Incrível
Incrível

9 Características naturais que para muitas mulheres são defeitos

Poucas pessoas conseguem evitar os traumas e complexos durante a vida. Às vezes eles surgem a partir de comentários e comparações, ou de cobranças exageradas que nos impomos. O fato é que as mulheres estão gradualmente encarando características naturais de seu corpo como um problema e nutrindo sentimentos negativos em relação à aparência.

Nós do Incrível.club achamos necessário por um limite a esse comportamento, para que as futuras gerações não se tornem cada vez mais insatisfeitas e infelizes. Por isso, decidimos listar alguns detalhes estéticos que chamam a atenção da maioria das mulheres, mas que definitivamente não passam de características naturais, afinal não existe um padrão único de beleza.

9. Pelos nas pernas acima do joelho

entusiasmo com os serviços de depilação levou a maioria das mulheres a se livrar de quase todos os pelos, em nome da estética. Isso pode ser confirmado pelo aumento da popularidade dos procedimentos de depilação do corpo todo com cera.

No entanto, os pelos acima dos joelhos e dos braços, geralmente são bastante macios, finos, quase imperceptíveis e com um aspecto agradável. Será que vale a pena retirá-los?

8. Olheiras

Claro, existem as características individuais, que conferem olheiras mais pronunciadas em algumas pessoas que em outras. No entanto, olheiras são uma reação bastante comum do corpo sob certas condições.

Em alguns casos, são apenas consequência da idade, pois os músculos que sustentam as pálpebras enfraquecem com o tempo. Em outros, é só uma resposta natural do corpo a hábitos e estilo de vida. Portanto, em vez de alimentar os complexos a ponto de se submeter a métodos duvidosos e por vezes arriscados na tentativa de encobrir e ocultar essas manifestações, é melhor buscar um sono reparador, alimentação saudável e paz de espírito.

7. Dentes

Na infância, muitos são alvos de piadas e brincadeiras de mau gosto da parte dos colegas, pelo sorriso peculiar ou formato dos dentes. Isso aconteceu com Aimee Lou Wood (estrela da série Sex Education). Um valentão da escola a chamava de Pernalonga, e isso, é claro, a deixou complexada, mas, felizmente, a atriz superou o trauma e conquistou o sucesso.

Nem todos têm um sorriso hollywoodiano. Cada um tem suas características, nuances de origem genética, mordida diferenciada e assim por diante. Mas a experiência de muitas celebridades prova que superar complexos e se aceitar, valem muito mais na busca pelo sucesso do que lutar contra detalhes considerados erroneamente como imperfeições.

6. Queixo arredondado

Os procedimentos estéticos também passam por constante mudança e evolução. Todos os anos surgem novos serviços, graças aos quais se definem as tendências. Por exemplo, jovens e mulheres buscam agora alterar seus traços faciais, o padrão ’queixo mais quadrado e maçãs do rosto pronunciadas’ leva muitas a encarar diversos procedimentos.

Mas, vale mesmo a pena perder a individualidade apenas para seguir as tendências? Considerando que não existem técnicas que garantem resultado permanente com um único procedimento, ao decidir dar esse passo, é preciso estar preparada para repetidas intervenções.

5. Dedo indicador do pé comprido

Você já deve ter notado que na maioria das pinturas e esculturas gregas e romanas antigas, uma característica se repete: o dedo indicador do pé é mais longo que o polegar. Esta condição foi diagnosticada pela primeira vez pelo cirurgião ortopédico Dudley Morton, por isso é conhecida como dedo do pé de Morton e, popularmente, como pé grego.

Considerando os helenos detalhistas quanto ao equilíbrio e proporções perfeitas na criação de obras de arte e que muitas vezes se referiam à proporção como harmonia, equilíbrio e perfeição estética, pode-se dizer que esse detalhe do dedo é um ideal de beleza. E assim deve ser tratado.

4. Pele oleosa

A pele oleosa é geralmente vista como inimiga, antes mesmo de considerar seus inúmeros benefícios. Por exemplo, a oleosidade retarda o aparecimento de rugas e tem propriedades antibacterianas. De modo geral, você pode não amá-la porque entope os poros, mas isso pode ser resolvido de forma simples.

Os dermatologistas criaram há muito tempo uma fórmula que ajuda no equilíbrio e controle da oleosidade. Basta lavar bem o rosto com um agente espumante suave, não esfregar a face e não usar limpadores e cosméticos à base de óleo e álcool.

3. Estrias

Os principais motivos para o surgimento das estrias são a falta de colágeno ou causas genéticas. As tendências modernas na percepção da beleza feminina faz com que desde a adolescência, meninas se envergonhem das listras brancas, mesmo pequenas e quase imperceptíveis.

Vale a pena lembrar serem completamente normais e comuns. Em vez de combater as estrias, deveriam aceitá-las, como o fazem as estrelas e modelos, mesmo estando sempre sob a mira das câmeras.

2. Lábios finos

Continuando com o tema procedimentos estéticos, os lábios finos foram fortemente rotulados como desvantagem e tornaram o preenchimento labial quase obrigatório. No entanto, se reparar bem, constatará que o preenchimento labial não é tão popular entre as celebridades internacionais.

Por exemplo, Emma Watson, Kate Middleton, Gwyneth Paltrow e muitas outras beldades parecem não dar muita importância à tal característica, tanto que não sucumbiram à tendência da moda. E, acreditamos que fizeram a coisa certa, porque lábios finos parecem muito sofisticados e aristocráticos.

1. Sinais nos braços e pernas

Aqueles pequenos pontos nos braços, pernas e antebraços, na medicina são chamados de ceratose pilar e lembram um pouco às “pernas de morango”.

É uma característica cutânea comum e inofensiva que não causa desconforto, não requer tratamento sendo considerada uma variante comum da pele. Em seu aspecto, lembra arrepios e evidentemente não vale a pena se retrair e ficar com vergonha por apresentá-la.

Qualquer um pode ter complexo com algo na aparência, e muitos conseguem superá-lo. Caso seja uma dessas pessoas de sorte, conte-nos o que te fez amar a si mesmo, exatamente como é?

Compartilhar este artigo