir desconfortável com essa estrutura de relacionamento. Em segundo lugar, quando alguém é adepto ao poliamor, talvez sinta mais dificuldade em começar uma família, porque nem todos os parceiros podem concordar com essa questão. E, finalmente, os relacionamentos abertos às vezes podem significar uma carga emocional considerável, já que será preciso se dedicar a mais de uma pessoa.

Você acredita que, no futuro, as pessoas serão mais polígamas do que agora?

Incrível/Psicologia/Por que algumas pessoas têm vários parceiros ao mesmo tempo, segundo psicólogos
Compartilhar este artigo